SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Exploração espacial | As missões que você precisa acompanhar em 2023

Por| Editado por Patricia Gnipper | 13 de Janeiro de 2023 às 12h03

Link copiado!

SpaceX
SpaceX

Quando o assunto são missões espaciais, 2023 promete ser um ano bastante agitado. A Rússia deverá lançar sua primeira missão à Lua desde a década de 1970, a SpaceX poder realizar o primeiro teste de voo orbital do foguete Starship em breve, novas missões espaciais comerciais devem ser lançadas e muito mais nos aguardam de janeiro a dezembro.

Pensando em te ajudar a acompanhar a programação, o Canaltech elaborou um guia dos lançamentos espaciais de 2023. Você encontrará uma breve descrição sobre as principais missões, junto estimativas das datas em que devem ser lançadas.

Vale lembrar que os lançamentos de missões espaciais dependem de uma série de fatores, de modo que os cronogramas podem sofrer mudanças ao longo do ano.

Continua após a publicidade

Missões espaciais de janeiro a dezembro de 2023

Janeiro

Missão USSF 67 da SpaceX

Continua após a publicidade

No dia 14, a SpaceX lançará a missão USSF 67, da Força Espacial dos Estados Unidos. Ela inclui o segundo satélite de comunicação Continuous Broadcast Augmenting SATCOM (CBAS 2), que irá ao espaço junto do satélite Long Duration Propulsive ESPA 3A (LDPE 3A).

A missão será lançada com um foguete Falcon Heavy, da plataforma 39A no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Fevereiro

Missão Crew-6

Continua após a publicidade

A NASA e a SpaceX planejam lançar a missão Crew-6 em 14 de fevereiro, levando quatro tripulantes à Estação Espacial Internacional. Eles devem viajar a bordo da cápsula Crew Dragon apelidada “Endeavor” — a mesma usada nos lançamentos das missões Demo-2, Crew-2 e Ax-1.

A Crew-6 contará com Stephen Bowen e Woody Hoburg, ambos astronautas da NASA. Eles estarão junto de Al Neyadi e Andrey Fedyaev, astronautas dos Emirados Árabes Unidos e Rússia, respectivamente.

Março

Continua após a publicidade

Polaris Dawn

A missão Polaris Dawn representa o passo inicial do programa espacial privado Polaris e promete alguns feitos históricos — entre eles, está o primeiro spacewalk comercial da história, que será também o primeiro já feito a partir de uma cápsula Crew Dragon, da SpaceX.

Idealizada pelo bilionário norte-americano Jared Isaacman, a missão tem o objetivo de arrecadar fundos para o hospital St. Jude, especializado no tratamento do câncer infantil. O lançamento não acontecerá antes de maio.

Continua após a publicidade

Missão IM-1

Ainda em março, a Intuitive Machines deverá lançar seu lander Nova-C com um foguete Falcon 9, da SpaceX. Esta será a primeira missão lunar da empresa, que levará cinco experimentos da NASA rumo ao nosso satélite natural.

Se tudo correr bem, o lander Nova-C vai pousar em Mare Serenatis para uma estadia de aproximadamente 14 dias na superfície lunar.

Continua após a publicidade

Abril

Missão JUpiter ICy moons Explorer (JUICE)

A Agência Espacial Europeia (ESA) planeja enviar a missão JUICE para explorar Júpiter e Europa, Calisto e Ganimedes, alguns dos satélites naturais do gigante gasoso. Com lançamento programado para acontecer entre os dias 5 e 25 de abril com um foguete Ariane 5, a nave deverá viajar por mais de cinco anos até alcançar o sistema joviano.

Continua após a publicidade

Quando chegar lá, a JUICE vai usar seus instrumentos para caracterizar as luas de Júpiter, além de explorar o ambiente do planeta.

Maio

Missão Axiom Mission 2

Continua após a publicidade

A Axiom Mission 2 (ou “Ax-2”) é a segunda missão espacial privada que será lançada à Estação Espacial Internacional. Realizada pela NASA e Axiom Space, a missão será lançada do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, com um foguete Falcon 9.

Sob o comando da astronauta Peggy Whitson, os tripulantes da Ax-2 devem passar 10 dias no laboratório orbital, realizando pesquisas e investigando novas tecnologias. Ainda não há data exata para o lançamento, mas ele deve acontecer a partir do dia 1º.

Junho

Chandrayaan 3

Continua após a publicidade

A Índia lançará a missão Chandrayaan-3 como uma sucessora da Chandrayaan-2, cujo lander Vikram se chocou contra a superfície da Lua em 2019. Com base nas lições aprendidas na última tentativa, o país espera desta vez levar um satélite de comunicação, um lander e um rover para uma região próxima do polo sul lunar.

A missão deve ser lançada com um foguete GSLV Mark 3. A Índia ainda não divulgou o dia previsto para o lançamento.

Julho

Continua após a publicidade

Luna 25

A Luna-25 era uma missão realizada através de uma parceria entre a Rússia e a Agência Espacial Europeia (ESA), mas, com a invasão da Ucrânia, a ESA decidiu encerrar a cooperação com o país.

Agora, a Rússia planeja lançá-la em julho com destino ao polo sul lunar para estudar a composição do regolito ali. Se tudo correr bem, esta será a primeira missão russa lançada à Lua desde Luna 24, lançada em 1976 pela então União Soviética.

Agosto

Sobrevoo da sonda Parker Solar

Até o momento, não há grandes lançamentos programados para agosto. Mesmo assim, vale ficar de olho na sonda Parker Solar, que fará seu sexto sobrevoo por Vênus em agosto e ficará a quase 4.000 km da superfície do planeta.

Setembro

Crew-7

Seguindo com mais um lançamento do Commercial Crew Program, a SpaceX deverá lançar a missão Crew-7 em setembro. Ainda não há data definida, mas a Crew-7 levará os astronautas Jasmin Moghbeli e Andreas Mogensen, da NASA e Agência Espacial Europeia, respectivamente.

Os demais tripulantes serão Satoshi Furukawa, da agência espacial japonesa JAXA e o cosmonauta Konstantin Borisov.

Chegada da OSIRIS-REx com amostras de asteroide

Você se lembra da missão Origins, Spectral Interpretation, Resource Identification, Security, Regolith Explorer (OSIRIS-REx), lançada para coletar amostras do asteroide Bennu? Pois bem, a nave deixou a rocha espacial em 2021 para iniciar sua viagem de retorno, trazendo as amostras à Terra.

O material que coletou deve chegar ao nosso planeta no dia 24, protegido por uma cápsula que descerá de paraquedas no deserto de Utah, nos Estados Unidos.

Outubro

Missão Psyche

No dia 1º, a NASA deverá lançar a missão Psyche com um foguete Falcon Heavy. Ela irá viajar com destino ao asteroide 16 Psyche, composto por metais como ferro e ouro. Se tudo correr bem, a nave chegará ao asteroide até o fim da década.

Como o Psyche pode ser o núcleo exposto de um planetesimal, estudá-lo oferece aos cientistas a oportunidade de analisar o interior de planetas rochosos (como o nosso), que normalmente estão escondidos sob camadas do manto e crosta.

Novembro

Lander XL-1

O Xelene (ou “XL-1”) era o primeiro lander lunar da Masten Space Systems, projetado para ajudar no envio de cargas à Lua para apoiar o programa Artemis. Originalmente, o lançamento estava programado para acontecer em 2021, mas sofreu alguns adiamentos e ficou para novembro de 2023.

Além das mudanças do cronograma, a Masten declarou falência no ano passado e acabou adquirida pela Astrobotics. Como o lander foi desenvolvido por meio de um contrato com a NASA, é possível que ele seja transferido para a Astrobotics.

Dezembro

Não pense que a China ficará de fora dos lançamentos espaciais. O país planeja lançar seu telescópio espacial Xuntian, um observatório com espelho semelhante àquele do telescópio Hubble. Ele deverá ficar em uma órbita próxima àquela da estação espacial Tiangong, facilitando as manutenções quando houver necessidade.

Além o telescópio, o país deve continuar lançando novas tripulações à sua estação espacial Tiangong.

Outros lançamentos espaciais de 2023

Missão Peregrine Mission 1

A Astrobotic planeja lançar sua missão que levará o lander lunar Peregrine com destino à Lua. Com lançamento programado para acontecer ainda em janeiro, este será também o primeiro voo do foguete Vulcan Centaur, da United Launch Alliance.

Primeiro teste de voo orbital do Starship

A SpaceX vem se preparando para lançar o veículo Starship em um teste de voo orbital, que deverá usar protótipos do propulsor Super Heavy e da nave Starship. Ainda não há data o voo, mas algumas publicações de Elon Musk, CEO da empresa, sugerem que a missão seja lançada em alguns meses.

Missão DearMoon

Idealizada pelo bilionário japonês Yusaku Maezawa, a missão dearMoon levará oito artistas — junto de Maezawa, claro — para orbitar a Lua a bordo do veículo Starship, da SpaceX.

A missão ainda não tem data para acontecer, mas está programada para 2023. Entretanto, como o Starship está em desenvolvimento, é possível que o cronograma da dearMoon sofra mudanças.

Polar Resources Ice Mining Experiment (PRIME-1)

Enquanto se prepara para levar novos astronautas para a Lua por meio do programa Artemis, a NASA irá estudar os recursos disponíveis no polo sul lunar com a missão PRIME-1. Ela será lançada ao nosso satélite natural para coletar amostras e analisar o gelo sob a superfície lunar.

A PRIME-1 fará parte da missão IM-2, da Intuitive Machines, e será lançada com um foguete Falcon 9. Por enquanto, não há data exata para o lançamento, mas é possível que aconteça em maio.