SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

SpaceX | O que é o foguete Starship?

Por| Editado por Patricia Gnipper | 20 de Abril de 2023 às 18h00

Link copiado!

SpaceX
SpaceX
Tudo sobre SpaceX

O Starship é um poderoso sistema de transporte espacial reutilizável desenvolvido pela SpaceX. Com 120 metros de altura e mais de 30 motores, o sistema composto pelo Starship com o propulsor Super Heavy forma o maior foguete já construído — sendo também o mais potente, até então. Quando pronto para entrar em ação, o Starship será usado para levar pessoas e cargas tanto à órbita da Terra quanto a destinos mais distantes, como a Lua e até Marte.

Starship: o maior e mais potente foguete do mundo

O Starship é um sistema de transporte formado pela nave homônima, equipada com seis motores Raptor, e pelo propulsor Super Heavy, com 33 deles. Juntos, eles formam um foguete com 120 m de altura, o mais alto e poderoso já construído — para comparação, considere que ele é ainda maior e mais potente que Saturn V, foguete da NASA usado nos lançamentos do programa Apollo.

Continua após a publicidade

Durante os lançamentos, o Starship e Super Heavy vão seguir até a órbita desejada. Depois da separação dos estágios, o Super Heavy vai retornar à Terra e será “agarrado” por estruturas criadas pela SpaceX, instaladas na torre de lançamentos. Enquanto isso, o Starship seguirá viagem para cumprir os objetivos de sua missão.

Para garantir que terá propelente suficiente para alcançar destinos distantes, a SpaceX planeja criar um sistema de abastecimento em órbita. “Se você lançar [Starships] com tanques e abastecer em órbita, você poderá reabastecê-los ao máximo e consegue 150 toneladas de cargas úteis para Marte”, disse Elon Musk, CEO da empresa, em uma entrevista concedida em 2017.

A menção ao Planeta Vermelho ajuda a entender o porquê de a SpaceX estar trabalhando no Starship. Musk fundou a empresa em 2002 com o objetivo principal de ajudar a humanidade a colonizar Marte, e é aqui que o Starship entra: o veículo é a grande aposta do bilionário para transformar esse sonho em realidade.

Continua após a publicidade

Como o Starship foi feito?

O projeto do Starship é resultado de um longo trabalho iniciado há vários anos. Em 2005, Musk mencionou um foguete conceitual que poderia lançar até 100 toneladas de cargas à órbita terrestre. O primeiro protótipo de tal foguete foi chamado de Starhopper e realizou um voo breve voo em 2019.

Desde então, o foguete recebeu vários outros nomes, como Mars Colonial Transporter, Interplanetary Transport System e a sigla BFR, que significava “Big Falcon Rocket”. Já em 2018, Musk anunciou que o então BFR passaria a se chamar Starship.

Continua após a publicidade

Nos últimos anos, a SpaceX realizou testes breves com protótipos do Starship, mas muitos explodiram após decolar ou logo depois de pousar. Já em 2021, o protótipo SN15 alcançou 10 km de altitude e, depois, desceu para pousar em segurança.

Então, para poder levar o Starship ao espaço, a empresa precisa primeiro testar o sistema totalmente integrado em voos. O primeiro teste de voo orbital do Starship aconteceu em 20 de abril de 2023 e resultou na explosão do foguete após quatro minutos de voo.

Continua após a publicidade

Missões com o Starship

Como mencionamos acima, o Starship faz parte dos planos da SpaceX para levar pessoas a Marte. Mas ainda há um longo caminho até este projeto se tornar realidade e, até lá, o foguete deve ser usado em outras missões.

O bilionário Yusaku Maezawa planeja orbitar a Lua a bordo do Starship durante a missão dearMoon, acompanhado por oito artistas. A missão foi anunciada para acontecer em 2023, mas como o foguete ainda não se mostrou pronto para transportar pessoas ao espaço, este cronograma deve mudar. 

E, se a SpaceX mantiver os planos iniciais, o Starship também poderá ser usado para o transporte de pessoas aqui na Terra mesmo.

Continua após a publicidade

Em 2018, a empresa divulgou um vídeo que vislumbrava como seria ir de Nova York a Xangai em menos de 40 minutos, prometendo ainda que será possível viajar de qualquer lugar do mundo, para qualquer lugar do mundo, em menos de uma hora.