Oscar 2021 | Nomadland é o grande vencedor da noite; confira todos os premiados

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 26 de Abril de 2021 às 09h40
Walt Disney Studios Motion Pictures

A 93ª edição do Oscar foi, sem dúvidas, única: acontecendo três meses após o previsto, a premiação mais importante da indústria cinematográfica foi realizada em diversos lugares ao mesmo tempo, mas sobretudo no Dolby Theatre e na Union Station, em Los Angeles. No salão, apenas os indicados e estrelas que apresentaram as categorias compareceram e cumpriram as regras de segurança contra a COVID-19, com entrevistas sendo dadas em microfones diferentes e os vencedores sendo anunciados à distância, sem encostarem na mesma estatueta.

Além disso, com uma cerimônia mais reservada, essa também foi a primeira vez em toda a história do Oscar que as músicas que concorreram ao prêmio foram apresentadas antes do evento, e não durante. Os cinco indicados à canção original se apresentaram no teatro David Geffen, do Museu da Academia.

2021 também foi um ano que marcou a história do Oscar pela diversidade nas categorias. A cerimônia surpreendeu nas categorias de atuação, com Youn Yuh-Jung sendo a primeira mulher sul-coreana a ganhar uma estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante por Minari e Daniel Kaluuya garantindo a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante por Judas e o Messias Negro. Além disso, a categoria de Cabelo e Maquiagem premiou pela primeira vez duas mulheres negras: Mia Neal e Jamika Wilson foram reconhecidas pelo trabalho em A Voz Suprema do Blues.

Outros destaques incluíram Nomadland, que levou para casa três estatuetas: Melhor Filme, Melhor Direção para Chloé Zhao (tornando-se a segunda mulher na história do Oscar a vencer a categoria e a primeira não-americana) e Melhor Atriz para Frances McDormand, que agora é uma das atrizes mais premiadas da história da Academia, empatada apenas com Meryl Streep e Ingrid Bergman e atrás de Katherine Hepburn, que tem 4 vitórias.

Outra surpresa foi a vitória de Anthony Hopkins na categoria de Melhor Ator, a última entregue da noite: superando até mesmo Chadwick Boseman, o grande favorito, a estrela de Meu Pai surpreendeu a Academia e faturou o segundo Oscar de sua carreira.

Confira a lista completa com todos os vencedores do Oscar 2021 abaixo.

Deu a lógica: Chloé Zhao leva Oscar de Melhor Direção e Melhor Filme; além de Melhor Atriz para McDormand (Imagem: Divulgação / Searchlight Pictures) 

Melhor Filme

  • Meu Pai
  • Judas e o Messias Negro
  • Mank
  • Minari
  • Nomadland
  • Bela Vingança
  • O Som do Silêncio
  • Os 7 de Chicago

Melhor Diretor

  • Thomas Vinterberg — Druk
  • David Fincher — Mank
  • Lee Isaac Chung — Minari
  • Chloé Zhao — Nomadland
  • Emerald Fennell — Bela Vingança
Surpreendente: Meu Pai leva Melhor Ator (Imagem: Divulgação / Sony Pictures)

Melhor Ator

  • Riz Ahmed — O Som do Silêncio
  • Chadwick Boseman — A Voz Suprema do Blues
  • Gary Oldman — Mank
  • Anthony Hopkins — Meu Pai
  • Steven Yeun — Minari

Melhor Atriz

  • Viola Davis — A Voz Suprema do Blues
  • Andra Day — Estados Unidos vs Billie Holiday
  • Vanessa Kirby — Pieces of a Woman
  • Frances McDormand — Nomadland
  • Carey Mulligan — Bela Vingança
Daniel Kaluuya vence categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Melhor Ator Coadjuvante

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Maria Bakalova — Borat: Fita de Cinema Seguinte
  • Olivia Colman — Meu Pai
  • Youn Yuh-Jung — Minari
  • Amanda Seyfried — Mank
  • Glenn Close — Era Uma Vez um Sonho
Gigante: Youn Yuh-Jung vence Oscar por Minari (Imagem: Divulgação / A24)

Melhor Roteiro Adaptado

  • Borat: Fita de Cinema Seguinte — Peter Baynham, Sacha Baron Cohen, Jena Friedman, Anthony Hines, Lee Kern, Dan Mazer, Nina Pedrad, Erica Rivinoja, Dan Swimer
  • Meu Pai — Christopher Hampton, Florian Zeller
  • Nomadland — Chloé Zhao
  • Uma Noite em Miami... — Kemp Powers
  • O Tigre Branco — Ramin Bahrani

Melhor Roteiro Original

  • Judas e o Messias Negro — Will Berson, Shaka King, Keith Lucas, Kenneth Lucas
  • Minari — Lee Isaac Chung
  • Bela Vingança — Emerald Fennell
  • Os 7 de Chicago — Aaron Sorkin
  • O Som do Silêncio — Abraham Marder, Darius Marder, Derek Cianfrance
Emerald Fennell leva Oscar de Melhor Roteiro Original (Imagem: Divulgação / Focus Features)

Melhor Canção Original

  • Fight for You — Judas e o Messias Negro
  • Hear My Voice — Os 7 de Chicago
  • Húsavík Festival — Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars
  • Io Si (Seen) — Rosa e Momo
  • Speak Now — Uma Noite em Miami...

Melhor Trilha Sonora

Soul faz história e leva Oscar de Trilha Sonora e Animação (Imagem: Divulgação / Pixar)

Melhor Som

Melhor Figurino

Rei das categorias técnicas: A Voz Suprema do Blues leva prêmios de Maquiagem, Cabelo e Figurino (Imagem: Divulgação / Netflix)

Melhor Curta de Animação

Melhor Curta em Live-Action

  • Feeling Through
  • The Letter Room
  • The Present
  • Dois Estranhos
  • White Eye
Se Algo Acontecer... Te Amo leva o Oscar de Melhor Curta em Animação (Imagem: Divulgação / Netflix)

Melhor Filme de Animação

  • Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica
  • A Caminho da Lua
  • Shaun o Carneiro: A Fazenda Contra-Ataca
  • Soul (Pixar)
  • Wolfwalkers

Melhor Fotografia

  • Judas e o Messias Negro — Sean Bobbitt
  • Mank — Erik Messerschmidt
  • Relatos do Mundo — Dariusz Wolski
  • Nomadland — Joshua James Richards
  • Os 7 de Chicago — Phedon Papamichael
Mank vence categoria de Direção de Arte e Fotografia (Imagem: Divulgação / Netflix)

Melhor Documentário

  • Collective
  • Professor Polvo
  • Crip Camp: Revolução pela Inclusão
  • Time
  • The Mole Agent

Melhor Documentário de Curta-Metragem

  • Colette
  • A Concerto Is a Conversation
  • Do Not Split
  • Hunger Ward
  • Uma Canção para Latasha
Professor Polvo é o documentário vencedor do Oscar 2021 (Imagem: Divulgação / Netflix)

Melhor Edição

  • Meu Pai — Yorgos Lamprinos
  • Nomadland — Chloé Zhao
  • Bela Vingança — Frédéric Thoraval
  • O Som do Silêncio — Mikkel E.G. Nielsen
  • Os 7 de Chicago — Alan Baumgarten

Melhor Filme Internacional

  • Collective (Romênia)
  • Druk (Alemanha)
  • Better Days (Hong Kong)
  • O Homem que Vendeu Sua Pele (Tunísia)
  • Quo Vadis, Aida? (Bósnia e Herzegovina)
Druk é o Melhor Filme Internacional do Oscar 2021 (Imagem: Divulgação / Nordisk Film)

Melhor Cabelo e Maquiagem

  • Emma. — Marese Langan
  • Era Uma Vez um Sonho — Eryn Krueger Mekash, Patricia Dehaney, Matthew Mungle
  • A Voz Suprema do Blues — Matiki Anoff, Mia Neal, Larry M. Cherry
  • Mank — Kimberley Spiteri, Gigi Williams
  • Pinóquio — Dalia Colli, Anna Kieber, Sebastian Lochmann, Stephen Murphy

Melhor Direção de Arte

  • Meu Pai — Peter Francis, Cathy Featherstone
  • A Voz Suprema do Blues — Mark Ricker, Karen O’Hara, Diana Stoughton
  • Mank — Donald Graham Burt, Jan Pascale
  • Relatos do Mundo — David Crank, Elizabeth Keenan
  • Tenet — Nathan Crowley, Kathy Lucas
Tenet tem um Oscar! Filme de Nolan vence Melhores Efeitos Visuais (Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Melhores Efeitos Visuais

  • Love and Monsters — Matt Sloan, Genevieve Camilleri, Matt Everitt and Brian Cox
  • O Céu da Meia-Noite — Matt Kasmir, Chris Lawrence, Dave Watkins, Max Solomon
  • Mulan — Sean Faden, Anders Langlands, Seth Maury, Steve Ingram
  • O Grande Ivan — Nick Davis, Greg Fisher, Ben Jones, Santiago Colomo Martinez
  • Tenet — Andrew Jackson, Andrew Lockley, Scott R. Fisher, Mike Chambers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.