SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

7 Filmes que viraram animes

Por| Editado por Durval Ramos | 21 de Novembro de 2023 às 18h00

Link copiado!

Reprodução/Netflix, Warner Bros, Madhouse
Reprodução/Netflix, Warner Bros, Madhouse

Adaptações de anime para o mundo live-action vem se tornando cada vez mais comuns em Hollywood, como é o caso de One Piece e da vindoura série de Yu Yu Hakusho. Só que existe também o caminho contrário, com algumas produções do cinema recebendo spin-offs e versões em desenho criadas por estúdios japoneses de animação, contando de maneira mais estilizada suas histórias.

Muitas vezes, essas adaptações dão continuidade às tramas contadas no cinema ou simplesmente utilizam do seu rico universo para abordar novos temas, com novos personagens, apenas trabalhando em cima da mitologia criada na tela grande. A versão animada de Scott Pilgrim seguiu por esse caminho e mostrou como essa estratégia funciona.

Geralmente, essas adaptações são focadas em filmes de ficção científica e fantasia, mas animes baseados em longas de ação devem entrar em produção logo, com alguns bem interessantes que falaremos abaixo e que devem chegar em breve aos streamings.

Continua após a publicidade

Essas são algumas das adaptações de animes baseados em filmes de Hollywood.

7. Scott Pilgrim - A Série

Essa entrada na lista pode parecer trapaça, já que a adaptação em anime de Scott Pilgrim bebe muito mais da fonte dos quadrinhos do que de sua versão para o cinema, mas existem pontos em comum entre as obras.

Continua após a publicidade

Scott Pilgrim - A Série expande as ideias criadas por Bryan Lee O'Malley nos quadrinhos e aproveita conceitos do filme de Edgar Wright (Em Ritmo de Fuga) para criar uma nova experiência aos fãs de Scott Pilgrim. Trazendo de volta os atores do filme para dublar seus respectivos personagens no anime, a série consegue ser algo completamente novo, ao mesmo tempo que é extremamente familiar para aqueles que já conhecem a sua história. Mais do que ser uma versão animada do longa-metragem, a série é quase uma releitura — o que faz com que tudo funcione tão bem.

Scott Pilgrim - A Série está disponível na Netflix.

6. Highlander: Em Busca de Vingança

Continua após a publicidade

Highlander é uma franquia que nasceu em 1986 com um filme estrelado por Christopher Lambert (Mortal Kombat), com uma trilha sonora incrível do Queen e um conceito muito interessante, com imortais ao redor do globo lutando uns contra os outros para se tornar o último guerreiro. Seu objetivo principal é ganhar um prêmio, que seria a sua mortalidade. Após vários filmes, uma série animada e outra live-action, a franquia ganhou um filme de anime na forma de Highlander: Em Busca de Vingança.

Mais uma vez focando em um membro do clã MacLeod, os protagonistas dos filmes, o anime gira em torno de Colin, que se torna imortal no ano 125, após sua vila ter sido atacada por militares do Império Romano. Outro imortal, Marcus Octavius, mata a mulher de Colin, mas não consegue finalizar MacLeod por estarem em solo sagrado, onde os imortais são proibidos de lutar.

O anime lida com o passado na Europa e com o presente na cidade de Nova York, com Colin tentando encontrar Octavius para finalmente ter a sua vingança. O filme foi animado pelo estúdio Madhouse, responsável por animes como Ninja Scroll, Hajime no Ippo e Death Note.

Continua após a publicidade

5. Bright: Alma de Samurai

Bright é uma produção original da Netflix, estrelada por Will Smith, que mostra um mundo alternativo em que humanos, elfos e orcs convivem, apesar de rusgas entre as espécies. O longa conta a história de dois policiais, um humano e um orc, que acabam envolvidos em uma antiga profecia.

Bright: Alma de Samurai, o anime baseado no longa, aproveita o universo do filme para contar uma história diferente, que se passa no Japão, no período Meiji. A animação mostra Izo, um samurai de um olho só que vaga pelo país ao lado de um orc, Raiden. Os dois trabalham protegendo uma jovem elfa que precisa carregar uma poderosa varinha até sua terra, mas precisam enfrentar desafios e pessoas que desejam roubar o item.

Continua após a publicidade

O desenho fazia parte da iniciativa do streaming de expandir a trama e fazer de Bright uma franquia, com vários títulos usando essa temática fantasiosa. Só que a ideia acabu abandonada no meio de caminho.

Bright: Alma de Samurai está disponível na Netflix.

4. Exterminador do Futuro

Continua após a publicidade

Exterminador do Futuro já foi centro de várias adaptações para games, quadrinhos, mas agora, a franquia deve ganhar uma série em animação, produzida pelo estúdio Production I.G., responsável por animes como Psycho-Pass e Haikyū!!.

Anunciado pela Netflix, o anime parece adaptar Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final, começando no dia 28 de agosto de 1997, dois dias antes da Skynet ganhar consciência e iniciar sua guerra contra a humanidade.

Porém, ainda não se sabe se a animação tentará seguir um caminho diferente do filme, apresentando um novo exterminador viajando no tempo para ajudar o futuro salvador da humanidade, John Connor, ou se teremos uma versão em anime do T-800, com a aparência de Arnold Schwarzenegger.

Continua após a publicidade

O anime de Exterminador do Futuro ainda não tem data de estreia na Netflix.

3. John Wick

John Wick já rendeu quatro filmes, uma série spin-off e em 2024, receberá um longa derivado na forma de Bailarina, estrelado por Ana de Armas (Blonde). Além de tudo isso, a franquia estrelada por Keanu Reeves ainda deve ganhar um anime, planejado por Chad Stahelski, diretor dos filmes e um dos criadores do personagem.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao site The Playlist, o diretor revelou que planeja mais spin-offs de John Wick, incluindo esse anime, que deve explorar outros pontos do universo visto nos filmes, feito de maneira mais espetacular do que poderia ser atingido com uma produção com atores de carne e osso.

Apesar de não ter revelado com qual estúdio estaria trabalhando na criação desse anime, Stahelski vem trabalhando em conjunto com a Production I.G. na produção da adaptação do quadrinho BRZRKR, criado por Keanu Reeves.

2. Blade Runner: Black Lotus

Continua após a publicidade

A franquia de ficção-científica Blade Runner, baseada no livro Andróides Sonham Com Ovelhas Elétricas?, de Philip K. Dick, já rendeu dois filmes live action, Blade Runner: Caçador de Andróides e Blade Runner 2049, que por sua vez, serviram como base para a criação de um anime que usa computação gráfica para contar uma história inédita.

Blade Runner: Black Lotus se passa em uma Los Angeles no ano 2032, girando em torno de uma jovem com habilidades mortais que acorda sem memória. As únicas pistas sobre sua identidade são um armário trancado e uma tatuagem de lótus negra. Ela parte em busca da verdade, descobrindo segredos sobre seu passado sangrento e encontrando diferentes personagens do universo de Blade Runner.

Embora não seja um anime clássico, a adaptação conta com grandes nomes da animação japonesa. É o caso de Shinicgiro Watanabe, criador do aclamando anime Cowboy Bebop. O veterano é produtor criativo de Black Lotus, o que faz com que muito da história tenha um pouco de seu DNA e de suas influências, como na forma de contar a história do mundo a partir de acontecimentos banais no entorno da protagonista.

Blade Runner: Black Lotus está disponível na Crunchyroll.

Continua após a publicidade

1. Animatrix

Animatrix foi um marco quando foi lançado exatamente por utilizar diferentes estilos de animação para explorar o rico universo da franquia Matrix. Reunindo diferentes estúdios para contar pequenas histórias no mundo em que a humanidade e máquinas entraram em guerra, a produção lançada entre Matrix Reloaded e Matrix Revolutions, em 2003, foi a porta de entrada para o mundo de animes para milhares de pessoas no Ocidente.

Uma das primeiras grandes iniciativas transmídias da cultura pop, o anime mostrou ao mundo como era possível ampliar o universo de uma franquia a partir de diferentes formatos para tornar as coisas mais ricas e interessantes — algo que, no início dos anos 2000, ainda era bem raro de se ver. Além disso, como a série Matrix nunca escondeu sua influência na cultura japonesa, vê-la ganhando forma com traços e uma estética oriental apenas ajudou a saga de Neo a se tornar ainda mais popular e comentada em todo o mundo.

Animatrix está disponível na HBO Max, e para locação e compra no iTunes, Amazon e Google Play Store.