Publicidade

Apple Vision Pro chega em 2 de fevereiro, confirma marca

Por| Editado por Wallace Moté | 08 de Janeiro de 2024 às 12h18

Link copiado!

(Imagem: Divulgação/Apple)
(Imagem: Divulgação/Apple)

Após muita especulação, a Apple divulgou a data oficial para o início das vendas do Apple Vision Pro. O primeiro headset da empresa poderá ser comprado a partir do dia 2 de fevereiro, com entregas inicialmente apenas nos Estados Unidos. 

O produto já tinha seu preço oficializado desde a primeira apresentação no ano passado, e custará US$ 3.499 (cerca de R$ 17.097 em conversão direta) na sua versão com 256 GB de armazenamento interno. 

Continua após a publicidade

Porém, outra novidade anunciada pela Apple é o preço das lentes de correção de grau, voltadas para quem já usa óculos. Lentes de leitura sairão por US$ 99 (~R$ 483), enquanto os módulos para condições específicas custarão US$ 149 (~R$ 728) — ambos serão fabricados pela empresa alemã Zeiss. 

Os pedidos poderão ser feitos a partir do dia 19 de janeiro, em fase de pré-venda. Ainda não foram publicadas informações extras sobre a comercialização em outros países além dos EUA, e portanto ainda não é certo quando (ou se) o produto virá ao Brasil.

Apple Vision Pro promete “era da computação espacial”

Na sua publicação oficial, a Apple aproveitou para retomar algumas características de seu novo produto. A intenção da marca é iniciar a “era da computação espacial”, em palavras usadas pelo CEO Tim Cook

Continua após a publicidade

Para isso, o Apple Vision Pro contará com o novo sistema operacional VisionOS, cuja interface 3D poderá ser controlada por meio da visão, gestos e voz. 

Também será possível controlar o nível de imersão proporcionada pelo headset, por meio de um giro na coroa lateral do produto. Ela serve para escolher um ambiente totalmente virtual ou uma passagem de luz completa, além de níveis intermediários entre os dois. 

Produtividade e entretenimento

Continua após a publicidade

Ao mesmo tempo, a Apple também anunciou a colaboração com diversos aplicativos de produtividade, incluindo o Microsoft 365, Slack e mais. Eles funcionarão de forma totalmente integrada ao Vision Pro, que também será compatível com periféricos como o Magic Keyboard e Magic Trackpad. 

Ainda será possível projetar uma tela virtual com resolução maior que o 4K, para visualização de conteúdos em serviços como o Apple TV+, Disney+, HBO Max e outros. A marca também citou a parte de jogos disponíveis no Apple Arcade, incluindo títulos dos mais diferentes gêneros. 

Algumas características técnicas do Apple Vision Pro já tinham sido reveladas na apresentação oficial do ano passado, com destaque para sua tela Micro OLED e seu sistema de sensores e câmeras para detectar todos os movimentos de quem usa o produto. 

Continua após a publicidade

Seu desempenho contará com um chip Apple M2 semelhante ao que já aparece em modelos de MacBook da empresa, enquanto um novo chip R1 servirá para as funções extras de imersão do headset. 

Fonte: Apple