Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Novo iPad Pro tem problema com HDR na tela, e Apple já prepara solução

Por| Editado por Wallace Moté | 14 de Maio de 2024 às 11h04

Link copiado!

Divulgação/Apple
Divulgação/Apple
iPad Pro (2024) 13"

Poucos dias após o lançamento do iPad Pro com chip M4, as primeiras pessoas a usarem o produto descobriram um problema específico no display do tablet. A situação se apresenta quando são mostrados conteúdos com amplo alcance dinâmico (HDR), especialmente em filmes ou séries que tenham suporte para a tecnologia

O problema pode ser visto quando são mostrados tons em azul-escuro, que ficam estourados e aparecem praticamente brancos no display. As imagens publicadas mostram um efeito parecido com uma teia de aranha em cenas que apresentam tais características. 

Continua após a publicidade

A situação foi identificada no iPad Pro M4 de 13 polegadas, diante de testes diretos com outros dispositivos. Até mesmo outros itens da Apple, como o iPhone 15 Pro ou o iPad Pro M2, não apresentaram os artefatos relatados. 

Questionada pelo portal iMore, a Apple confirmou que reconhece o defeito. Não haverá necessidade de troca do display, considerando que o problema parece estar relacionado ao software — a atualização de sistema com correções já está em desenvolvimento por parte da Maçã. 

Uma das novidades da nova geração do iPad Pro é justamente a implementação da tecnologia Tandem OLED, que usa duas camadas de painel OLED. O objetivo é aumentar o brilho máximo do display, ao mesmo tempo em que se mantém o desempenho de HDR em níveis altos, sem estressar tanto a tela de forma a evitar o temido burn-in (as imagens marcadas de forma permanente). 

O defeito no display não é a primeira “polêmica” que envolve o tablet estreante, cuja apresentação gerou tanta repercussão quanto o produto em si. Afinal, a seção “Crush!”, presente na revelação, recebeu diversas críticas negativas de pessoas que não acharam de bom tom destruir elementos artísticos como uma mensagem de "evolução" para o iPad Pro. 

Apesar disso, o aparelho se destacou como o produto mais fino já apresentado pela Apple, com apenas 5,1 mm de espessura, sendo ainda o primeiro dispositivo da gigante a adotar o inédito processador M4, e trazer compatibilidade com a nova caneta Apple Pencil Pro, munida de recursos aprimorados para artistas. 

Fonte: iMore