Publicidade

Linha Galaxy S24 pode trazer comunicação bidirecional via satélite

Por| Editado por Wallace Moté | 14 de Agosto de 2023 às 17h01

Link copiado!

Divulgação/Samsung
Divulgação/Samsung

Em entrevista ao portal Yonhap News, o ministro da Ciência e Tecnologias de Comunicação, Lee Jong-ho, parece ter indicado que a Samsung adotará a tecnologia de comunicação bidirecional via satélite em 2024. Jong-ho explica que as "fabricantes domésticas de smartphones" estão trabalhando no oferecimento de serviços baseados na rede 5G NTN (Non-Terrestrial Network, ou Rede Não Terrestre, em tradução livre), e acredita que a tecnologia deva começar a ser usada já no próximo ano.

Ao ser perguntado quando chips de comunicação via satélite seriam utilizados por fabricantes coreanas como a Samsung, Lee Jong-ho explicou que um padrão para a tecnologia está sendo preparado para 2024, e afirmou que caso haja chips compatíveis com esse padrão após sua disponibilização, o "serviço [de comunicação via satélite] será comercializado".

O ministro também diz ter informações de que a indústria está trabalhando em um serviço padrão sul-coreano que permitirá a comunicação entre satélites e as redes 5G, cuja estreia está prevista para o ano que vem. Apesar de a resposta de Jong-ho não citar explicitamente a Samsung, a empresa é a principal fabricante de smartphones do país asiático, e tendo também uma participação de peso no setor de telecomunicações, é extremamente provável que a marca esteja envolvida nos planos e implemente o recurso na família Galaxy S24.

Continua após a publicidade

Outros pontos que reforçam essa possibilidade são o relativo sucesso da tecnologia de mensagens via satélite da Apple no iPhone, e investimentos pesados de gigantes como a MediaTek nas redes 5G NTN, que funcionam com satélites de baixa órbita, bem como a integração dessas funcionalidades na família Snapdragon da Qualcomm, com quem a Samsung possui um amplo acordo para uso de chips personalizados nos seus celulares premium.

Antes do lançamento da família Galaxy S23, rumores indicavam que os aparelhos premium da empresa para 2023 ofereceriam comunicação via satélite, o que acabou não sendo o caso. Mesmo que o Snapdragon 8 Gen 2, o processador usado nos modelos, trouxesse suporte a esse método de comunicação, a Samsung explicou na época que "a tecnologia era muito limitada para ser integrada" na linha.

Continua após a publicidade

Dito isso, o CEO da companhia, TM Roh, garantiu que "quando [fosse] a hora certa, e a tecnologia e a infraestrutura [estivessem] prontas, então com certeza para Samsung Galaxy, para nossa divisão mobile, nós também consideraremos adotar o recurso". Se tudo der certo, e as declarações do ministro Lee Jong-ho se cumprirem, a parte da infraestrutura deverá estar preparada, ou ao menos em um estágio mais avançado, bastando a Samsung implementar a função em seus aparelhos.

Com ou sem suporte à conectividade via satélite, a linha Galaxy S24 parece estar sendo moldada para oferecer um salto significativo na experiência de uso. Além do Snapdragon 8 Gen 3 — e de um possível retorno do Exynos —, os rumores apontam que os flagships da gigante sul-coreana para 2024 trarão construção em titânio, novas câmeras com sensores aprimorados, telas mais brilhantes e mais refinamentos no design. Caso sigam o cronograma da gerações anteriores, os dispositivos devem ser apresentados em fevereiro do ano que vem.

Fonte: Yonhap News (em coreano), via SamMobile