iPhone 13 pode contar com carregamento reverso e novo modo de vídeo retrato

iPhone 13 pode contar com carregamento reverso e novo modo de vídeo retrato

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 05 de Julho de 2021 às 19h20
Ivo/Canaltech

Com setembro se aproximando a passos largos, a suposta janela de lançamento do iPhone 13 também está cada vez mais próxima. Assim sendo, o número de rumores acerca do próximo topo de linha da Apple começa a aumentar, indicando que o aparelho não deve trazer mudanças drásticas, mas ao menos empregará melhorias pontuais para aprimorar a experiência de uso.

Além de um entalhe reduzido e novo formato do módulo de câmeras, o iPhone 13 deve contar com chipset A15 Bionic, empregar estabilização avançada em todas as câmeras de toda a família, adotar tela com taxa de atualização de 120 Hz e mais. Agora, uma série de novos rumores foi divulgado, indicando a adição de mais alguns recursos importantes na próxima geração de celulares da Maçã.

Carregamento reverso e vídeo retrato

As primeiras informações chegaram por meio de uma parceria entre o canal EverythingApplePro e o leaker Max Weinbach, que sugeriram que as bobinas de cobre usadas para o sistema de carregamento sem fio serão maiores no iPhone 13. Isso indicaria que o telefone traria maior velocidade de recarga, atualmente limitada a 15 W.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Outra possibilidade é a chegada do aguardado recurso de carregamento reverso, já presente em um número significativo de celulares Android do segmento premium, mas até então ausente nos iPhones. Antigos rumores apontavam que o iPhone 11 contaria com a tecnologia, o que acabou não se realizando por motivos desconhecidos.

A presença de carregamento reverso entregaria novas possibilidades a dono de fones sem fio e outros acessórios da gigante de Cupertino, que poderiam ser recarregados rapidamente usando apenas o telefone. Outra novidade de peso seria a adição de um modo de vídeo retrato no app nativo de câmera dos novos iPhones, atuando de maneira similar ao recurso recém-trazido pela Apple ao FaceTime.

Nome reforçado e linhas de produção

Paralelo a isso, o portal de notícias financeiras chinês Money publicou nesta segunda (5) uma nova matéria em que praticamente confirma o nome dos novos iPhones. O texto do periódico fala a respeito das fabricantes que fecharam acordos com a Apple para produzir os celulares da empresa. Segundo as informações, a empresa Hon Hai, responsável por uma das plantas da Foxconn, foi a "grande vencedora" entre as fornecedoras.

O site Money reforça os possíveis nomes e tamanhos de tela do iPhone 13 (Imagem: Reprodução/Money)

Além de conquistar o direito de fabricar todas as unidades do iPhone 13 Pro Max, a companhia teria conquistado 68% da produção do iPhone 13 e 60% do iPhone 13 Pro. Outro ponto interessante é que o menor modelo da linha 2021 deve abandonar o nome "mini", sendo chamado apenas de iPhone 13, possivelmente para desassociar o iPhone mais compacto do iPhone 12 mini, cujas vendas foram muito abaixo do esperado.

Fora isso, também podem estar confirmados os tamanhos de tela dos novos aparelhos, que devem ser idênticos aos da geração passada: o antigo iPhone 13 mini, agora chamado apenas de iPhone 13, contará com 5,4 polegadas; o iPhone 13 tradicional e o iPhone 13 Pro serão equipados com display de 6,1 polegadas; já o iPhone 13 Pro Max terá um painel de 6,7 polegadas.

iPhone 13 pode chegar em 12 opções de cores

Por fim, o site PhoneArena reuniu todas as supostas cores em que o iPhone 13 deve ser disponibilizado. Além de opções praticamente certas, como o preto e o vermelho, há algumas versões vazadas, como o rosa e o laranja, e algumas teorias do site, como amarelo e verde mentolado, totalizando 12 tonalidades.

Diferente da geração passada, o iPhone 13 não deve atrasar neste ano, estando previsto para chegar em um evento marcado para a terceira semana de setembro, período em que a Apple costumava anunciar a nova geração do telefone antes da pandemia.

Fonte: iMore, Money, FoneArena, PhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.