Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Huawei pode lançar nova marca de produtos acessíveis em breve

Por| Editado por Wallace Moté | 14 de Fevereiro de 2024 às 14h30

Link copiado!

Divulgação/Huawei
Divulgação/Huawei
Tudo sobre Huawei

A Huawei pode inaugurar uma nova submarca em breve, com o objetivo de vender celulares e outros eletrônicos com preços mais acessíveis em breve. A informação foi divulgada por diferentes leakers, por meio da rede social chinesa Weibo. 

O nome dessa divisão ainda não é conhecido oficialmente, mas a Huawei já registrou as marcas “Xingyao” e “Xingyao Edition” recentemente. Em tradução livre, esta palavra significa “o brilho das estrelas”, e pode aparecer nos próximos produtos acessíveis da empresa. 

Ao longo dos últimos meses, a Huawei tem dado mais atenção aos segmentos de celulares intermediários e topos de linha, mesmo com as dificuldades causadas pelas sanções impostas pelos Estados Unidos desde 2019.

Continua após a publicidade

Por isso, a empresa passou anos fabricando celulares com componentes desatualizados, e plataformas da Qualcomm com conexão limitada ao 4G. Isso fez com que a Huawei perdesse boa parte de sua fatia de mercado, eventualmente ocupada por rivais chinesas como a Xiaomi, Vivo Mobile, OPPO e outras. 

Mais recentemente, a empresa divulgou seus novos esforços no sentido de obter independência na fabricação de chips, especialmente por conta do Kirin 9000s. Trata-se de uma plataforma equivalente aos Snapdragon topo de linha de algumas gerações prévias, o que chamou a atenção dos EUA.

O processador é utilizado na linha Mate 60, que faz parte das opções atuais da Huawei juntamente com as séries Nova e P. O foco deve permanecer nestes modelos pelo menos até o ano de 2025, quando a nova submarca chegaria. 

Continua após a publicidade

Nos últimos dias, foi registrado um celular que poderia ser um representante da nova marca, com o nome de Shine V10. Este modelo seria vendido com o processador Kirin 8000s e o sistema operacional HarmonyOS 4.0, mas os rumores em relação ao aparelho ainda são escassos. 

A Huawei não fez comentários oficiais sobre o tema. 

Uma nova Honor

Com uma marca criada do zero, a Huawei planejaria obter condições para produzir e vender celulares com maior facilidade, principalmente de forma global. Trata-se de uma estratégia parecida com o que a empresa fez quando criou a Honor, em 2013. 

Continua após a publicidade

A Honor foi vendida e desmembrada da Huawei por completo em 2020, e desde então vende celulares de diversos segmentos, incluindo opções destinadas ao mercado global. Isso inclui a linha de dobráveis Magic V, a série Magic numerada e mais. 

Além disso, a Honor lançou seu site totalmente em português do Brasil, esquentando os rumores em relação a uma eventual volta oficial ao mercado nacional. Por lá, é possível ver uma lista de produtos que podem ser vendidos no país, incluindo celulares, tablets e também um modelo de notebook. 

Outra empresa que criou uma submarca recentemente para vender produtos mais acessíveis foi a Nothing, por meio da CMF by Nothing. A companhia já tem diversos acessórios em sua linha de dispositivos, e ainda pode anunciar um novo fone de ouvido e power bank em breve.

Continua após a publicidade

Fonte: Huawei Central