Snapdragon 8 Gen 1 teria produção levada à TSMC por baixo rendimento da Samsung

Snapdragon 8 Gen 1 teria produção levada à TSMC por baixo rendimento da Samsung

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 23 de Fevereiro de 2022 às 09h53
Qualcomm

Segundo fontes do portal coreano The Elec, a produção do Snapdragon 8 Gen 1 e de sua suposta variante Plus seria encaminhada à TSMC em virtude dos baixíssimos números de rendimento que a fundição da Samsung, atual fabricante do chip premium, estaria apresentando. A situação seria crítica a ponto de afetar futuros contratos da empresa sul-coreana com a Qualcomm, e até mesmo com outras empresas, como a Nvidia.

Snapdragon 8 Gen 1 passa para a TSMC por baixo rendimento

As informações divulgados pelo The Elec sugerem que o Snapdragon 8 Gen 1 disponível no mercado, fabricado pela divisão de semicondutores da Samsung, teria um baixíssimo rendimento de fabricação, da ordem dos 35% — isso significa que, a cada 100 chips fabricados, apenas 35 atendem às especificações, enquanto os outros 65 são defeituosos. Estima-se que um rendimento saudável esteja acima dos 70%.

Segundo o The Elec, a Qualcomm teria encaminhado a fabricação do Snapdragon 8 Gen 1 para a TSMC em virtude do baixíssimo rendimento apresentado pela Samsung (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

As fontes também sugerem que o Exynos 2200 estaria apresentando um rendimento ainda pior, o que justificaria sua disponibilidade mais limitada frente às gerações anteriores. O novo Snapdragon não estaria passando por dificuldades semelhantes, pois uma equipe da Qualcomm estaria acompanhando de perto a produção do processador.

Diante dessas dificuldades, a empresa teria decidido encaminhar parte da produção da plataforma para a TSMC, já responsável pela fabricação do Dimensity 9000 da MediaTek, que se sai melhor que o Snapdragon em testes de desempenho apesar de possuir configuração semelhante, bem como pelos chips da Apple e AMD. A troca já teria efeitos muito positivos, com outros rumores recentes indicando que os rendimentos do suposto Snapdragon 8 Gen 1 Plus estariam bem acima dos 70%.

Sucessor deve se manter com a fundição taiwanesa

A situação teria incentivado ainda a Qualcomm a preparar um acordo para que a TSMC assuma completamente a fabricação da próxima geração do chip, o suposto Snapdragon 8 Gen 2, no processo N3 de 3 nm — as fontes indicam que a fabricação de componentes em 4 nm ainda seria dividida entre Samsung e TSMC. Caso as informações se confirmem, a gigante sul-coreana teria um grande desafio pela frente, já que a Qualcomm é uma de suas principais clientes.

Ainda de acordo com as informações, a Nvidia, que também fabrica suas atuais GPUs gamer com a Samsung, deve fechar acordo com a TSMC para a próxima geração de placas (Imagem: Geekerwan/YouTube)

Os relatos reportados pelo The Elec também indicam que, por motivos semelhantes, ainda que em escala menor devido à maturidade da litografia de 8 nm, a Nvidia também abandonaria a fundição da Samsung e voltaria a produzir toda sua linha de GPUs com a TSMC, incluindo os modelos gamer, de maior volume. A informação reforça rumores recentes de que a companhia teria pago mais de US$ 7 bilhões (~R$ 35 bilhões) para garantir vaga nas fábricas da fundição taiwanesa.

Fonte: The Elec, WCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.