Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Snapdragon 4 Gen 2 ganha primeiros detalhes em suposto vazamento

Por| Editado por Wallace Moté | 20 de Abril de 2023 às 11h32

Link copiado!

Qualcomm/Divulgação
Qualcomm/Divulgação
Tudo sobre Qualcomm

Um suposto vazamento divulgado nesta quarta-feira (19) trouxe os primeiros detalhes do Snapdragon 4 Gen 2, próximo processador da Qualcomm para celulares mais básicos. Ao que parece, a novidade não deve trazer avanços significativos vistos em outros lançamentos recentes da marca, como o Snapdragon 7 Plus Gen 2, focando em promover melhorias em aspectos como as memórias e o processamento gráfico.

O vazamento chega através do desenvolvedor e leaker Kuba Wojciechowski, responsável pelo vazamento de outros chips muito aguardados da Qualcomm, e indica que o Snapdragon 4 Gen 2 deve atender pelo número de modelo SM4450, com codinome "Clarence". Sua CPU deve contar com a mesma configuração da geração anterior, apenas empregando frequências de operação mais altas — são 8 núcleos no total, compostos de 2 Cortex-A78 de alto desempenho rodando a 2,2 GHz, e 6 Cortex-A55 de alta eficiência também trabalhando a 2,2 GHz.

Continua após a publicidade

As memórias abrigam as primeiras mudanças mais importantes: além do suporte a chips LPDDR4X, o novo Snapdragon 4 agora seria compatível com a mais veloz LPDDR5, em taxas de transferência de até 3.200 MT/s. Por sua vez, o armazenamento passaria de UFS 2.2 com uma única pista de comunicação para UFS 3.1 com duas pistas, devendo oferecer carregamento de apps e jogos com maior velocidade.

A outra grande modificação está na GPU, com a Adreno 613 assumindo o lugar da Adreno 619. Apesar do que os nomes possam sugerir, os gráficos não devem sofrer um downgrade — além de uma arquitetura mais moderna, auxiliada pelos avanços na memória, teremos clocks muito mais altos de 955 MHz, contra os 650 MHz da geração passada. A má notícia é que a limitação de gravar e reproduzir vídeos em 1080P a 60 FPS deve ser mantida.

Fecha o pacote de novidades a estreia do suporte à virtualização, tecnologia presente em praticamente todos os processadores modernos que habilitaria novos recursos em apps e até no sistema operacional, como a possibilidade de estabelecer diferentes perfis para uso pessoal e trabalho. Dito isso, Kuba destaca não ter certeza de que esse suporte realmente estará presente e, mesmo que seja implementado, pode nem ser oferecido aos usuários.

Ainda segundo o desenvolvedor, a fabricação da plataforma seria mantida sob responsabilidade da Samsung, com o uso de uma nova variante da litografia de 4 nm da gigante sul-coreana. A companhia não tem um bom histórico em relação à produção de chips, em especial no segmento mais avançado, mas as limitações vistas em processadores mais poderosos provavelmente não devem ter o mesmo impacto por aqui, diante da simplicidade do projeto e de como as tarefas a serem realizadas pelo componente devem ser menos exigentes.

Kuba não possui informações sobre o prazo de lançamento do Snapdragon 4 Gen 2 no momento, e é difícil estabelecer uma previsão, considerando que a linha mais básica não costuma ter a mesma atenção das séries mais poderosas. Também não é impossível para a Qualcomm simplesmente estrear a solução de surpresa junto a um novo smartphone. Na pior das hipóteses, a novidade deve ser apresentada no Snapdragon Summit, grande evento anual da empresa esperado para acontecer no final do ano.