Samsung Exynos 2200 terá GPU AMD Radeon "Voyager" e novo processo de fabricação

Samsung Exynos 2200 terá GPU AMD Radeon "Voyager" e novo processo de fabricação

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 15 de Julho de 2021 às 07h50
Reprodução/Samsung

Com o início do segundo semestre, os rumores sobre os próximos grandes lançamentos do mundo dos smartphones começaram a se intensificar, em especial sobre a próxima aposta da Samsung para sua linha de processadores Exynos. Conhecido até o momento como Exynos 2200, o novo chipset topo de linha da gigante sul-coreana será o primeiro fruto da parceria com a AMD, oficializada em 2019.

Prometendo levar a família Exynos de volta ao estrelato, o novo processador acaba de ganhar novidades, mais especificamente relacionadas aos supostos codinomes pelos quais o componente e sua GPU Radeon são identificados.

Exynos 2200 é conhecido como "Pamir"

Segundo informações divulgadas pelo leaker Ice Universe, o Exynos 2200 é referido internamente pela Samsung como "Pamir", enquanto a GPU desenvolvida em parceria com a AMD atende pelo nome "Voyager". O rumor também revela que o chipset será fabricado no processo de 4 nm da gigante sul-coreana, detalhe que já havia sido apontado por outros rumores recentes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O novo chip topo de linha da Samsung pode atender pelo codinome "Pamir", com a GPU AMD Radeon "Voyager" (Imagem: Reprodução/Ice Universe)

Ao que se sabe, a litografia 4LPE de 4 nm da empresa deve, na verdade, ser uma versão turbinada da litografia de 5 nm utilizada atualmente no Exynos 2100 e Snapdragon 888, renomeada para representar os ganhos de desempenho. Independente disso, a plataforma pode compensar eventuais limitações da CPU com impressionante nível de performance gráfica, como indicam supostos benchmarks vazados.

Chip promete ser novo campeão do mundo Android

Desde janeiro, rumores indicavam que o Exynos 2200 agitaria o mercado mobile com desempenho que chegaria a superar o A14 Bionic, processador adotado no iPhone 12. As especulações ganharam força recentemente, com a divulgação de testes gráficos em que a plataforma da Samsung superou o concorrente da Apple em até 14%, enquanto deixou o Snapdragon 888 para trás por uma margem significativamente maior, de 56%.

Baseada na microarquitetura RDNA 2, a GPU do novo Exynos manterá recursos presentes nas placas RX 6000, como Ray Tracing e VRS (Imagem: Reprodução/AMD)

Considerando os detalhes oficiais já conhecidos, não será surpreendente se o chipset de fato apresentar vantagens tão marcantes. A GPU adotada é baseada na microarquitetura RDNA 2, presente nos consoles de nova geração e placas RX 6000, mantendo recursos como suporte a Ray Tracing e Variable Rate Shading (VRS), que reduz os detalhes de pontos menos importantes da imagem para turbinar o desempenho.

Fonte: WCCFTech, Gizmochina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.