AMD confirma GPU de novo Samsung Exynos com arquitetura RDNA 2

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 01 de Junho de 2021 às 08h40
Samsung

Acontece nesta semana a Computex, feira anual em que as maiores empresas do ramo da computação demonstram os principais lançamentos e conceitos que chegarão ao mercado nos próximos meses. Entre as companhias que apresentam novidades está a AMD, cujo evento foi ao ar na noite desta segunda-feira (31).

Além de anúncios importantes para o mercado de computadores e o futuro da família Radeon RX 6000, a fabricante revelou mais novidades sobre a parceria com a Samsung para o desenvolvimento de uma GPU customizada para o próximo chipset Exynos. Além de confirmar uma possível data de lançamento, a AMD trouxe ainda detalhes importantes sobre alguns dos recursos do novo chip gráfico.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Novo Exynos com AMD utilizará arquitetura RDNA 2

Durante a conferência, a CEO da AMD, Lisa Su, confirmou que a GPU equipada no novo Exynos será desenvolvida com a microarquitetura RDNA 2. Essa é a mesma arquitetura na qual os chips gráficos do PS5 e Xbox Series X|S, além da família de placas de vídeo Radeon RX 6000, foram produzidos.

O uso da RDNA 2 reforça a possibilidade de que a Radeon mobile pode assumir o posto de GPU mais poderosa dos smartphones, superando a solução adotada pela Apple no A14 Bionic do iPhone 12 entre 50% e 70%, conforme apontaram vazamentos divulgados em janeiro.

Outros benefícios proporcionados pela arquitetura e já confirmados pela AMD incluem ainda suporte a Ray Tracing, recurso ainda inédito em celulares, que promete entregar iluminação mais realista por simular raios para calcular a luz de um cenário, e o Variable Rate Shading (VRS) que, de maneira bastante resumida, reduz a qualidade de elementos menos notáveis em games para aumentar a performance.

Chip pode chegar ao mercado no final do ano

Sem revelar o nome ou outros detalhes do chip, Lisa Su confirmou que a Samsung trará mais informações sobre o processador no final do ano, quando a novidade deve ser oficialmente anunciada. De acordo com rumores e vazamentos, o chipset deve chegar ao mercado no mesmo período como Exynos 2200, e alimentar não apenas os próximos flagships da gigante sul-coreana, como também novos notebooks da marca.

O Exynos 2200 pode chegar no final do ano a celulares e notebooks, como uma resposta ao Apple M1 (Imagem: Divulgação/Samsung)

Além de ser a aposta da empresa para revitalizar o Exynos em smartphones, o projeto pode atuar como a resposta da Samsung para o Apple M1 e o Qualcomm Snapdragon 8cx Gen 2. O Exynos 2200 chegaria em uma configuração mais robusta para laptops, com sistema mais encorpado de refrigeração, tornando o Windows On ARM mais competitivo.

Fonte: SamMobile, Phandroid, GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.