Samsung deve fabricar próximos chipsets high-end da Qualcomm, indica rumor

Samsung deve fabricar próximos chipsets high-end da Qualcomm, indica rumor

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 11 de Março de 2021 às 15h00

Já envolto em diversos rumores, o sucessor do Snapdragon 888 da Qualcomm acaba de ganhar novos detalhes em se tratando de sua fabricação. Ao que tudo indica, a fabricante de chips não deve migrar para a TSMC e seguirá utilizando a infraestrutura e a tecnologia da Samsung para a produção da sua próxima geração de processadores mobile de alto desempenho.

As informações chegam por meio do renomado leaker Roland Quandt, que afirma que o novo chipset da Qualcomm, de número de modelo SM8450 e codinome Waipio, em homenagem ao Waipio Valley no Havaí, já está em fase de testes. Ainda assim, não se sabe se a companhia empregará o processo de 5 nm LPE da gigante sul-coreana, mesma litografia presente no atual Snapdragon 888 e no Exynos 2100, ou se utilizará um processo melhor.

Além do Snapdragon 888, a Samsung pode fabricar o especulado 888+ e seu sucessor (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

As novidades acabam indo de encontro a uma série de outros rumores que indicavam que a Qualcomm abandonaria a Samsung para estabelecer um novo acordo com a TSMC. Caso essas informações se comprovassem, a mudança poderia acabar sendo benéfica para a linha Snapdragon, ao menos de um ponto de vista de eficiência energética. Estudos indicam que os 5 nm EUV da Samsung apresentam eficiência equivalente à litografia de 7 nm da TSMC, colocando os 5 nm da fundição taiwanesa à frente da rival coreana.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Qualcomm e a troca de fabricantes

A parceria entre Samsung e Qualcomm para fabricação dos chips mais potentes da família Snapdragon não é nova, e esteve envolvida em um ciclo de troca de fabricantes no passado. Desde a concepção da linha Snapdragon 800, a TSMC era responsável pela produção dos processadores de alto desempenho da Qualcomm, até a chegada do Snapdragon 810, um fracasso devido às altíssimas temperaturas que atingia e sua consequente perda de desempenho.

Samsung e TSMC "se revezam" para fabricar a linha Snapdragon (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

A Samsung assumiu a série com a chegada do Snapdragon 820, mantendo-se como principal fornecedora da Qualcomm até o Snapdragon 835, com a TSMC retornando para o 845 em diante. Com a chegada do Snapdragon 888, e possivelmente também para sua versão Plus, a Samsung retomou a produção da família.

Fonte: Gizmochina, SamMobile

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.