Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

CEO da Intel quer vender 100 milhões de PCs com IA até 2025

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Novembro de 2023 às 14h20

Link copiado!

Intel
Intel
Tudo sobre Intel

O CEO da Intel, Pat Gelsinger, continua bem animado com as projeções do mercado de PCs com IA para o futuro, apesar das concorrentes estarem diminuindo a vantagem do time azul. Em uma apresentação no Intel Innovation Taipei 2023 Technology Forum, o executivo revelou o planejamento para vender 100 milhões de PCs com inteligência artificial até 2024.

A conferência reuniu líderes e figuras importantes de marcas parceiras da companhia de Santa Clara, como Acer e ASUS. Segundo informações do Taiwan Economic Daily, a ASUS até chegou a mostrar uma máquina focada em IA no evento, mas não há nenhum tipo de detalhe a respeito do projeto.

Gelsinger, no entanto, parece otimista. A projeção de 100 milhões de vendas nos próximos anos é um número ambicioso, embora ainda não haja exatamente uma definição do que seria um PC com IA, na prática. Porém, a intenção do executivo bate com falas anteriores e um plano de democratizar a inteligência artificial para todos.

Continua após a publicidade

Segmento de IA fica acirrado

A movimentação de Pat Gelsinger se torna ainda mais ousada ao ver o retrospecto de outras competidoras nesse segmento. A NVIDIA já confirmou em diversas ocasiões que o foco da companhia agora é o mundo da IA, inclusive, no segmento gamer. A AMD, embora um pouco atrasada, também vai se esforçar e pode utilizar CPUs baseadas em ARM no futuro.

A Qualcomm também anda na dianteira, principalmente após o anúncio de soluções potentes como o Snapdragon X Elite, com alto desempenho. Porém, a Apple deve ser a empresa com mais conforto nesse segmento, uma vez que já introduziu unidades neurais em seus chips há alguns anos e continua com performance de ponta para diversas aplicações.

A Intel começa a trilhar esse caminho de maneira mais aprofundada a partir de dezembro, com a chegada dos processadores de notebook Meteor Lake. Os modelos utilizam uma NPU (Unidade de Processamento Neural) dedicada apenas para tarefas voltadas para inteligência artificial, e a expectativa é que cada vez mais produtos da empresa façam uso dessa tecnologia.

Fonte: Taiwan Economic Daily