Publicidade

Intel Innovation 2023 mostra que IA é muito mais que ChatGPT

Por| Editado por Jones Oliveira | 21 de Setembro de 2023 às 20h53

Link copiado!

Wallace Moté/Canaltech
Wallace Moté/Canaltech
Tudo sobre Intel

A Intel usou seu evento Innovation 2023 para mostrar o conceito de “AI Everywhere”, reforçando o uso de Inteligência Artificial nos mais variados tipos de dispositivos e ferramentas, seja com foco em processamento local, na nuvem ou na borda. Pensando em tornar isso mais palpável para os consumidores, várias parceiras da empresa demonstraram casos de uso de IA na conferência, indo muito além da geração de textos que as pessoas conhecem com o ChatGPT.

Dentre os exemplos com demonstrações no Intel Innovation 2023, tivemos ferramentas para criação de NPCs — os famosos personagens não-jogáveis —, modelagem de pessoas ou objetos reais em ambiente tridimensional, treinamento de maquinário para fábricas usando realidade virtual, e até mesmo um contra-ataque para ameaças de segurança que usam IA para gerar imagens que “quebram” reconhecimento de objetos.

Continua após a publicidade

IA como aliada nos jogos

Dentre os casos de uso focados em jogos, três chamaram a atenção e podem ser usados de forma complementar para gerar jogos inteiros. O primeiro deles foca na criação de personagens com base em pessoas reais, usando a plataforma de MetaHumans para incluir o personagem no jogo e até mesmo dar uma voz real a ele.

O funcionamento é até relativamente simples, e justamente nisso entra a IA para facilitar o processo. Basta tirar algumas fotos do rosto da pessoa que será digitalizada, enviar para o programa e ele fará a modelagem para ambiente virtual. A partir daí você pode fazer alterações no visual e inserir o rosto em um corpo que mais se adeque ao que você deseja. É possível ainda gravar sua voz por alguns minutos, e a partir daí o programa gera novas frases para o personagem, que conversa de forma natural com outros players.

O segundo caso foca na parte de personalidade dos NPCs, onde você inclui algumas informações básicas como biografia, traços de personalidade (nível de alegria ou tristeza, felicidade ou raiva, etc.) e o programa gera todo o restante usando IA. Isso permite a criação de NPCs muito mais interativos de uma forma muito mais prática, ajudando na imersão dos jogos e permitindo que um mesmo personagem seja incluído em diferentes plataformas de forma quase que instantânea, já que a ferramenta permite exportá-lo para as mais populares engines, incluindo Unity, Unreal, Minecraft, Roblox e muito mais.

Continua após a publicidade

O terceiro uso interessante foca na transformação de imagens 2D em objetos virtuais 3D. Com apenas uma imagem (seja ela uma foto, um desenho ou outro tipo de captura), a ferramenta consegue gerar um novo objeto em três dimensões, que pode tanto ser usado digitalmente para jogos e outras ferramentas de modelagem como impresso por impressoras 3D, servindo para criar itens de decoração ou mesmo ferramentas de trabalho.

IA como aliada na segurança

Inteligência Artificial é um assunto muito controverso quando falamos em segurança, já que boa parte das pessoas pensa apenas no uso negativo da tecnologia, como criação de deep fakes para aplicação de golpes ou mesmo para gerar conteúdo malicioso mais complexo. Um dos casos famosos que comentamos recentemente inclui a geração de uma imagem capaz de “quebrar” sistemas de reconhecimento de objetos, podendo essa imagem ser impressa em uma camiseta para tornar o usuário “invisível” a sistemas de segurança, por exemplo.

Continua após a publicidade

E é aí que entra um dos casos de uso mais interessantes dentre os demonstrados por parceiros da Intel no Innovation 2023. Usando a própria IA como mecanismo de defesa, a ferramenta aplica um filtro de desfoque sobre a imagem captada pela câmera, e então gera uma nova imagem a partir disso. Padrões reais como seres humanos, árvores e outras coisas são reconstruídos sem problemas, porém as imagens geradas por IA são alteradas de forma mais intensa no processo, e com isso qualquer padrão feito para “quebrar” o sistema de reconhecimento é inutilizado.

IA como aliada nas fábricas

Passando para a parte industrial, um caso de uso interessante foi usar IA para treinar o maquinário da fábrica, sendo dado como exemplo um braço responsável por posicionar chips em bandejas para serem trabalhados. São usados óculos de realidade virtual para o treinamento, onde todo o ambiente é escaneado em escala extremamente precisa, e então os gestos básicos — posicionar o braço, abaixar, fechar a garra, subir, ir para a nova posição, abaixar e abrir a garra — são ensinados em questão de minutos.

Continua após a publicidade

O treinamento usa câmeras posicionadas na estrutura do robô, e então ele é capaz de entender o ambiente de forma muito precisa, mesmo que as coisas sejam mudadas de lugar, conseguindo fazer a tarefa desejada com um mínimo de treinamento.

IA em todo lugar

Tivemos ainda outros casos de uso interessantes no Intel Innovation 2023, incluindo, claro, geração de textos, imagens e voz com ferramentas como o ChatGPT e o Stable Diffusion. A novidade aqui fica para a presença dos novos processadores Intel Core Ultra, que contam com NPU focada no processamento local de instruções de IA, o que tornará todo o processo muito mais rápido de ser feito, aumentando a segurança e ampliando ainda mais as possibilidades de uso.

Continua após a publicidade

Além disso, também foram mostradas ferramentas focadas em pessoas em regime de trabalho híbrido ou remoto, com otimizações para videochamadas que eliminam ruído de fundo captado pelo microfone ou melhoram consideravelmente a imagem captada pela webcam sem aumentar a banda necessária para a transmissão da mesma — algo essencial para garantir uma experiência fluida de videochamada.

No geral, o que pudemos perceber do Innovation 2023 é que a Intel está realmente empolgada com os avanços feitos no campo de Inteligência Artificial nos últimos anos — em especial de meados de 2022 para cá —, e quer facilitar ao máximo a vida dos desenvolvedores para que eles possam tirar suas ideias do papel da forma mais rápida e otimizada possível, e colocá-las em prática nos mais variados tipos de ambiente, sejam eles com processamento local, na borda ou na nuvem.