Google I/O 2021: as 10 maiores novidades do principal evento do Google

Google I/O 2021: as 10 maiores novidades do principal evento do Google

Por Douglas Ciriaco | 18 de Maio de 2021 às 17h12
Divulgação/Google

A tarde de hoje foi agitada em San Francisco, nos EUA, onde aconteceu a abertura do Google I/O 2021 e foram apresentadas as principais novidades da Gigante da Web para este ano. Além de finalmente oficializar o Android 12 e anunciar a chegada da primeira versão Beta do sistema, a companhia falou sobre segurança, privacidade, design, mapas e uma série de outros temas.

Confira agora um resumo com as principais novidades apresentadas pelo Google I/O 2021

Android 12 finalmente anunciado

Depois de muitas prévias para desenvolvedores, finalmente o Android 12 ganhou uma apresentação formal e oficial. O sistema chega à versão Beta e, apesar de ainda não haver datas exatas, a fase de testes como sempre chega primeiro aos celulares Pixel — o Google cita ainda “outros aparelhos” como compatíveis, mas, até a publicação deste texto, nenhum aparelho específico foi citado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A principal novidade do Android 12 é o visual, com cantos mais arredondados, mais apelos coloridos, digamos assim, e um nível superior de personalização do sistema. Os menus foram renovados, está mais fácil deixar atalhos úteis à mão, as animações estão mais suaves e bonitas.

Outro destaque é o foco maior na privacidade com um novo painel dedicado a essas configurações. Será possível, por exemplo, mascarar a sua posição exata e controlar melhor que aplicativos acessam informações sensíveis, como localização, arquivos do sistema e lista de contatos. Revogar acesso a esses dados também vai ficar mais fácil.

Material You é o Android mais personalizado do que nunca (Imagem: Reprodução/Google)

Material You: o Android mais personalizado do que nunca

O Material You é uma espécie de evolução natural do Material Design, o conjunto de práticas visuais adotadas pelo Google no Android. Agora, as personalizações cotidianas do sistema chegam a outro nível, com paletas de cores harmonizadas e um apelo gráfico nunca antes visto no sistema operacional mobile.

Com a novidade, será possível transformar o visual do Android mudando apenas o papel de parede do celular, por exemplo Ao fazer isso, o sistema poderá aproveitar a cor predominante da imagem usada como plano de fundo para tonalizar painéis e menus, deixando tudo mais harmônico e bonito. Tal possibilidade vai garantir ainda cores mais harmônicas até mesmo na tela de bloqueio.

Mais privacidade e segurança em todos os cantos

O Google deu um enfoque considerável na questão de privacidade e segurança durante o keynote de abertura do Google I/O 2021. Entre os destaques estão a chance de apagar os rastros de busca dos últimos 15 minutos, ampliação da obrigatoriedade do uso de autenticação de fator duplo e até um prenúncio de futuro sem senha.

Desligar o registro de localização também vai ficar mais fácil e poderá ser feito com o toque de um botão bem visível na tela de histórico de locais por onde você já passou. O check-up de segurança ganha o reforço de alertas que avisam o usuário sempre que suas credenciais estiverem presentes em algum vazamento.

LaMDA: tecnologia avançada de conversação

O Google já surpreendeu ao mundo em 2018 com o Duplex e, apesar de poucas novidades recentes nesse sentido, a empresa trouxe ao I/O 2021 a LaMDA, um modelo de linguagem avançada para conversação natural entre humanos e máquinas. Em resumo, a inteligência artificial permitirá que, em algum momento, um software de computador troque ideia com você como se fosse outro ser humano.

A tecnologia apresenta um nível maior de compreensão da fala de seu interlocutor, sacando gírias, ironias e hipérboles como tal. A demostração feita pelo Google colocou a IA atuando como se fosse Plutão, e a conversa soou natural e bastante dinâmica — mas, claro, vale lembrar que pode se tratar de uma demonstração controlada e que talvez isso demore para se tornar parte do dia a dia da maioria das pessoas.

Softwares conversando feito gente (Imagem: Reprodução/Google)

12 novidades no Google Workspaces

O Google Workspaces, que até há pouco tempo era chamado de G Suite, é o pacote de serviços do Google para empresas. Nesta tarde, a companhia anunciou nada menos do que 12 novidades para os seus assinantes, com destaque para um fluxo aprimorado de trabalho tanto entre as pessoas quanto entre os aplicativos da suíte.

Entre os novos recursos estão checklists integradas ao Google Docs, acesso direto ao pacote de apps (editores de texto, planilha e apresentações) durante reuniões do Google Meet, legendas automáticas nas videoconferências e menções aprimoradas a que permitirão citar pessoas, documentos e reuniões com mais facilidade.

Mais recursos na hora das compras

As funcionalidades do ecossistema do Google dedicadas às compras também ganharam reajustes bem interessantes, como o Gogole Shopping Graph, que usa inteligência artificial para realizar monitoramento de preços e dar sequência a uma compra iniciadas anteriormente.

Outra novidade é o esforço conjunto entre Google Lens e Google Fotos na hora de ajudar você a encontrar um produto que aparece em uma imagem — o sistema vai vasculhar uma foto para identificar e encontrar um tênis ou uma peça de roupa, por exemplo. As compras feitas a partir de vídeos do YouTube também entram nesse mesmo bolo.

Google Fotos: memórias, fotos animadas e segurança

O Google Fotos é famoso por oferecer um recurso de “memórias”, que nada mais são do que um conjunto de lembranças fotográficas que de tempos em tempos pintam no celular. Agora, a novidade é que você poderá personalizar ainda mais essa funcionalidade, editando o nome das memórias e apagando registros específicos indesejados.

Para dar mais segurança e privacidade, o Google Fotos permitirá que você proteja uma pasta com senha ou biometria. As imagens guardadas nesse diretório específico não serão exibidas na timeline do programa, ou seja, será um arquivo seguro para fotos que devem permanecer privadas a qualquer custo (risos).

Fotos animadas do Google Fotos parecem bem legais (Imagem: Reproução/Google)

Por fim, o Google Fotos agora sintetiza fotos tiradas em sequência e criar registros animados — se você lembrou do Live Photos, do iOS, provavelmente não foi o único. A diferença aqui é que o sistema usa redes neurais para “criar” o movimento inexistente entre duas ou mais fotos, resultando em animações bem interessantes.

Android 12 vai abrir a porta do seu carro

O Google anunciou também que o Android 12 vai abrir a porta do seu carro. Obviamente, estamos falando aqui de carros com suporte ao Android Auto e NFC, de diferentes marcas. Usando o recurso de comunicação por campo de aproximação, o dispositivo móvel fará as vezes da chave na hora de destravar o veículo em mais uma praticidade para o dia a dia.

Novo Wear OS

Os relógios inteligentes que usam Wear OS terão uma grande novidade a caminho. O sistema passa pela maior reformulação de sua história e, agora, é parte de uma parceria do Google com a Samsung. Com isso, a próxima geração de dos Galaxy Watch, por exemplo, trocarão o Tizen pelo sistema irmão do Android.

O sistema também contará com opções mais aprimoradas para controle de recursos, suporte ampliado e refinado para aplicativos diversos e opções do ecossistema Google, como Assistente, Google Pay, YouTube e Maps.

Project Starline

Um dos impactos imediatos da pandemia de COVID-19 foi o distanciamento social, o que tornou o contato exclusivamente virtual uma realidade quase diária para a maioria das pessoas. Imaginando um mundo cada vez mais digital até independentemente da pandemia, o Google apresentou o Project Starline, um sistema que combina inteligência artificial, visão computacional e áudio espacial para criar uma espécie de projeção em realidade virtual ultrarrealista sem depender de óculos ou qualquer outro aparelho do tipo.

Atualmente em teste em poucas unidades do próprio Google, o Starline conta com hardware próprio e quer ser a próxima grande revolução nas telecomunicações. Segundo a companhia, a ideia é expandir e baratear a tecnologia a fim de torná-la mais acessível — isso, obviamente, ainda não tem qualquer previsão de acontecer.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.