Os 10 carros mais vendidos do Brasil em 2021

Os 10 carros mais vendidos do Brasil em 2021

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 16 de Janeiro de 2022 às 09h30
Matheus Argentoni/ Canaltech

2021 confirmou uma tendência no Brasil: com os modelos de entrada cada vez mais caros, os SUVs acabaram se tornando os carros preferidos dos brasileiros. Prova disso é que esse tipo de automóvel abocanhou 42,9% de participação nos emplacamentos.

Mesmo diante deste cenário, os hatches compactos ainda possuem uma boa clientela e dominam o top 5 do ranking de 10 carros mais vendidos do Brasil em 2021. Segundo dados levantados pela Fenabrave, Hyundai HB20, Fiat Argo e Chevrolet Onix são os 3 carros mais bem colocados no mercado brasileiro.

Em números absolutos, porém, ninguém conseguiu superar a Fiat Strada, que emplacou 109.107 unidades em 2021. Mas, por ser considerada um veículo comercial leve, ela não entra no ranking de carros mais vendidos do ano — o mesmo vale para a sua irmã maior, a Fiat Toro, com 70.890.

Sendo assim, veja abaixo o ranking com os 10 carros mais vendidos do Brasil em 2021.

10. Chevrolet Onix Plus

Mesmo com um tempo sem ser produzido por conta da crise dos semicondutores, o Chevrolet Onix Plus conseguiu um ótimo 10º lugar, com 54.507 emplacamentos, terminando o ano como o sedã mais vendido do país.

Versão Midnight do Onix Plus é uma das mais legais da linha (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Com ótimo espaço interno e bom pacote de equipamentos, o sucessor do Prisma é bem visto por locadoras, taxistas e motoristas de aplicativo, além de ser uma ótima opção para a família.

9. Volkswagen T-Cross

Uma das melhores opções do mercado de SUVs compactos, o T-Cross atrai por seu ótimo conjunto de equipamentos e, principalmente, por seus motores, que se dividem no 1.0 TSI de 128cv nas versões de entrada e intermediárias, e o 1.4 TSI de 150cv na topo de gama.

VW T-Cross Sense entrega o básico, mas é boa opção no mercado de SUVs (Imagem: Divulgação/Volkswagen)

Ao todo, foram 62.307 emplacamentos em 2021.

8. Hyundai Creta

Impulsionado pelo lançamento de sua nova geração, o excelente Hyundai Creta vendeu muito bem em 2021, com 64.759 emplacamentos. Mesmo considerando que a versão antiga do carro ainda está à venda, é um número expressivo.

Visual do Creta é um ponto polêmico do carro (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O destaque da nova geração vai para o excelente pacote de equipamentos tecnológicos, além do bom funcionamento do motor 1.0 turbo, que dá conta do recado principalmente em ambientes urbanos.

7. Fiat Mobi

O "baratinho" da Fiat foi muito bem nas vendas e conseguiu uma ótima 7ª colocação, com 65.847 unidades emplacadas, superando, e muito, seu principal concorrente: o Renault Kwid.

Espaço não é o forte do Mobi, mas consumo é excelente (Imagem: Divulgação/Fiat)

O Mobi — assim como o Kwid — foi uma boa opção para quem quis um carro 0km e tinha menos de R$ 60 mil para pagar em 2021. Infelizmente, isso já mudou no começo de 2022.

6. Volkswagen Gol

Outrora sinônimo de carro popular, o Volkswagen Gol hoje beira os R$ 70 mil em sua versão mais barata. Mas nem isso tem impedido os compradores, que apostam muito em sua dirigibilidade e confiabilidade mecânica.

O Gol está com dos dias contados no Brasil (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Em 6º na lista da Fenabrave, o Gol vendeu 66.228 unidades.

5. Jeep Compass

O fato de o Jeep Compass estar entre os cinco veículos mais vendidos do Brasil diz muita coisa sobre o acerto da Jeep com seu produto. O SUV médio da montadora norte-americana conquistou o consumidor local graças ao seu ótimo custo-benefício, design atraente, conforto e pacote tecnológico interessante.

Mesmo mais caro do que modelos compactos, o Compass chegou a liderar o mercado de SUVs em 2021 (Imagem: Divulgação/Jeep)

Impulsionado pela nova versão lançada em 2021, que traz o novo motor 1.3 turbo de 185cv, o Compass emplacou 70.906 unidades.

4. Chevrolet Onix

Um dos carros mais desejados dess=ta lista, o Chevrolet Onix acabou perdendo o posto de veículo mais vendido do Brasil em 2021, muito por conta das paralisações em sua fabricação. Mesmo assim, terminou o ano como o 4º carro mais vendido do país, com 73.623 emplacamentos.

O Onix RS apresenta roupagem mais ousada, porém sem alterações mecânicas (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Com ótimos motores e pacote de equipamentos, o Onix deve ser, novamente, destaque em 2022.

3. Jeep Renegade

Com 73.913 unidades emplacadas em 2021, o Jeep Renegade segue dominando o segmento de SUVs e já aparece como o terceiro carro mais vendido do país. Os motivos são muitos.

O Renegade é um dos carros mais desejados do Brasil desde seu lançamento, em 2015 (Imagem: Divulgação/Jeep)

Com ótimo acabamento e motor confiável, o Renegade acaba sendo uma ótima opção para quem quer um carro urbano, mesmo com seu desempenho na variante 1.8 sendo ruim. Em compensação, o acerto de suspensão e o espaço interno seduzem — além do design.

Em 2022, o Jeep Renegade vai ganhar o motor 1.3 turbo de 185cv, para desespero da concorrência.

2. Fiat Argo

Demorou um pouco, mas o Fiat Argo finalmente terminou o ano como um dos três mais veículos vendidos do Brasil. Lançado em 2017 para substituir, de uma só vez, Palio, Punto e Bravo, o hatch italiano se destaca por seu conforto, confiabilidade e bom espaço interno.

Versão 1.0 do Argo conta com ótimo motor e custo-benefício dos melhores do mercado (Imagem: Divulgação/Fiat)

Em 2021 foram emplacadas 84.644 unidades do Argo.

1. Hyundai HB20

O líder entre os carros mais vendidos do Brasil é, também, um dos mais interessantes de se comprar. Confiável e bem equipado, o HB20 conquista os brasileiros há uma década.

HB20 turbo é, por enquanto, o carro mais eficiente de seu segmento (Imagem: Matheus Argentoni/Canaltech)

Em sua atual geração, o hatch sul-coreano traz ótimas opções de motores, como o 1.0 turbo de 120cv, além de um bom pacote tecnológico.

E 2021, foram 86.455 unidades emplacadas.

Fonte: Fenabrave

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.