Publicidade

Carros elétricos desvalorizam mais rápido que carros a combustão

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Dezembro de 2023 às 13h45

Link copiado!

Divulgação/Nissan
Divulgação/Nissan

O mercado de carros elétricos usados teve um “boom” no 1º semestre de 2023, mas isso não significa que o segmento esteja solidificado definitivamente no Brasil. Pelo menos foi isso o que mostrou um estudo recente da Mobiauto.

De acordo com a plataforma especializada em compra e venda, a desvalorização de um carro elétrico usado é até duas vezes maior do que a de um modelo tradicional, a combustão, ou de um híbrido.

A variação de preço média entre janeiro a outubro de 2023 foi de -16,28% no comparativo com o mesmo período de 2022. Esse número representa mais do que o dobro da desvalorização do mercado geral, que foi de -7,87%, e é quase duas vezes maior do que a registrada entre os carros híbridos, que foi de -8,78%.

Continua após a publicidade

Entre os fatores que colaboram para essa desvalorização merecem destaque a desconfiança em relação à durabilidade dos carros elétricos, em especial do sistema de baterias, e até mesmo a “concorrência” com modelos 0km, que vêm sendo lançados constantemente e com preços mais acessíveis.

Mercedes EQC é o que menos desvaloriza

O levantamento da Mobiauto também elencou quais são os carros elétricos usados que mais desvalorizam e também os que menos perdem valor no mercado de usados e seminovos.

Continua após a publicidade

Na ponta dos que menos desvalorizam está o Mercedes-Benz EQC 400 ano/modelo 2021. O modelo foi lançado por R$ 621.950,00 e, hoje, vale R$ 598.900,00, o que representa uma redução de apenas 3,71% em seu valor.

Logo na sequência vem o Porsche Taycan 2021, que desvalorizou somente 7,30%, passando dos R$ 868.140,00 da época em que foi lançado para R$ 804.763,33 da média atual de mercado.

No outro lado da tabela, o carro elétrico usado que mais sofreu com a desvalorização entre janeiro e outubro foi o Audi e-tron ano/modelo 2022, que custava R$ 770.900,00 e atualmente está avaliado em R$ 553.132,00, queda de 28,25%.

Continua após a publicidade
Top 5 carros elétricos que mais desvalorizaram
ModeloAnoPreço originalPreço atualDesvalorização
Audi e-tron2022R$ 770.900,00R$ 553.132,0028,25%
Nissan Leaf2021R$ 260.898,33R$ 199.990,0023,35%
Fiat 500e2022R$ 241.283,33R$ 186.658,5422,64%
Audi e-tron2021R$ 658.165,56R$ 514.405,0021,84%
JAC E-JS12022R$ 153.780,00R$ 126.205,0017,93%

Volvo é destaque entre híbridos

Entre os híbridos, o destaque positivo fica com o Volvo XC60 2022, que caiu somente 1,77% desde que foi lançado por R$ 405.860. Hoje, o SUV da marca sueca está valendo R$ 398.672,50, segundo o estudo da Mobiauto.

O híbrido que mais sofreu com a desvalorização no período foi o Lexus UX 250H 2021, que custava R$ 248.990,00, e hoje vale R$ 203.447,50, uma baixa de 18,29% no vaor desde seu lançamento.

Continua após a publicidade
Top 5 carros híbridos que mais desvalorizaram
Modelo AnoPreço originalPreço atualDesvalorização
Lexus UX 250H2021R$ 248.990,00R$ 203.447,5018,29%
Lexus NX 3002021R$ 343.237,14R$ 287.918,0016,12%
BMW X52022R$ 697.750,00R$ 612.086,2512,28%
Porsche Cayenne Coupé2021R$ 780.547,50R$ 695.233,3310,93%
Toyota Corolla2022R$ 181.349,64R$ 162.902,5710,17%

Fonte: Mobiauto