Publicidade

Review Audi e-Tron Sportback | O SUV que te faz um motorista melhor

Por| Editado por Jones Oliveira | 19 de Fevereiro de 2023 às 09h00

Link copiado!

Review Audi e-Tron Sportback | O SUV que te faz um motorista melhor
Review Audi e-Tron Sportback | O SUV que te faz um motorista melhor

Lançado em 2020, o Audi e-Tron foi o primeiro carro elétrico da montadora alemã. De lá para cá, a linha zero emissão foi expandida, com modelos esportivos e novas variantes desse mesmo carro, como o Audi e-Tron Sportback, versão coupé do SUV.

Com suas características tecnológicas e funcionais mantidas, o que diferencia o Audi e-Tron Sportback do seu irmão SUV “comum” é justamente o formato da carroceria, que lhe traz vantagens — e desvantagens — sensíveis.

E aí é que está a beleza desse carro — além da aparência. O funcionamento do e-Tron é amigável, seguro, inteligente e praticamente exige que nos reinventemos como motoristas para que a convivência seja a melhor possível com um veículo, seja ele elétrico ou não.

Continua após a publicidade

O Canaltech passou um bom período de testes com o Audi e-Tron Sportback e vai te contar em detalhes como foi a experiência.

Conectividade e Segurança

Nós tivemos a oportunidade de experimentar o Audi e-Tron em um breve período em 2020, auge da pandemia de covid-19. E tudo o que nos foi apresentado naquele momento pode ser confirmado com os quase 20 dias de permanência com a versão Sportback, que mantém as principais benesses em termos de equipamentos de segurança e tecnologia desse produto.

Continua após a publicidade

O Audi e-Tron Sportback é o topo da cadeia alimentar da Audi quando pensamos em tecnologia. O carro é repleto de recursos de auxílio ao condutor, proteção ativa e infotenimento. São tantos itens que a curva de aprendizado para o convívio com o carro é até mais alta do que se espera. Usuários não-iniciados podem ter dificuldades.

De todo modo, vamos ao que interessa: o que o Audi e-Tron Sportback nos oferece em termos tecnológicos? Comecemos pela segurança.

A unidade avaliada tinha todos os opcionais, sendo assim, ela estava equipada com alerta de colisão frontal com detecção de pedestres e ciclistas, frenagem automática de emergência dianteira e traseira, alerta de saída de faixa com correção ativa, alerta de ponto cego com sensor de tráfego cruzado traseiro, câmera 360º para manobras, câmera 3D com projeção gráfica, auxiliar de visão noturna com detecção de carros, pedestres e animais, piloto automático adaptativo com função stop & go, e o famoso retrovisor com câmera de alta definição.

Continua após a publicidade

Mas mais do que simplesmente listar o que o e-Tron tem de tecnológico, é necessário dizer como que essas tecnologias te ajudam a guiar e manobrar o carro. Aqui, estamos falando de um SUV de 4,90m de comprimento e 2,04m de largura e, naturalmente, a depender da vaga e da cidade que você morar, mesmo com todo esse aparato, a condução precisa ser bem atenta.

É bom dizer que tudo isso te ajuda no dia a dia. Há sensores por todos os lados e a câmera 360º, por exemplo, é sua maior aliada. Mas, a falta do retrovisor físico (que é opcional) e a instalação das câmeras, tira um pouco da referência de espaço lateral do veículo. Com o tempo, você se acostuma, mas é um ponto a ser destacado.

Já no trânsito, são outros quinhentos. As câmeras laterais que substituem os retrovisores te dão uma visão privilegiada do que está acontecendo nas demais faixas, mesmo à noite. A alta resolução permite, por exemplo, que eu enxergue até mais longe do que eu poderia conseguir se utilizasse os espelhos convencionais.

Continua após a publicidade

Na estrada, isso faz toda a diferença, pois conseguimos, por exemplo, prever que um “louco” estava vindo com seu Audi RS3 a 200 km/h na Rodovia Castello-Branco e não mudamos de faixa, tarde da noite. Detalhe: o outro veículo estava com os faróis apagados.

Algo que também nos chamou a atenção foi a forma como o assistente de condução noturna funciona. A depender da situação, principalmente em estradas com pouca ou nenhuma iluminação, esse recurso se mostra primordial, sobretudo para evitar atropelamentos de pequenos animais. Tudo é mostrado na tela do cluster digital e, na área externa, o próprio carro emite alertas para pedestres, por exemplo.

Conectividade limitada

Continua após a publicidade

Na parte de infotenimento, o Audi e-Tron Sportback não faz feio, mas há ressalvas. Há uma bela central multimídia, de alta resolução, aliada ao sistema de som assinado pela Bang & Olufsen, que deixa tudo bem interessante para ouvirmos nossas músicas e desfrutar das viagens. O espelhamento com Android Auto e Apple CarPlay é feito sem fio, super rápido e sem engasgos. Para completar, há carregamento de celular por indução, que deixa o telefone bem preso a ele, um dos melhores que já vimos.

Porém, o mercado premium, sobretudo de carros elétricos, evoluiu tanto, que a “idade” do projeto começa a aparecer no e-Tron. Nada, claro, que não possa ser corrigido com uma breve atualização.

O e-Tron não é conectado à internet e não possui um sistema de concierge robusto. Há, claro, a conexão com o Audi Connect Plug and Play, um serviço disponibilizado pela empresa e que pode funcionar como uma espécie de retrofit, já que modelos a partir de 2015 são compatíveis.

Continua após a publicidade

Entretanto, essa solução não é prática, já que nada pode ser feito do carro, por exemplo, e há a dependência do smartphone. O serviço é bom, te traz muitas informações de telemetria, mas tudo pode ser incrementado.

Itens de segurança e conectividade

Os itens de segurança e conectividade do Audi e-Tron Sportback são complementados pelos seis airbags, controles de estabilidade e tração, freios ABS com EBD, GPS nativo, sistema ISOFIX e cintos de segurança com pré-tensionamento ativo.

Experiência de uso e Conforto

Continua após a publicidade

Falar que um Audi anda muito é chover no molhado, ainda mais um modelo elétrico que dispõe de 408cv e 67,7 kgf/m de torque. Mas o importante de se destacar no convívio com o e-Tron Sportback é como ele pode ser da maneira que você bem entender, escancarando a inteligência do projeto e do sistema elétrico do veículo.

Há diferentes modos de condução no e-Tron, como um que privilegia a economia, outro que dá mais ênfase ao conforto e até um que deixa o carro extremamente agressivo. Em todos eles, uma coisa em comum: o sistema de regeneração de bateria impressiona, sendo o mais competente que já vimos no mercado, muito semelhante ao do Chevrolet Bolt EV.

As frenagens realmente recuperam energia e o freio motor funciona de maneira tão competente, que o gasto energético nem sempre era o sugerido pela distância nos trajetos. Chegamos a fazer uma viagem de 70km com gasto, no mostrador do carro, ser de somente 30km, com uma condução normal e no modo de eficiência (Efficiency). Nesse modo, aliás, o carro chega a ficar mais leve em dados momentos, como se estivesse na "banguela", no chamado roda livre.

Continua após a publicidade

Mesmo com tração integral, o Audi e-Tron Sportback separa bem a força de cada motor elétrico e cada eixo para que a distribuição seja a mais eficiente e inteligente possível. Logo, se você quiser sempre deixar o carro manso, pode fazê-lo sem culpa. Haverá economia de bateria.

A autonomia do SUV, segundo dados oficiais da Audi, é de 448km, mas com as novas normas do Inmetro, esse número foi para 246km. Em nossos testes, chegamos a rodar mais de 500km com uma única carga, prova da competência desse powertrain.

Lembrando que é possível regenerar energia pelos freios ou pelo sistema do próprio motor, acionado automaticamente ou pelas aletas atrás do volante.

Conforto acima da média

Continua após a publicidade

O e-Tron é, de longe, o Audi mais confortável que já tivemos a chance de entrar e testar. Seja pela suspensão pneumática adaptável, seja pelo espaço interno, o carro te abraça e pode ser, facilmente, o seu único modelo na garagem, funcionando para grandes famílias ou mesmo para um executivo entusiasta da eletrificação.

A dirigibilidade é algo que segue com o DNA da Audi, mesmo sendo um SUV elétrico. O e-Tron Sportback faz curvas extremamente seguras e o “handling” é semelhante a de modelos esportivos da marca. Isso sem falar na aceleração, que dispensa comentários. O 0 a 100 km/h oficial é de 5,3s.

Mas há, claro, mimos para tornar a experiência mais agradável. O ar condicionado é digital e quadrizone, ou seja, todos os setores do carro podem ser climatizados individualmente. Faltou, porém, a climatização dos bancos dianteiros, algo incomum em modelos premium.

Continua após a publicidade

O único “pênalti” que merece atenção redobrada aqui é com o tamanho do porta-malas. Tudo bem, são 555 litros e pode ser suficiente, mas é aquilo: ser um SUV coupé te traz mais estilo e até melhora na dinâmica, mas te tira algumas coisas. O espaço no bagageiro é uma.

Itens de conforto

Os itens de conforto do Audi e-Tron Sportback são generosos. Eles contemplam os retrovisores internos eletrocrômicos, ajustes elétricos dos bancos dianteiros, sensores crepusculares e de chuva, faróis matriciais adaptativos, chave presencial, sistema auto-hold, ajustes elétricos do volante, volante multifuncional, freio de estacionamento elétrico e automático, abertura elétrica do porta-malas, luzes de boas-vindas, e head up display.

Design e Acabamento

O Audi e-Tron Sportback é o que a Audi tem de melhor em luxo e sofisticação. O acabamento do SUV elétrico é primoroso, misturando elementos em couro, camurça, aço escovado e o popular soft-touch. Tudo muito bem pensado, com aspecto sóbrio, como um bom carro alemão.

Já no aspecto do design, o e-Tron encanta, mesmo sendo bem parecido com outros modelos da marca. Há, claro, a famosa grade frontal, mas o desenho do SUV, ainda mais na versão coupé, transparece um futurismo. As rodas em aro 21 também são espetáculo à parte.

Concorrentes

Em 2022, os concorrentes do Audi e-Tron já são mais numerosos (mas nem tanto). Podemos citar o BMW iX3 como seu rival mais direto, mas se quisermos levar em conta o porte e nível de equipamentos, não seria errado colocar o BMW iX na briga.

Clientes de modelos da Volvo, como o XC40 Pure Electric e da Mercedes-Benz, com o EQC, também podem se interessar. Os preços desses carros variam entre R$ 420 mil a R$ 900 mil.

Audi e-Tron Sportback: Vale a pena?

O Audi e-Tron Sportback está na vanguarda dos carros elétricos e, mesmo sendo um projeto um pouco mais antigo, segue em destaque como um dos mais competentes veículos elétricos do mercado brasileiro.

Apesar de ser bem potente e tecnológico, a relação com esse modelo pode ser da maneira que você quiser, da mais casual, visando conforto e economia de energia, até a mais agressiva, despejando os 408cv com torque imediato.

De todo modo, a relação com os carros elétricos transforma a maneira como encaramos o trânsito e a vida no tráfego diário. E é essa a lição que, talvez, nós tiremos da vida com o e-Tron. No fim das contas, ele te transforma em um motorista melhor.

O Audi e-Tron Sportback pode ser encontrado em todo o Brasil por preços a partir de R$ 628.990, mas como a avaliada pelo Canaltech sai por R$ 686 mil.

No Canaltech, o Audi e-Tron Sportback foi avaliado graças a uma unidade gentilmente cedida pela Audi do Brasil.