Mercedes anuncia seu primeiro SUV 100% elétrico; Canaltech viu de perto

Por Felipe Ribeiro | 12 de Fevereiro de 2020 às 09h19
Malagrine Estúdio

A Mercedes-Benz entrou de vez no mercado de carros eletrificados. Em evento realizado na manhã desta terça-feira (11) em São Paulo, o Mercedes-Benz EQ Electric Intelligence, a montadora alemã mostrou seu primeiro SUV 100% elétrico, o EQC 400 4Matic, que chega ao Brasil a partir de junho por R$ 478 mil (versão única), com encomendas já sendo aceitas pela empresa a partir de agora.

Além do SUV, a empresa apresentou outros modelos sob a bandeira EQ, que é seu guarda-chuva para os carros eletrificados. Entre as novidades, estiveram expostos os esportivos Mercedes-AMG CLS 53, que conta com motorização híbrida espelhada nos carros da Fórmula 1, e o Concept EQA, carro-conceito que será lançado em 2021, totalmente elétrico, e que inaugurará o segmento de compactos eletrificados da Mercedes.

Luxo, potência e sustentabilidade

O Mercedes-Benz EQC 400 4MATIC conta com dois motores elétricos posicionados nos eixos dianteiro e traseiro, com uma potência combinada equivalente a 408cv e incríveis 76 kgf/m imediatos, o que lhe proporciona fazer de 0 a 100km/h em apenas 5,1 segundos. Por ser um carro com tração integral, isso também o ajuda na agilidade e em manobras de maior grau de dificuldade.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Como atrativo para os compradores, a montadora fez uma parceria com a Enel X para oferecer um pacote de energia que disponibiliza um wallbox instalado com aplicativo exclusivo e um ano de energia gratuita, o que fez com que a empresa se tornasse a primeira a oferecer um pacote completo de serviços para esse tipo de carro, como garantia estendida de três anos, incluindo manutenção pelo mesmo período. A bateria de íons de lítio, com potência de 80kWh, tem garantia de oito anos.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Ao entrar na cabine, percebe-se que a empresa não mediu esforços para garantir o luxo e conforto característicos da marca. O SUV é altamente conectado e é dotado de um sistema de infotenimento de qualidade, com uma tela enorme em seu painel que exibe todas as informações necessárias ao condutor, som com qualidade profissional, aquecimento dos bancos, iluminação personalizada e acabamento diferenciado.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Segundo a Mercedes, o EQC 400 Matic foi inspirado no SUV já existente da marca e que ganhou nova versão no mesmo evento desta terça-feira (11), o GLE 400d 4Matic. O ciclo de produção de um carro da marca dura, em média, quatro anos, mas, pelo fato de o EQC fazer uso de uma base já pronta e modificar em torno de 70% dela, o tempo de configuração e finalização do projeto foi de apenas dois anos.

Para completar as informações divulgadas, a Mercedes garantiu que a autonomia do SUV elétrico, com todas as suas funções ligadas, é de em torno de 450 quilômetros.

O futuro é logo ali

O Mercedes-Benz Concept EQA é o primeiro veículo conceitual totalmente elétrico da marca no segmento de compactos. Equipado com dois motores elétricos, o modelo oferece um sistema de partida que pode chegar a 270cv graças ao sistema de escapamento das baterias e a tração permanente nas quatro rodas que proporciona um desempenho dinâmico. Com uma tecnologia avançada, o veículo alcança cerca de 400 quilômetros.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

No design, segundo a Mercedes, o Concept EQA é um exemplo da evolução da linguagem do conceito Sensual Purity, com as linhas sendo significativamente reduzidas e o painel atuando como uma grade de radiador virtual, cuja aparência muda de acordo com o programa de acionamento. Produzido com fibras a laser, o conceito conta com um design luminoso em forma de espiral que sublinha todo o veículo.

De acordo com a montadora, o EQA deve chegar ao mercado em 2021.

Inspirado na Fórmula 1

Outra novidade da Mercedes no evento foi a aparição do Mercedes-AMG CLS 53, o esportivo que carrega alguns conceitos interessantes trabalhados pela montadora. Equipado com o motor 53 3.0 que despeja 435cv, o sedã grande tem desempenho melhorado graças à ajuda de um compressor elétrico auxiliar, muito parecido com o que a empresa usa em seus carros de Fórmula 1.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

O AMG CLS 53 está inserido no contexto EQ Boost, ou seja, ele conta com eletrificação para garantir mais potência e chegada imediata do torque, que não é pouco, diga-se de passagem: 77 kgf/m.

Em seus equipamentos internos, destaque para o sistema de infontenimento de 10 polegadas que está equipado com a inteligência artificial "Hey, Mercedes", que também conta com o touchpad para ordens por escrito e que controla todas as demais funções do veículo. Isso sem falar, claro, no acabamento e itens de conforto de série.

O AMG CLS 53 pode ser adquirido por R$ 644 mil em versão única.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.