Windows 11 terá suporte nativo a aplicativos de Android

Windows 11 terá suporte nativo a aplicativos de Android

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Junho de 2021 às 14h15
Divulgação/Microsoft

Adeus, emuladores de Android! Pelo menos é esse o recado que a Microsoft deu durante o evento de apresentação do novo Windows 11, realizado nesta quinta-feira (24). A companhia vai oferecer suporte nativo aos aplicativos liberados para os dispositivos mobile diretamente na nova Microsoft Store. Esse era um rumor que ganhou fôlego nos últimos dias, mas que ninguém tinha certeza se viraria realidade.

Segundo a gigante do software, foi feita uma parceria com a Amazon Appstore para trazer esses aplicativos diretamente para o novo sistema, tudo graças à tecnologia Intel Bridge. Eles poderão ser fixados na barra de tarefas ou ajustados como um programa tradicional do Windows.

O TikTok é um dos apps do Android que vai rodar direto no Windows (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Na apresentação de hoje, foi mostrado o TikTok rodando no Windows 11, mas também deu para ver Kindle Reader, Uber, Snapchat, Disney+, Minecraft e outros compatíveis com a loja virtual da Amazon. Possivelmente, tudo o que existe por lá deve funcionar corretamente no Windows.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Existem vários apps de celular com versões para desktops ou para rodar em navegadores, porém, em geral, eles não têm todos os recursos ou então carecem de usabilidade. Um exemplo é o Instagram: ele permite ler o feed de notícias, mas deixa a desejar nas ferramentas para confecção de stories ou dos Reels.

O objetivo da Microsoft certamente é rivalizar com a Apple e a sua proposta de execução dos aplicativos iOS no macOS. Com isso, os sistemas de mesa também se repartem entre Google e a Maçã, igual no mobile.

Ainda não está claro se isso será um recurso para todos com o novo sistema instalado ou se haverá algum tipo de limitação de hardware. O que se sabe é que essa foi uma das novidades que realmente empolgaram na apresentação.

Como ocorrerá a execução?

Muitos desenvolvedores ficaram se perguntando como o Windows conseguiria rodar os apps de forma eficaz em um sistema com arquitetura diferente. Em razão disso, a companhia trouxe alguns detalhes para esclarecer. O gerente de programa da Microsoft para WSL confirmou que haverá um subsistema específico para isso, o Windows Subsystem for Android.

Os aplicativos serão executados em uma máquina virtual, com suporte para voz, caneta stylus e rede Bluetooth. Os binários ARM serão executados por meio da Intel Bridge, mas os desenvolvedores deverão enviar os arquivos APK universais para a loja.

Qual aplicativo Android vai ser mais utilizado por você no Windows 11? Comente e deixe suas impressões.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.