Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

5 motivos para NÃO usar o WhatsApp Plus

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Setembro de 2023 às 12h00

Link copiado!

Reprodução/WhatsApp Plus
Reprodução/WhatsApp Plus
Tudo sobre WhatsApp

Também conhecido como “WhatsApp azul”, o WhatsApp Plus é uma das  alternativas mais buscadas para uso do app de mensagens. A promessa de recursos não disponíveis na versão oficial, entretanto, vem com um preço que pode ser alto, expondo o usuário a riscos de segurança e banimento.

O que é o WhatsApp Plus?

O WhatsApp Plus é uma versão modificada do popular mensageiro, com recursos extras que não estão disponíveis oficialmente. É o caso, por exemplo, do uso de temas para alterar a aparência do aplicativo ou a possibilidade de ter duas contas em um mesmo celular.

Continua após a publicidade

No principal site usado para download do WhatsApp Plus, ele é descrito como uma alternativa para quem considera a versão oficial restrita demais. Entretanto, boa parte de seus recursos já estão disponíveis no app legítimo, como o maior controle de notificações de leitura e status online, os pacotes de figurinhas e a realização de backups automáticos na nuvem.

5 motivos para não usar o WhatsApp Plus

Tudo seria ótimo, não fossem os riscos de segurança e privacidade envolvidos no uso de uma versão alternativa do WhatsApp. Nesta lista, indicamos alguns motivos para permanecer com o app oficial e evitar soluções de terceiros, que podem gerar até banimento.

5. Download em sites suspeitos

Com funcionamento similar a WhatsApp GB e NS WhatsApp, o WhatsApp Plus é basicamente uma modificação do aplicativo da Meta. Por não ser certificado pela dona do Zap, entretanto, ele não está disponível para download em lojas legítimas, como a Play Store, obrigando o usuário a acessar sites não oficiais para instalar o app.

Sem as devidas proteções, o usuário pode acabar baixando vírus para o celular junto com o tal “WhatsApp Azul”. Tais malwares podem roubar dados pessoais e bancários, exibirem propagandas indevidas no smartphone ou inscrever o usuário em serviços pagos por assinatura, sem autorização.

Continua após a publicidade

A recomendação de segurança, aliás, vale tanto para o WhatsApp Plus quanto qualquer outro APK para Android. O ideal é evitar o download de soluções que estejam fora da Google Play Store ou das lojas das fabricantes de smartphones, nem mesmo clicando em links que levem a sites alternativos.

4. Não é um aplicativo oficial

Em seu site oficial, o WhatsApp deixa claro que qualquer aplicativo de terceiros deve ser considerado falso. Além disso, eles representam violações dos termos de serviço da plataforma, enquanto não possuem as medidas de segurança aplicadas em sua versão legítima.

Continua após a publicidade

É por isso, também, que aplicativos como o WhatsApp Plus não estão disponíveis em lojas oficiais do Android. Eles também não recebem nenhum tipo de suporte da Meta, como atualizações ou suporte técnico em caso de problemas de funcionamento, com o usuário estando sob sua conta e risco durante toda a utilização.

3. Falta de criptografia

As conversas entre usuários do WhatsApp usam criptografia de ponta a ponta, um recurso de segurança que garante que textos, arquivos, vídeos e chamadas sejam protegidas. Somente os envolvidos têm acesso à comunicação, mas essa proteção é quebrada na utilização de aplicativos de terceiros.

Continua após a publicidade

As mensagens trocadas pelo WhatsApp Plus podem passar pelos servidores dos desenvolvedores da modificação antes de chegarem ao destino, abrindo uma grande brecha para espionagem. Sem as proteções devidas, as conversas podem ser interceptadas por cibercriminosos ou vazarem na internet caso sejam armazenadas em servidores, sem que os usuários possam fazer nada sobre isso.

2. Riscos de privacidade

Os perigos também podem ir além da falta de criptografia nas mensagens. Para funcionar, o WhatsApp Plus também pede permissão para acesso a outros recursos do celular, como localização, câmeras e microfones, que também podem servir para coleta de dados e invasão da privacidade dos usuários.

O risco não termina aí. Caso estejam infectados com malware, os aplicativos que tiverem tais permissões também podem espionar os usuários, roubar senhas salvas no celular ou acessar fotos e vídeos da galeria sem permissão, expondo as pessoas a golpes e fraudes online.

Continua após a publicidade

Nos casos em que a modificação do WhatsApp incluir backups na nuvem, os arquivos ficam hospedados diretamente em servidores sob o controle dos desenvolvedores. Novamente, fora de uma solução legítima, não há garantia de segurança total, com os usuários ficando sob risco de vazamentos ou comprometimentos sem que possam fazer nada a respeito.

1. Você pode ser banido do WhatsApp

Voltamos mais uma vez aos termos de uso do WhatsApp para apontar outra consequência negativa de usar apps de terceiros. A Meta deixa claro: os usuários podem ter a conta bloqueada por utilizarem tais softwares, que não são autorizados pela companhia.

Continua após a publicidade

Trata-se de uma violação dos termos de serviço do aplicativo, que quando detectada, deve gerar uma suspensão temporária. A recomendação, neste caso, é a troca para a versão legítima do WhatsApp, caso contrário, o banimento pode ser permanente, algo que envolve não apenas a perda do acesso à conta em si, mas também às mensagens e arquivos trocados entre os contatos.