Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Migração do Windows 10 para o 11 continuou tímida em 2023

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Janeiro de 2024 às 10h55

Link copiado!

Windows/Unsplash
Windows/Unsplash
Tudo sobre Microsoft

O Windows 10 ainda lidera com sobras a lista de sistemas operacionais mais usados nos PCs em todo o mundo. O SO, lançado em 2015, terminou o ano de 2023 instalado em 67,42% dos computadores, de acordo com dados atualizados do site StatCounter — o Windows 11, por sua vez, ocupou uma fatia de mercado de 26,54% dos dispositivos. 

Ao analisar o desempenho durante todo o ano passado, o Windows 10 teve uma leve queda, mas seguiu estável: começou presente em 68,86% dos PCs em janeiro e terminou com 67,42%. O Windows 11, lançado em 2021, mostrou sinais de crescimento, mas ainda está longe de alcançar o antecessor em termos de popularidade: o sistema entrou em janeiro com uma cota de 18,12% e saltou para 26,54% em dezembro.

O gráfico ainda revela fatos curiosos: o Windows 10 teve um salto em popularidade em fevereiro, com o fim da compatibilidade para as versões 7 e 8.1 — os usuários das versões mais antigas não migraram diretamente para a solução mais recente da Microsoft e optaram pela opção anterior, provavelmente por conta dos requisitos de instalação.

Continua após a publicidade

Além disso, o maior momento em que o Windows 11 conseguiu tirar usuários da versão antecessor foi entre setembro e outubro, época do lançamento da IA generativa do Copilot para os computadores

Possíveis explicações

Alguns motivos podem explicar o domínio do Windows 10, como os requisitos de instalação: algumas exigências para o uso do Windows 11 não podem ser atendidas por computadores mais antigos, então muitas pessoas abrem mão da atualização. É o caso do componente TPM 2.0, que gerou muitos problemas de incompatibilidade na hora da migração. 

Continua após a publicidade

A versão do Windows lançada em 2015 ainda é instalada de forma padrão em vários computadores profissionais, o que já dificulta a chance de download nesses casos, e possui suporte garantido até 2025. A falta de muitos recursos exclusivos no Windows 11 também pode ser um fator importante na decisão — vale lembrar que o Copilot, que poderia ser o grande destaque do SO, também ganhou uma versão para Windows 10.

Windows 10, 11 e 12?

Existe a chance da Microsoft possuir três sistemas operacionais ativos em 2024: rumores apontam para a chegada do Windows 12 (suposto nome para a nova versão do SO com base nos últimos lançamentos da empresa) durante o ano. A nova atualização teria grande foco em IA, e o anúncio de uma tecla dedicada ao Copilot nos teclados pode ser um sinal da nova era nos PCs.

Caso o lançamento realmente aconteça, a Gigante de Redmond teria um novo desafio: garantir a migração para uma versão ainda mais nova, mesmo sem superar os obstáculos do salto para o Windows 11. Uma possível solução seria a chegada de uma variante do Windows 12 que funciona na nuvem, ideal para dispositivos com potencial limitado de hardware.

Continua após a publicidade

Fonte: StatCounter