Xiaomi Mix 5 tem recarga de 200 W reforçada

Xiaomi Mix 5 tem recarga de 200 W reforçada

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 10 de Novembro de 2021 às 11h20
YouTube

As fabricantes chinesas não têm negado carregamento rápido aos seus celulares: é visível como mesmo intermediários delas conseguem superar tops de linha de marcas mais tradicionais atualmente. Há um desafio para a preservação da vida útil da bateria, mas que vem sendo superado com a adoção de tecnologias preventivas.

A Xiaomi é uma que se destaca nessa área, já tendo aparelho comercial carregando a 120 W mesmo no nicho intermediário com o recém-lançado Redmi Note 11 Pro Plus. Porém, isso deve ser ultrapassado em breve — e spoiler: não será pela linha Xiaomi 12.

XIaomi Mix 4 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Segundo o insider Digital Chat Station, a empresa se prepara para até o final do ano oficializar um flagship com suporte a possíveis 200 W. De acordo com o planejamento da empresa, este deverá ser o Xiaomi Mix 5.

Não seria tão surpreendente assim: essa linha de celulares sempre focou em experimentação. O Mi Mix 3, por exemplo, ofereceu câmeras em sistema slider para entregar corpo todo tela antes da invenção das câmeras sob o display. Já o Xiaomi Mix 4 se destacou por conseguir avançar e esconder a câmera na tela — oferecendo ainda carregamento de 120 W.

Os detalhes do smartphone ainda são escassos, mas tipicamente ele é um flagship. O Mix 4 trouxe o Snapdragon 888 Plus e sistema robusto de câmeras, incluindo lente principal de 108 MP e telefoto com 5x de alcance óptico.

Havia, ainda, tela de 6,67 polegadas com resolução Full HD, taxa de atualização de 120 Hz, suporte a 1 bilhão de cores, HDR10+ e tecnologia Dolby Vision.

Se chegar mesmo com suporte a 200 W de carregamento, o Xiaomi Mix 5 deve completar sua carga em menos de 10 minutos — enquanto mesmo os modelos mais avançados atualmente precisam de algo em torno de 30 minutos.

Loop LiquidCool

Vale lembrar que a Xiaomi acaba de anunciar uma tecnologia para resfriamento otimizado dos seus aparelhos. Com engenharia aeroespacial que inclui válvulas da Tesla, um teste preliminar conseguiu resfriar um celular com 5º C a mais de eficiência que os atuais componentes de otimização termal da empresa.

Essa é uma preocupação muito válida, já que carregamento insanamente rápido tende a esquentar a bateria, e consequentemente, o smartphone. Resta saber se o sistema Loop LiquidCool será usado no Xiaomi Mix 5.

Fonte: MyDrivers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.