Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Xiaomi CIVI 3 estreia como primeiro da linha com chip MediaTek

Por| Editado por Wallace Moté | 25 de Maio de 2023 às 10h19

Link copiado!

Divulgação/Xiaomi
Divulgação/Xiaomi
Tudo sobre Xiaomi

Como havia confirmado em teasers divulgados nos últimos dias, a Xiaomi lançou nesta quinta-feira (15) o Xiaomi CIVI 3, novo intermediário premium focado em design. Além do visual repaginado, o dispositivo chama atenção por ser o primeiro da família CIVI a utilizar um processador da MediaTek, bem como pelo conjunto de câmeras frontais, um dos únicos entre todos os celulares da marca a ser capaz de gravar vídeos em 4K.

No coração do CIVI 3 está uma das principais novidades, o chip MediaTek Dimensity 8200-Ultra. Parceria entre a Xiaomi e a MediaTek, o componente é uma versão otimizada do 8200 tradicional, tendo performance aprimorada e melhor integração com os algoritmos de câmera para entregar desempenho que, segundo as companhias, ultrapassaria os 900 mil pontos no AnTuTu — colocando-o no patamar de processadores premium do ano passado — e entregaria HDR turbinado em fotografia.

A plataforma é acompanhada de 12 GB ou 16 GB de RAM LPDDR5 e 256 GB, 512 GB ou 1 TB de armazenamento UFS 3.1, simbolizando um upgrade considerável de memória frente às gerações anteriores, e uma boa vantagem no segmento intermediário. Como tem sido o costume de telefones mais avançados, não é possível expandir o armazenamento com cartões MicroSD.

Continua após a publicidade

Outro ponto forte, a tela traz um painel OLED de 6,55 polegadas, com resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels e taxa de atualização de 120 Hz. Há escurecimento PWM de 1.920 Hz, para impedir a sensação de mal estar quando o brilho está baixo, e suporte a HDR com HDR10+ e Dolby Vision, que garantiriam picos de brilho de até 1.500 nits. Também se destaca a profundidade de cor de 12-bit — a maior parte dos displays modernos suportam apenas 10-bit.

O aspecto mais importante do CIVI 3 é seu conjunto de câmeras, especialmente o frontal, que segue a tradição da linha de contar com duas lentes abrigadas em um entalhe em formato de pílula. Ambas são de 32 MP, mas são divididas em uma principal com recorte digital de 2x e uma ultrawide com campo de visão de 100°. Mais interessante é que este é um dos únicos aparelhos da Xiaomi a suportar vídeos em 4K nas câmeras de selfie.

Na traseira, o lançamento não impressiona, mas é robusto: temos sensor principal Sony IMX800 de 50 MP com abertura de f/1.77 e estabilização óptica (OIS), ultrawide de 8 MP com abertura de f/2.2 e campo de visão de 120°, e uma macro de 2 MP.

A Xiaomi também deu atenção especial ao design, um dos principais elementos da família. O CIVI 3 possui apenas 7,6 mm de espessura e apresenta um visual repaginado que não reinventa a roda, mas é bastante próprio.

Com curvaturas por todos os lados, o dispositivo possui módulo de câmeras enfeitado por um aro de metal e tampa com uma seleção de cores especiais, de duplo acabamento. Selecionada junto ao escritório de tendências WGSN, as tonalidades oferecidas incluem Adventure Gold (dourado), Mint Green (verde), Rose Purple (roxo) e Coconut Grey (cinza, único sem acabamento de tons duplos).

Continua após a publicidade

A bateria é razoável para os padrões atuais, com 4.500 mAh de capacidade, e conta com carregamento rápido de 67 W — o tanque de tamanho mais modesto brilha nesse aspecto ao ser totalmente carregado em apenas 38 minutos, conforme promete a Xiaomi. Como a maioria dos rivais, não há recarga sem fio por aqui.

Fechando o pacote, o lançamento conta com conectividade 5G, Wi-Fi 6, NFC, Bluetooth 5.3, sistema de som estéreo com Dolby Atmos, leitor de digitais óptico sob a tela, sensor infravermelho para controlar outros dispositivos e Android 13 de fábrica, rodando sob a MIUI 14.

Preço e disponibilidade

O Xiaomi CIVI 3 já está à venda na China com os seguintes preços sugeridos:

Continua após a publicidade
  • 12 GB/256 GB — 2,499 yuan (~R$ 1.755);
  • 12 GB/512 GB — 2,699 yuan (~R$ 1.895);
  • 16 GB/1 TB — 2,999 yuan (~R$ 2.105).

Apesar da linha CIVI não ser disponibilizada no mercado global, os modelos que a compõem costumam chegar a outras regiões, inclusive o Brasil, em versões renomeadas — esse foi o caso do CIVI 2, por exemplo, que se tornou Xiaomi 13 Lite.

Assim sendo, a expectativa é que o CIVI 3 transforme-se em uma nova variante do 13 Lite, ou ainda em algo novo, como o possível Redmi Note 12T Pro, que parece trazer a mesma ficha técnica de acordo com os vazamentos.

Xiaomi CIVI 3: ficha técnica

Continua após a publicidade
  • Tela: OLED de 6,55 polegadas com resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, escurecimento PWM de 1.920 Hz, HDR com HDR10+ e Dolby Vision, profundidade de cor de 12-bit, pico de brilho de 1.500 nits;
  • Processador: MediaTek Dimensity 8200-Ultra;
  • Memória RAM: 12 GB ou 16 GB LPDDR5;
  • Armazenamento: 256 GB, 512 GB ou 1 TB UFS 3.1;
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.77, OIS) + 8 MP (Ultrawide, f/2.2, campo de visão de 120°) + 2 MP (Macro, f/2.4);
  • Câmera frontal: 32 MP (Principal, f/2.0, zoom digital de 2x) + 32 MP (Ultrawide, f/2.4, campo de visão de 100°);
  • Dimensões: 158,7 x 71,7 x 7,6 mm;
  • Peso: 174 g;
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 67 W;
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.3, NFC, certificação IP68, leitor biométrico sob a tela, sensor infravermelho, alto-falante estéreo com Dolby Atmos;
  • Cores disponíveis: cinza, verde, dourado e roxo;
  • Sistema operacional: Android 13, sob a MIUI 14.

Fonte: Xiaomi, via Xiaomiui