Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Xiaomi e DJI têm interesse na divisão de chips da OPPO

Por| Editado por Wallace Moté | 19 de Maio de 2023 às 11h01

Link copiado!

OPPO
OPPO
Tudo sobre Xiaomi

Alguns dias atrás, surgiram relatos de que a Oppo fecharia a sua fábrica de Zeku, responsável pela produção de componentes MariSilicon proprietários da marca. Agora, novas informações apontam que empresas já estão interessadas em adquirir essa estrutura, incluindo a Xiaomi e a DJI.

Assim como a OPPO, a Xiaomi já teria planos relacionados ao desenvolvimento de um processador próprio, para substituir as plataformas Qualcomm ou MediaTek em seus novos dispositivos móveis. Tal tentativa já foi feita há anos com o Surge S1, apresentado em 2017 com o Mi 5c.

Continua após a publicidade

Contudo, a linha Surge S não vingou, e um chip S2 sequer foi oficializado. Depois disso a empresa realizou investimentos em componentes voltados para tarefas específicas, como é o caso do Surge P1 pensado para aumentar a eficiência do carregamento rápido em celulares.

Por sua vez, a DJI estaria mais interessada em componentes de processamento de imagem (ISP), o que faz sentido considerando que se trata de uma empresa especializada em drones e outros produtos para produção de conteúdo audiovisual. Portanto, a marca poderia aproveitar diversas soluções implementadas no MariSilicon X, chip produzido em Zeku com foco na otimização de fotos e vídeos capturados em aparelhos da OPPO.

De acordo com fontes da imprensa asiática, a DJI teria até mesmo aberto um grupo no WeChat — aplicativo de mensagens popular na China — com funcionários de Zeku. Estima-se que a planta tinha cerca de 3 mil funcionários, mandados embora de forma abrupta.

Xiaomi e DJI podem ampliar opções de produtos

Ambas as marcas podem aproveitar a suposta aquisição de Zeku para expandir suas opções de produtos e serviços. A Xiaomi, por exemplo, tem planos de lançar seu primeiro carro elétrico até o ano de 2024, de acordo com rumores anteriores.

Em geral, a marca já é conhecida por ter uma ampla variedade de itens em seu portfólio. Além dos smartphones e mais dispositivos móveis, a companhia já oferece muitos itens para casas inteligentes, eletrodomésticos, entre outras soluções diversas.

A DJI também pode chegar com mais investimentos no setor automotivo, e trazer novas tecnologias em robótica. Além dos drones, a empresa também produz estabilizadores, câmeras de ação e mais.

Continua após a publicidade

Nenhuma das empresas fez qualquer declaração oficial em relação a Zeku, e a concretização de uma negociação deste patamar pode levar alguns meses para acontecer.

Fonte: via Gizchina