Publicidade

OPPO promete dedicação aos celulares dobráveis após rumores de saída

Por| Editado por Wallace Moté | 21 de Fevereiro de 2024 às 11h40

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/OPPO)
(Imagem: Reprodução/OPPO)
Tudo sobre Oppo

Após rumores terem apontado que a OPPO poderia desistir do mercado de celulares dobráveis, a companhia afirmou oficialmente que se manterá dedicada a este tipo de produto. A declaração foi dada ao portal GSMArena, por meio de um porta-voz.

“A dedicação da OPPO ao desenvolvimento contínuo das tecnologias de celulares dobráveis permanece inalterada. Fiquem atentos às nossas atualizações e anúncios oficiais.”

Os rumores prévios apontavam que a OPPO teria a intenção de desistir dos dobráveis, diante de um mercado que ainda se mostra bastante concentrado nos dispositivos da Samsung a nível global. 

Continua após a publicidade

Contudo, as fontes não fazem parte de um grupo considerado confiável de vazadores, e por isso as informações não foram tomadas como uma verdade absoluta. 

Além disso, a OPPO ganhou uma parcela razoável de público entre dobráveis na China, um mercado bastante amplo e competitivo. De acordo com dados da Counterpoint Research, 27% dos celulares de tela flexível vendidos em território chinês no início do ano passado foram da empresa, que ficou empatada com a Huawei na liderança.

A linha de celulares dobráveis da OPPO foi atualizada pela última vez com os modelos Find N3 e Find N3 Flip, que ganharam disponibilidade global em outubro do ano passado — o dobrável compacto chegou ao México esta semana, mas ainda não tem previsão de venda no Brasil. Os smartphones ambicionam rivalizar com as linhas Galaxy Z Fold 5 e Z Flip 5 da Samsung, entre outros aparelhos dobráveis vendidos por empresas como a Motorola, Honor e mais. 

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Além disso, a OnePlusanunciou o Open como seu primeiro celular dobrável no ano passado, com características praticamente iguais ao Find N3. As duas empresas fazem parte do mesmo grupo, e por isso compartilham diversas tecnologias em diferentes frentes. 

Já a Vivo Mobile, que também foi citada nos rumores iniciais apontando a saída do mercado de dobráveis, ainda não fez declarações oficiais sobre o tema. Neste caso, a parcela de mercado da empresa é menor, inclusive em comparação com a própria OPPO. 

Fonte: GSMArena