Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que muda do Realme 11 Pro Plus para o Realme 12 Pro Plus?

Por| Editado por Wallace Moté | 30 de Janeiro de 2024 às 17h57

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/Realme)
(Imagem: Reprodução/Realme)
Realme 12 Pro Plus

Após ter divulgado diversos teasers e outros conteúdos em suas redes sociais, a Realme oficializou a linha Realme 12 Pro na última segunda-feira (29). A versão Plus também foi anunciada, com diversas mudanças que incluem aspectos como desempenho, câmeras e mais. 

Afinal, o aparelho ganhou o processador Snapdragon 7s Gen 2 como principal componente de desempenho, substituindo o MediaTek Dimensity 7050 presente na geração anterior. A nova plataforma se destaca por ter uma litografia de 4 nanômetros, contra os 6 nanômetros do modelo do ano passado. 

Continua após a publicidade

A medida faz referência (de forma nem sempre precisa) ao tamanho dos transistores presentes em um processador, em que um número menor permite a presença de mais transistores na plataforma. Na prática, isso significa que o novo chip entrega mais performance, além de prometer maior economia de energia.

Testes de desempenho já mostraram que o Snapdragon 7s Gen 2 pode entregar performance de processamento cerca de 26% mais rápida na CPU, mas as renderizações gráficas estariam 10% mais lentas em comparação com o Dimensity 7050. Contudo, estes resultados podem variar de acordo com o modelo testado nos benchmarks. 

Quando o Realme 11 Pro Plus passou pela análise do Canaltech, o desempenho foi destacado como um dos pontos positivos do aparelho, e assim sendo, a expectativa é que tenhamos mais performance com o Realme 12 Pro Plus

Realme 12 Pro Plus ganhou novas câmeras

Outra mudança importante do Realme 12 Pro Plus está no conjunto de câmeras, já que o novo modelo troca o sensor de 200 MP do antecessor por um novo componente de 50 MP.

Mesmo que seja uma redução na resolução máxima, a marca promete performance superior, capaz de rivalizar com modelos mais caros por meio do sensor Sony IMX890. Trata-se do mesmo componente já visto no OnePlus 12, aparelho apresentado recentemente como o novo topo de linha da marca. 

Continua após a publicidade

A chegada de uma câmera telefoto periscópio também é uma novidade importante, que não estava presente no Realme 11 Pro Plus. Embarcada com um sensor Omnivision OV64B de 64 MP, a nova lente é capaz de realizar aproximações ópticas de 3x. 

Por sua vez, a câmera ultrawide manteve um sensor de 8 MP, enquanto a frontal permanece com componente de 32 MP para selfies e chamadas de vídeo. 

Mudanças menores

Além das principais novidades, como a chegada do novo processador e câmeras atualizadas, o Realme 12 Pro Plus ainda trouxe alterações mais pontuais:

Continua após a publicidade

Celular já pode ser comprado no Brasil

A Realme já iniciou a pré-venda do seu novo celular intermediário no Brasil, com preço oficial de R$ 2.999 para o modelo com 512 GB de armazenamento interno — espera-se que o valor suba para R$ 3.999 após esse período. Os 100 primeiros compradores ainda ganharão um fone Realme Buds T100 como brinde.