Publicidade

MediaTek Dimensity 7050 estreia como velho conhecido com novo nome

Por| Editado por Wallace Moté | 02 de Maio de 2023 às 13h32

Link copiado!

Divulgação/MediaTek
Divulgação/MediaTek
Tudo sobre MediaTek

Sem alarde, a MediaTek apresentou nesta semana o Dimensity 7050, "novo" processador da companhia voltado para smartphones mais básicos que ainda oferecem recursos encorpados. O componente, na verdade, não é exatamente uma novidade: trata-se de uma versão renomeada do Dimensity 1080, chipset revelado em outubro de 2022 que curiosamente já era uma variante do Dimensity 920 com novo nome, mas trazendo uma leve melhoria em câmeras — algo que não acontece dessa vez.

Fabricado no processo N6 da classe de 6 nm da TSMC, o Dimensity 7050 é embarcado com uma ficha técnica robusta, incluindo CPU de 8 núcleos e GPU Mali-G68 MC4 de 4 núcleos. A solução traz configuração de 2 + 6, sendo 2 núcleos Cortex-A78 de alto desempenho rodando a 2,6 GHz e 6 Cortex-A55 de alta eficiência trabalhando a 2,0 GHz. Há suporte a RAM LPDDR5, além de armazenamento UFS 3.1, bem como conectividade 5G Dual SIM Dual Standby (DSDS), Bluetooth 5.2 e Wi-Fi 6.

Continua após a publicidade

Um dos pontos altos da plataforma é a compatibilidade com câmeras de 200 MP, o que deve fortalecer ainda mais a presença de sensores com a alta resolução em celulares intermediários mais simples. Além disso, o componente permite a gravação de vídeos em 4K a 30 FPS, outra característica de peso que ainda é mais comum nos celulares mais caros. O restante das especificações não traz surpresas: compatibilidade com telas Full HD+ a até 120 Hz, otimizações de bateria e games, conversão de conteúdo para HDR e mais.

Leitores mais atentos vão perceber que não há qualquer novidade em comparação ao Dimensity 1080, ponto um tanto desanimador considerando a mudança numérica, e que se agrava quando lembramos que, mesmo também sendo uma variante renomeada, o 1080 ao menos foi responsável por introduzir as câmeras de 200 MP no segmento básico. A situação pode justificar o anúncio silencioso, e parece ter um objetivo claro: realinhar o sistema de nomes da companhia.

Continua após a publicidade

Desde o lançamento do Dimensity 7200, a gigante taiwanesa parecia estar trabalhando em reprojetar a nomenclatura de seus processadores — algo posteriormente confirmado em entrevista ao Canaltech. Similar à rival Qualcomm, a ideia é posicionar de forma mais clara a qual tipo de celular cada chip é destinado: 9000 para aparelhos premium, 8000 para dispositivos avançados, 7000 para intermediários mais simples e 6000 para modelos de entrada.

Tudo indica que o MediaTek Dimensity 7050 deve estrear na Índia já em maio, com a revelação do Lava Agni 2 5G, celular baratinho que chama atenção por trazer tela AMOLED de 120 Hz e preço abaixo de 25 mil rupias (~R$ 1.550), além do próprio processador. Para o mercado global, a expectativa é que a plataforma chegue primeiro no Realme 11 Pro Plus, antes especulado para ser equipado com o Dimensity 1080, cujo lançamento também está marcado para maio.

Fonte: MediaTek, via GSMArena