Moto G9 Plus, G9 Play e E7 Plus são anunciados no Brasil; saiba tudo sobre eles

Moto G9 Plus, G9 Play e E7 Plus são anunciados no Brasil; saiba tudo sobre eles

Por Felipe Junqueira | 10 de Setembro de 2020 às 09h00
Divulgação/Motorola

Três novos celulares da Motorola desembarcam no Brasil nesta quinta-feira (10), inaugurando novas gerações das famílias Moto E e Moto G. São os novos Moto E7 Plus, G9 Play e G9 Plus, cada um com suas características próprias para atrair diferentes consumidores.

Em comum, todos possuem câmeras principais com tecnologia Quad Pixel e Night Vision, prometendo melhores fotos em todas as situações de iluminação, e câmera de profundidade de campo para fotos com fundo desfocado. Outras características compartilhadas pelo trio inclui 4 GB de memória RAM, bateria de 5.000 mAh e botão dedicado para o Assistente do Google.

Conheça a seguir os novos Moto E7 Plus, G9 Play e G9 Plus em detalhes, além de preço e disponibilidade dos produtos no Brasil.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Moto E7 Plus: mais poder para as tarefas do dia a dia

E7 Plus chega em duas cores ao Brasil: azul e bronze (Imagem: Divulgação/Motorola)

O mais básico de todos já traz bastante potência em seu interior. Com o Snapdragon 460, o Moto E7 Plus tem desempenho equivalente aos Moto G7, mas traz sistema operacional atualizado e mais tempo de suporte. Com 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno (expansível via microSD de até 256 GB), o dispositivo se torna uma opção bastante potente e interessante para quem busca um aparelho básico, mas que deve aguentar alguns anos sem travamentos.

O primeiro modelo da sétima geração da linha Moto E ainda tem tela de 6,5 polegadas com resolução HD e notch em gota para a câmera de selfies de 8 MP. A bateria de 5.000 mAh tem recarga de 10 W e o cabo de dados e energia usa o conector micro USB, ainda — um ponto negativo, já que a maioria dos novos celulares utiliza uma entrada USB-C, mais moderna. De qualquer forma, a Motorola diz que o aparelho pode chegar a até dois dias sem precisar de recarga, dependendo das condições de uso.

Na parte traseira, o módulo de câmeras volta a ficar centralizado, mas agora em uma lombada quadrada. São dois sensores e o flash, além do leitor de impressão digital, que fica abaixo do módulo fotográfico. A câmera principal tem 48 MP e o sensor de profundidade, 2 MP, servindo apenas para auxiliar o modo retrato.

Moto E7 Plus: ficha técnica

  • Tela: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels);
  • Chipset: Snapdragon 460 (Octa-core 1,8 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB expansíveis via microSD (até 256 GB);
  • Câmera traseira: dupla de 48 MP (f/1.7, wide Quad Pixel) + 2 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.2);
  • Dimensões: 165,2 x 75,7 9,2 mm (AxLxP);
  • Peso: 200 gramas;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 10 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, leitor de impressão digital na traseira, rádio FM, entrada P2 para fone de ouvido;
  • Cores disponíveis: azul e bronze;
  • Sistema operacional: Android 10.

Moto G9 Play: mais câmera e recarga mais rápida

Moto G9 Play tem poucas diferenças em comparação com o E7 Plus (Imagem: Divulgação/Motorola)

Se o seu objetivo com o celular é tirar mais fotos e aproveitar uma recarga mais rápida para nunca ficar sem bateria, o Moto G9 Play pode ser para você. O dispositivo é visualmente bastante parecido com o E7 Plus, mas traz algumas melhorias no design e tem hardware mais potente.

O G9 Play tem plataforma Snapdragon 662, com processador mais veloz que o modelo de entrada. Memória RAM e armazenamento seguem em 4 GB e 64 GB, e o celular mais baratinho da família Moto G9 também possui expansão com cartão microSD de até 256 GB. Tela e bateria também possuem mesmo tamanho, ou seja, 6,5 polegadas com resolução HD e 5.000 mAh.

O que muda é que o G9 Play tem uma câmera a mais: uma lente macro de 2 MP. De resto, o sensor principal de 48 MP Quad Pixel e o de profundidade de 2 MP são iguais aos do E7 Plus. Além disso, o G9 Play já oferece a recarga de 15 W para proporcionar “horas de uso em apenas alguns minutos de carga”, garante a fabricante. Aqui, uma vantagem: ele usa um conector USB-C.

Moto G9 Play: ficha técnica

  • Tela: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels);
  • Chipset: Snapdragon 662 (Octa-core 2,0 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB expansíveis via microSD (até 256 GB);
  • Câmera traseira: tripla de 48 MP (f/1.7, wide Quad Pixel) + 2 MP (f/2.2, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 8 MP (f/2.2);
  • Dimensões: 165,2 x 75,7 9,2 mm (AxLxP);
  • Peso: 200 gramas;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 15 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital na traseira, rádio FM, entrada P2 para fone de ouvido;
  • Cores disponíveis: azul, verde e rosa;
  • Sistema operacional: Android 10.

Moto G9 Plus: muito mais potência para a popular família da Motorola

Moto G9 Plus tem leitor de impressão digital na lateral (Imagem: Divulgação/Motorola)

E para encerrar, temos o Moto G9 Plus, visualmente bem diferente dos outros dois e muito mais potente, também. O celular traz plataforma Snapdragon 730G, o que o coloca em uma faixa de mercado semelhante às de modelos como Galaxy A71 e Pixel 4a, entre outros. O armazenamento é bem maior que o dos antecessores, com 128 GB, mas a memória RAM ficou em 4 GB, apenas, que a Motorola acredita ser suficiente para seu intermediário premium.

Na parte da frente, a tela está ainda maior, com 6,8 polegadas, nada menos que 0,5 polegada a mais que o G8 Plus. O notch em gota foi substituído pelo furo na tela, que fica no canto esquerdo e, segundo explicou a fabricante, levou a uma redução no sensor de selfies, que agora tem 16 MP. Ao menos ele usa a tecnologia Quad Pixel para melhorar as fotos em diferentes situações de luminosidade, seguindo o que acontece na câmera principal.

Falando nela, são 64 MP para tirar fotos com o G9 Plus, que ainda tem mais três câmeras em um módulo que lembra um pouco o do Galaxy Note 20. Os três sensores restantes são um ultrawide de 8 MP, um macro de 2 MP e um de profundidade de 2 MP. Um flash Dual LED preenche o espaço restante da lombada, que fica no canto superior esquerdo.

Visual do G9 Plus é bem diferente (Imagem: Divulgação/Motorola)

Aliás, o leitor de impressão digital sumiu da parte traseira e foi parar na lateral. Além de funcionar também como botão de energia, ele oferece atalhos para até seis aplicativos à sua escolha. Para acessar o menu, é só dar dois toques leves no sensor, com a tela desbloqueada.

E não acaba por aí: o G9 Plus tem bateria de 5.000 mAh, como os outros dois modelos aqui apresentados, mas com suporte à recarga de 30 W, que oferece até 12 horas de bateria em apenas 10 minutos na tomada, segundo a fabricante.

Um downgrade em relação às duas gerações anteriores é a ausência do sistema de som estéreo, que volta a ser mono na nona geração do Moto G Plus. Segundo a Motorola, essa redução foi implementada após pesquisas realizadas junto ao público revelarem que o consumidor que leva em conta a qualidade do áudio geralmente já tem um ecossistema próprio, seja um fone de ouvido ou um alto-falante.

Moto G9 Plus: ficha técnica

  • Tela: LTPS LCD de 6,8 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2400 pixels);
  • Chipset: Snapdragon 7360G (Octa-core 2,2 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB expansíveis via microSD (até 512 GB);
  • Câmera traseira: quádrupla de 64 MP (f/1.8, wide Quad Pixel) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 2 MP (f/2.2, macro) + 2 MP (f/2.2, profundidade);
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.0, Quad Pixel);
  • Dimensões: 170 x 78,1 x 9,7 mm (AxLxP);
  • Peso: 223 gramas;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 30 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, NFC, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital na lateral, rádio FM, entrada P2 para fone de ouvido;
  • Cores disponíveis: azul e dourado;
  • Sistema operacional: Android 10.

Preço e disponibilidade

Os dois modelos da família Moto G já estão à venda no varejo nacional, enquanto o E7 Plus está previsto para chegar às lojas nos próximos dias. Os preços que partem de R$ 1.499 e vão até R$ 2.499. Lembrando que são preços sugeridos pela fabricante e cada varejista pode aplicar o valor que considerar mais atraente para o consumidor.

  • Moto E7 Plus: R$ 1.499, nas cores azul navy e bronze âmbar;
  • Moto G9 Play: R$ 1.599, nas cores azul safira, verde turquesa e rosa quartzo;
  • Moto G9 Plus: R$ 2.499, nas cores azul índigo e ouro rosê.

E aí, o que achou dos lançamentos da Motorola? Qual celular chamou mais a sua atenção? Conta aí embaixo, nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.