Exynos com AMD Voyager supera A14 Bionic em mais de 50% em resultados vazados

Exynos com AMD Voyager supera A14 Bionic em mais de 50% em resultados vazados

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 24 de Agosto de 2021 às 20h12
Reprodução/Samsung

A próxima geração dos processadores Exynos da Samsung é uma das mais aguardadas desde a concepção da família de chipsets, graças a uma novidade de peso — a presença de uma GPU desenvolvida em parceria com a AMD. Confirmado para ser baseado na microarquitetura RDNA 2, mesma utilizada nas placas de vídeo Radeon e nos consoles da nova geração, o chip gráfico promete desempenho ímpar, com recursos inéditos entre celulares.

Com anúncio oficial prometido para acontecer ainda neste ano, o chip até então conhecido como Exynos 2200 voltou a vazar nesta semana, cortesia do leaker Tron, em supostos resultados de benchmark com software preliminar. As informações reforçam o que já se discutia: a nova aposta da Samsung pode agitar o mercado e tirar a liderança de desempenho da Apple com folga.

Exynos 2200 com GPU AMD abre vantagem de 50% sobre o A14 Bionic

Segundo Tron, a GPU do Exynos 2200 contará com 6 unidades computacionais (CUs), para um total de 384 núcleos. A solução irá atingir clocks de 1,3 GHz, número alto para um chip gráfico de smartphones, mas esperado considerando as velocidades absurdas que as placas Radeon RX 6000 atingem nos computadores, rompendo com facilidade a barreira dos 2,5 GHz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os resultados são provenientes de junho e utilizam drivers da AMD ainda em desenvolvimento, em estágio beta. Nessas condições, a AMD Voyager, como é conhecida a GPU, conseguiu marcar 170,7 FPS no teste Manhattan 3.1, 121,4 FPS no Aztec Normal e 51,5 FPS no Aztec High, taxas elevadíssimas em comparação a outros smartphones do mercado.

Os valores impressionam ainda mais quando colocados lado a lado com os números atingidos pelo A14 Bionic, presente no iPhone 12. A plataforma da Apple conseguiu atingir 120 FPS no Manhattan 3.1, 79,9 FPS no Aztec Normal e 30 FPS no Aztec High. Em média, o Exynos 2200 entrega 55% mais desempenho que o rival da gigante de Cupertino.

Tron também resgatou alguns números antigos divulgados pela mesma fonte, que corroboram o desempenho ímpar do novo processador da fabricante sul-coreana: 181,8 FPS no Manhattan 3.1, 138,25 FPS no Aztec Normal e 58 FPS no Aztec High. A queda nos números pode estar associada a dois fatores: o uso de software ainda em fase de testes, além de melhor otimização de consumo.

Isso também é sinal de que veremos números mais estáveis quando o processador chegar oficialmente a smartphones e, possivelmente, notebooks da Samsung em breve.

O que já se sabe do novo processador da Samsung?

Reunindo rumores e informações já divulgadas por Samsung e AMD, o novo Exynos 2200 deve chegar ao mercado fabricado no processo de 4 nm LPE da gigante sul-coreana, uma versão mais densa e de maior performance da litografia de 5 nm utilizada no Exynos 2100 e Snapdragon 888.

A GPU do novo Exynos contará com microarquitetura RDNA 2, incluindo assim recursos únicos como suporte a Ray Tracing e Variable Rate Shading (Imagem: Reprodução/AMD)

Especula-se que, graças à arquitetura mais moderna e à fabricação refinada, a plataforma superaria o A14 Bionic em desempenho geral em cerca de 10%, ultrapassando o atual topo de linha da Qualcomm em mais de 50%. Fora isso, a novidade pode acabar sendo utilizada em celulares de outras marcas, como a Vivo.

Como é de se esperar, a GPU é o maior destaque, e deve estrear uma série de recursos até então inéditos entre os smartphones graças à microarquitetura RDNA 2. Além de processamento de Ray Tracing via hardware, o chipset contaria com Variable Rate Shading (VRS), que diminui a qualidade de regiões menos importantes da imagem para aumentar a performance, entre outros recursos.

Fonte: Tron, NotebookCheck, NeoWin

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.