Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Dimensity 9300 é 1º chip a superar os 2 milhões de pontos no AnTuTu

Por| Editado por Wallace Moté | 23 de Outubro de 2023 às 08h30

Link copiado!

MediaTek
MediaTek
Tudo sobre MediaTek

Um resultado divulgado pelo time do AnTuTu, popular benchmark de smartphones, mostra que o aguardado MediaTek Dimensity 9300 pode ser o primeiro chipset para celulares a quebrar a barreira dos dois milhões de pontos. Equipada no que parece ser uma bancada de testes, a novidade surpreende ao entregar resultados bastante superiores ao Snapdragon 8 Gen 2 em todas as categorias avaliadas, e reforça as especificações agressivas apontadas por rumores.

Realizada na rede social chinesa Weibo, a publicação mostra um aparelho desconhecido equipado com o Dimensity 9300 — o nome e o número de modelo não remetem a nenhuma fabricante, o que sugere que esta é uma bancada de testes usada pela MediaTek. Acompanham a plataforma 16 GB de RAM LPDDR5X e 512 GB de armazenamento UFS 4.0, com o sistema operacional já estando atualizado para o Android 14.

A pontuação do dispositivo impressiona: são 2.055.084 pontos, fazendo do novo chip o primeiro do mundo Android a superar a barreia de dois milhões. O componente mais próximo dessa marca é o Snapdragon 8 Gen 2, que chega em média a 1,5 milhão, o que faz o novo Dimensity ser cerca de 30% mais poderoso que o concorrente da Qualcomm. As comparações entre os dois continuam surpreendendo quando olhamos as categorias avaliadas individualmente.

Continua após a publicidade

Em CPU, o processador da MediaTek marca 485.064 pontos, contra 377.732 pontos do Snapdragon, representando uma vantagem de quase 30% para o Dimensity 9300. A inédita GPU Immortalis-G720 é ainda mais impressionante ao marcar 899.463 pontos, resultado quase 50% superior aos 604.184 pontos da Adreno 740 do rival. Até as memórias e a etapa de experiência de usuário (UX) representam saltos significativos apesar das similaridades de tecnologia, com 357.691 pontos (31% melhor) e 312.866 pontos (20% superior), respectivamente.

Apesar dos números animadores, é preciso lembrar que, se estivermos mesmo observando uma bancada de testes, este deve ser o máximo de desempenho que a plataforma deve oferecer, em um cenário controlado. Ao menos parte da performance deve ser perdida quando o chipset chegar a um smartphone finalizado por culpa de uma série de fatores, incluindo otimizações de software e resfriamento. Ainda assim, o salto frente ao antecessor é respeitável, e não deixa de ser positivo vermos um componente que bata de frente com o Snapdragon.

Há mais um aspecto muito interessante presente na publicação: o registro reforça os rumores que sugeriram que a MediaTek apostaria em uma configuração agressiva de CPU, composta apenas de núcleos de alta performance. A captura de tela cita de forma explícita a combinação de quatro Cortex-X4 de máxima performance com quatro Cortex-A720 de alto desempenho, design visto apenas em notebooks até o momento.

Continua após a publicidade

Especificações como as frequências de operação não são citadas, mas rumores já detalharam o que podemos esperar do componente. O Dimensity 9300 dividiria seus oito núcleos em grupos de 1 + 3 + 4, sendo um Cortex-X4 rodando a 3,25 GHz, mais três Cortex-X4 a 2,85 GHz, e quatro Cortex-A720 trabalhando a 2,0 GHz. Por sua vez, a já citada Immortalis-G720 embarcaria 12 núcleos.

Esta não é a primeira vez que a solução impressiona — o chip já foi encontrado no Geekbench 6 superando o também inédito Snapdragon 8 Gen 3, ao menos em CPU. Dito isso, preocupações foram levantadas a respeito da estabilidade, temperaturas e, principalmente, consumo. Tudo deve ser esclarecido no evento de lançamento, cuja data segue desconhecida, ainda que se espere que a MediaTek revele a novidade neste mês.

Fonte: AnTuTu