Apple deve superar com folga crescimento de smartphones Android em 2021

Apple deve superar com folga crescimento de smartphones Android em 2021

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 31 de Agosto de 2021 às 07h10
Mark Chan/Unsplash

Faltando poucas semanas para a Apple anunciar a nova linha iPhone 13, um novo estudo de mercado realizado pela consultoria IDC aponta que a companhia deve superar com folga o crescimento de smartphones Android ainda este ano.

Projetando um aumento de 7,4% no mercado global de smartphones, os dados do IDC mostram que celulares Android podem ter aumento de 6,2% em relação ao ano anterior, enquanto a Apple deve superar a taxa de crescimento com folga, com 13,8% de aumento em comparação com o mesmo período do ano passado.

Previsão mostra aumento de vendas em 2021 com substituição gradativa pelo 5G (Imagem: Reprodução/IDC)

O motivo do aumento global reforça impacto que a pandemia de COVID-19 causou no mercado de smartphones em 2020. O ano de 2021 marca uma retomada do setor, mesmo com escassez na produção de componentes, que tem afetado muito mais o mercado de consoles e computadores.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O gráfico acima representa uma previsão de vendas e crescimento anual para todo o mercado de smartphones. Por conta das baixas vendas em 2020, temos um grande aumento anual em 2021, com queda em 2022 e nos anos seguintes, nos quais o mercado deve se estabilizar.

Segundo Ryan Reith, executivo da IDC, ‎o mercado de smartphones possui uma forte cadeia de suprimentos e está melhor preparado para lidar com tais adversidades, tanto que "quase todas as regiões esperavam crescer" em 2021 e "os fornecedores estavam se preparando‎" para tal projeção.

iPhone 13 e 13 Mini vão adotar novo arranjo de câmeras traseiras com sensores na diagonal (Imagem: Reprodução/AliArtist3D)

Os novos iPhone 13 podem ser apresentados no dia 14 de setembro com um novo conjunto de Face ID que tornará o entalhe menor, além de baterias maiores em todos os quatro modelos, novo arranjo de câmera para o iPhone 13 e 13 Mini, bem como câmeras ainda maiores para o 13 Pro e 13 Pro Max e a esperada tela Pro Motion com taxa de 120 Hz.

Fonte: IDC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.