iPhone 13 e outros lançamentos: o que esperar do evento da Apple

iPhone 13 e outros lançamentos: o que esperar do evento da Apple

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 13 de Setembro de 2021 às 11h05
EverythingApplePro

Com evento confirmado para esta terça-feira, 14 de setembro, a Apple deve oficializar a chegada de quatro novos modelos da linha iPhone 13, o necessário lançamento da terceira geração do AirPods, além da estreia do Watch Series 7 com corpo quadrado e ainda um possível anúncio de novos iPads, incluindo o novo iPad Mini com maior mudança de design da história do modelo.

Se você ainda não está por dentro de tudo o que a Gigante de Cupertino está preparando, não se preocupe, o Canaltech separou todas as informações sobre o próximo evento da Apple para que você saiba o que esperar, quando o evento acontece e como assistir tudo em tempo real.

(Imagem: Reprodução/Apple)

Quando o evento vai acontecer?

Chamado de "California Streaming", o evento da Apple será realizado no dia 14 de setembro, esta terça-feira, às 14 horas pelo horário de Brasília.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mesmo com limitações na compra de processadores por conta da escassez de chips, a Apple já se prepara para alta demanda dos novos produtos, aumenta a produção e retoma o clássico evento no mês de setembro após o lançamento atrasado no ano anterior.

Como assistir ao evento de anúncio do iPhone 13?

A Apple realiza a transmissão ao vivo de três formas principais: você poderá assistir pelo canal oficial da empresa no YouTube, pelo site Apple Events onde ficam reunidas todas as transmissões anteriores e ainda pelo aplicativo do Apple TV em dispositivos compatíveis.

iPhone 13 com entalhe menor, novas câmeras, mais bateria e tela Pro Motion

(Imagem: Reprodução/AppleLab)

Embora o evento apresente novidades para todos os gostos, o foco será a chegada dos quatro modelos da linha iPhone 13, e este ano a Apple prepara muitas melhorias em relação aos anos anteriores.

Visualmente, é esperado que tenhamos um aguardado update no entalhe do Face ID, que agora ficará mais estreito graças a uma mudança no posicionamento do alto-falante. Isso deverá ser aplicado em todos os iPhones.

 iPhone 12 Pro Max comparado com capa projetada para iPhone 13 Pro Max (Imagem: Reprodução/Old Explosion Technology)

Para o iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max, a Apple deve apresentar um módulo de câmera ainda maior em relação ao ano anterior, podendo levar a tecnologia Sensor-Shift da câmera principal do iPhone 12 Pro Max para o modelo menor e também para outras câmeras.

Os modelos mais poderosos também devem chegar com tela Pro Motion para navegação mais fluida graças à taxa de atualização de até 120 Hz, permitindo animações mais velozes, resposta mais precisa em jogos e consumo inteligente de energia.

iPhone 13 e 13 Mini devem herdar entalhe menor e incluir novo arranjo de câmeras (Imagem: Reprodução/Ian Zelbo)

Para o iPhone 13 e iPhone 13 Mini, a Apple deve apostar em um novo arranjo para as duas lentes traseiras. Em vez de organizar os sensores na vertical, a empresa pode optar em uma organização na diagonal, permitindo que sensores maiores sejam apresentados, levando melhorias em fotografia e vídeo também para os modelos mais baratos.

Rumores também apontam que toda a linha iPhone 13 deve apresentar baterias maiores em relação aos modelos anteriores. O iPhone 13 Mini deve saltar de 2.227 mAh para 2.406 mAh, enquanto o iPhone 13 e iPhone 13 Pro devem substituir os 2.815 mAh por uma célula de 3.095 mAh e o iPhone 13 Pro Max deve adotar capacidade de 4.352 mAh, superando os 3.687 mAh do iPhone 12 Pro Max.

iPhone 13 Pro deve apostar em menor protuberância para módulo de câmera, com lentes maiores e mais projetadas (Imagem: Concept Creator/LetsGoDigital)

A chegada de novos iPhones também representa a estreia de um novo processador, e embora o Apple A15 Bionic vá manter a litografia de 5 nanômetros, a chegada da nova geração apresentará melhorias em eficiência energética, velocidade e inteligência artificial.

O MagSafe também deve ganhar uma nova leva de acessórios oficiais ainda compatíveis com o iPhone 12 e, muito provavelmente, deve adotar um carregamento mais veloz com sistema de imãs mais robusto e reforçado.

AirPods de terceira geração inspirado pelo AirPods Pro

(Imagem: Reprodução/Apple)

A tão esperada terceira geração dos AirPods finalmente deve estrear com os novos iPhone 13 em setembro. Após muitos vazamentos, rumores e até mesmo réplicas à venda desde o fim de 2020, a Apple deve atualizar o design de seu fone de ouvido mais barato com um novo formato híbrido.

Enquanto o fone deve permanecer menos intrusivo ao canal auditivo dos usuários que se incomodam com as pontas de silicone do AirPods Pro, o design deve deixar de lado as longas hastes do AirPods de primeira e segunda geração para herdar as hastes curtas do modelo mais caro, também implementando os sensores de pressão para controle multimídia.

(Imagem: Reprodução/52audio)

Outra característica que a Apple deve levar ao AirPods mais barato pode ser o cancelamento ativo de ruído com o excelente modo Transparência. Mesmo sem as pontas de silicone, a empresa pode permitir que os fones isolem boa parte dos ruídos do ambiente e, quando necessário, ative os microfones para que os usuários tenham percepção do mundo ao redor, especialmente ao andar na rua.

É esperado que o AirPods 3 também ofereça melhor qualidade de som e maior duração de bateria em comparação com o AirPods 2, além de adotar um estojo de carregamento similar ao AirPods Pro, sendo maior em largura que em altura.

Apple Watch Series 7 com grande mudança visual

(Imagem: Reprodução/Apple)

A Apple também deve implementar um grande redesign em seu relógio inteligente este ano, representando a primeira grande mudança visual do Apple Watch desde sua primeira geração.

Deixando de lado o corpo com laterais arredondadas para seguir a nova identidade de design implementada pela empresa no iPad Pro, iPhone 12 e iMac, o Apple Watch Series 7 deve adotar um corpo com laterais retas, vidro flat e tela com bordas ainda mais finas. Graças à mudança, é esperado que o modelo ganhe alto-falantes mais poderosos e maior desempenho de bateria.

Previsto com inscrição em ambas as faces do novo processador S7 (ao invés de apenas uma, como acontecia até agora), tal característica pode garantir uma redução considerável no tamanho do chip e também deve impactar em uma maior duração de bateria e oferecer espaço para acomodar uma bateria maior.

A volta do iPad Mini, agora com design de iPad Air

(Imagem: Reprodução/Apple)

O iPad Mini de sexta geração chegará este ano e pode ser anunciado no evento de setembro, em um evento dedicado em outubro ou ao lado dos novos Macs com M1X até novembro.

Dois anos após o anúncio do modelo atual, a Apple deve implementar sua nova identidade visual também no menor iPad da família, refletindo o design já conhecido do iPad Air (herdado do iPad Pro).

O novo modelo deve apostar em um display Liquid Retina de 8,3 polegadas com cantos arredondados e bordas simétricas. Por não incluir o Face ID, é esperado que o modelo traga apenas uma câmera frontal, além de uma câmera traseira.

iPad Air 4 ao lado do próximo iPad mini (Imagem: Jon Prosser/Ian Zelbo)

Ainda é esperado que o iPad Mini de sexta geração conte com um processador Apple A14, mesmo chip da linha iPhone 12, ou Apple A15, processador que será anunciado com a linha iPhone 13.

Assim como o Air, o novo iPad Mini vai oferecer Touch ID integrado ao botão de energia, manterá o Smart Conector de três pinos na tampa traseira, substituirá o Lightning pelo USB-C e ainda vai oferecer um conector magnético na lateral para conectar a Apple Pencil.

A Pencil, por sua vez, deve ganhar uma nova versão mais compacta para encaixar corretamente na lateral do iPad mini, uma vez que o modelo projetado para o iPad Pro e iPad Air poderia interferir nos botões de volume.

Novos Macs com chip M1X podem ganhar evento dedicado

"Let's talk about Mac" (Imagem: Reprodução/Apple)

Por fim, temos o anúncio dos novos Macs. Com um único grande evento para iPhones sendo informação nova o suficiente para setembro, há possibilidade de que a Apple aposte em um evento dedicado para seus computadores e notebooks em outubro ou novembro.

Nesse evento, a empresa deve revelar o MacBook Pro de 14 e 16 polegadas com novo design mais quadrado, sem Touch Bar, com nova tela mini-LED de bordas finas, maior duração de bateria e grande quantidade de portas, incluindo não apenas conectores USB-C, como também um HDMI, conector MagSafe para carregamento rápido e leitor de cartões de memória.

Mac Mini ainda mais compacto será apresentado em 2021 com chip M1X (Imagem: Reprodução/Jon Prosser)

Além do MacBook Pro, é esperado que a Apple anuncie um novo iMac com tela de 32 polegadas ou maior, oferecendo um design fino como o iMac de 24 polegadas e, talvez, sem a borda inferior.

O terceiro produto anunciado será o novo Mac Mini com design surpreendentemente compacto, acabamento de vidro no topo com laterais de metal e boa quantidade de conectores: MagSafe, quatro USB-C, dois USB-C, porta ethernet e saída HDMI.

Todos os Macs apresentados no fim de 2021 serão equipados com o novo chip M1X, processador que vai oferecer um salto de 8 para 10 núcleos de CPU, sendo 8 de alto desempenho e 2 de gerenciamento de energia, além de destacar até 32 núcleos de GPU para grande poder em processamento gráfico.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.