Apple inicia pré-venda do iPhone 13 e novos iPads no Brasil

Apple inicia pré-venda do iPhone 13 e novos iPads no Brasil

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 15 de Outubro de 2021 às 08h15
Renan da Silva Dores/Canaltech

[ATUALIZAÇÃO - 15/10]: Como informado na última semana, a Apple iniciou hoje a pré-venda da nova linha iPhone 13 no Brasil, permitindo que todos os quatro modelos sejam adquiridos com envios acontecendo de 4 a 6 dias após a compra, e venda oficial iniciando na próxima sexta-feira (22). Infelizmente, ainda não foi dessa vez que os tablets iPad Mini 6 e iPad 9 chegaram ao Brasil, provavelmente por falta de homologação da versão com conexão móvel na Anatel.

Abaixo, você confere a notícia original na íntegra: 

A Apple realizou no mês passado seu principal evento do ano para anunciar o novo iPhone 13, bem como uma atualização para o iPad 9 e um redesign completo do iPad Mini 6. Os aparelhos começaram a ser vendidos no exterior no último dia 17 de setembro, mas ainda aguardavam pela aprovação da Anatel para poderem estrear oficialmente no Brasil.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os registros foram finalmente realizados durante a última semana e, nesta sexta (8), uma mensagem de texto enviada pelo banco Itaú confirmou que a Apple irá iniciar a pré-venda dos novos dispositivos no mercado brasileiro já na próxima semana.

iPhone 13 e novos iPads ganham data de pré-venda no Brasil

O SMS do banco refere-se ao programa "iPhone pra Sempre", pelo qual clientes do Itaú podem adquirir um dos modelos de iPhone do ano de maneira recorrente — o valor total do aparelho é dividido em 21 parcelas e mais uma cobrança final.

Após ter pago as parcelas, o cliente pode escolher entre três opções: ficar com o celular pagando o valor restante, devolvê-lo ou adquirir um novo modelo lançado no ano vigente. A mensagem revela ainda que a pré-venda será iniciada na próxima sexta-feira, 15 de outubro.

O SMS enviado pelo Itaú confirma que o iPhone 13 começa a ser vendido no Brasil na próxima semana (Imagem: Wallace Moté/Captura de Tela)

Disponíveis em versões de 128 GB, 256 GB e 512 GB de armazenamento, nas cores Rosa, Azul, Meia-Noite, Estelar e Vermelho (PRODUCT)RED, o iPhone 13 e o iPhone 13 Mini têm preços que partem dos R$ 6.599 do modelo compacto, e chegam aos R$ 10.599 da variante tradicional.

Mais encorpados, o iPhone 13 Pro e o iPhone 13 Pro Max também contam com versões de 128 GB, 256 GB e 512 GB, mas trazem ainda a opção de 1 TB, pensada para profissionais que tirarão proveito dos novos recursos de câmera. Os aparelhos chegam nas cores Azul-Sierra, Prateado, Dourado e Grafite, com preços que começam em R$ 9.499 e atingem os R$ 15.499 no modelo mais completo.

Os novos iPhones são listados no site brasileiro da Apple com preços que partem dos R$ 6.599 (Imagem: Divulgação/Apple)

A mensagem não cita os novos iPad 9 e iPad Mini 6, mas é praticamente certa a chegada dos novos tablets junto aos celulares apresentados em meados de setembro. Ambos já estão homologados no Brasil.

O iPad Mini 6 será disponibilizado em versões com 64 GB ou 256 GB, nas cores cinza-espacial, rosa, roxo e estelar, e conta com preços de R$ 6.199 na versão base, e R$ 7.799 na variante com mais memória. Já o iPad 9 também traz versões de 64 GB e 256 GB, custando R$ 3.999 e R$ 5.599, respectivamente, nas cores cinza-espacial e prateado. Os preços dizem respeito à versão com conexão apenas Wi-Fi dos modelos.

Vale lembrar que a maioria dos acessórios, como cases para os iPads e as novas pulseiras para o Apple Watch, já haviam chegado ao Brasil durante a estreia dos iPhones no mercado internacional, pois são compatíveis com outros produtos de gerações anteriores.

Aparelhos trazem processamento turbinado e câmeras aprimoradas

Ainda que não traga grandes inovações, a linha iPhone 13 conta com upgrades importantes que tornam a experiência de uso oferecida pela geração anterior ainda melhor. Além do novo chip A15 Bionic, com vantagens de mais de 60% sobre a concorrência, os aparelhos ganharam sensores de câmera mais avantajados e a estabilização avançada Sensor-Shift.

O iPhone 13 Pro e 13 Pro Max se destacam pelas baterias maiores, câmera tripla com maior abertura e tela ProMotion de 120 Hz (Imagem: Divulgação/Apple)

Destaques vão para os modelos Pro, que ganham ainda tela ProMotion com taxa de atualização adaptável de 120 Hz, capaz de reduzir a frequência para 10 Hz em textos ou conteúdos com pouca movimentação para preservar bateria, e autonomia que impressiona, superando com folga outros concorrentes com especificações semelhantes.

Completamente redesenhado para seguir a linha de design inaugurada com o iPad Pro, o iPad Mini 6 também oferece o novo A15 Bionic, ainda que com desempenho reduzido, suporte à Apple Pencil de 2ª geração, conexão USB-C, câmera frontal ultrawide com função Center Stage, tela maior de 8,3 polegadas, além de múltiplas opções de cores incluindo cinza-espacial, rosa, roxo e estelar.

O iPad Mini 6 ganhou tela maior, design de iPad Pro, processamento mais potente e múltiplas opções de cores (Imagem: Divulgação/Apple)

Mais modesto dos lançamentos, o iPad 9 segue a tendência dos antecessores ao trazer pequenas novidades. O processamento fica agora a cargo do A13 Bionic, mesmo chip do iPhone 11, e a tela ganha tecnologia True Tone, que adapta a temperatura de cor de acordo com a luz ambiente. Há ainda nova câmera frontal com lente ultrawide e função Center Stage, e maiores capacidades de armazenamento, que começam em 64 GB.

Fonte: Apple

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.