Twitter pode liberar efeitos para deixar a sua voz divertida nos Spaces

Twitter pode liberar efeitos para deixar a sua voz divertida nos Spaces

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Julho de 2021 às 11h55
Foto: Alexander Shatov (Unsplash)

Os desenvolvedores do Twitter trabalham em um recurso para permitir a manipulação de voz no Spaces, a ferramenta de bate-papo por áudio para rivalizar com o Clubhouse. A novidade foi encontrada no código do aplicativo pela desenvolvedora e engenheira reversa Jane Manchun Wong e compartilhada em seu perfil. Logo depois, o minerador de software Steve Moser também revelou outras novidades complementares.

A ideia é ofertar filtros para permitir uma experiência mais divertida nas conversas por voz. Essa adição deve vir para enriquecer a experiência do Spaces, que tem se mostrado uma boa alternativa para os interessados em realizar debates ou podcasts ao vivo. Segundo a imagem compartilhada por Wong, onovo recurso é chamado Voice Transformer.

O Voice Transformer vai aplicar filtros na sua fala (Imagem: Jane Manchun Wong/Twitter)

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com Steve Moser, o transformador de voz deve contar, por enquanto, com dez efeitos diferentes para uso no chat de voz: Bee, Cartoon, Helium, Incognito, Karaoke, Microphone, Phone, Spatial, Stadium e Stage. Pelo nome de cada um deles já dá para ter uma ideia do que esperar, como zumbidos de abelha, afinamento de voz (gás hélio) e ecos.

Esses efeitos são comuns em aplicativos de vídeos como o TikTok, o Instagram e o Snapchat, mas nunca haviam sido usado nos programas de bate-papo com enfoque mais sério. Eles podem ser uma novidade bem interessante para quem aborda temas mais descontraídos ou voltados para o entretenimento.

Corrida pelo bate-papo de áudio

Recentemente, a empresa anunciou o fim do Fleets, sua tentativa de competir com o Stories do Instagram. A companhia também experimenta um recurso de avaliação de tuítes pelos usuários, o que permitiria ao algoritmo da rede compreender melhor o que as pessoas consideram como interações positivas e negativas.

O Ticketed Spaces permitirá a cobrança de ingresso para entrar em salas exclusivas de criadores de conteúdo (Imagem: Divulgação/Twitter)

Ontem (21), o Clubhouse avisou que agora não vai mais exigir convite para quem quiser adentrar na plataforma, justamente no intuito de tentar rivalizar com o crescimento do Spaces e demais opções. Há cerca de um mês, o Spotify  também investiu no setor com o lançamento do Greenroom, uma alternativa mais voltada para o segmento musical, cultura e esportes. O Facebook também está disponibilizando suas salas de conversa por voz e pensa em levar o formato também para as lives do Instagram — juntamente com R$ 5 bilhões para remunerar os usuários.

Não há informações oficiais sobre quando os efeitos de voz serão lançados aos usuários. Como se trata apenas do código, é possível que ainda haja alguma estrada para caminhar por parte dos desenvolvedores.

Você consegue ver utilidade prática para os filtros de voz no Spaces? Deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: Jane Manchun Wong, Steve Moser  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.