Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Galaxy S22 Plus x S23 Plus: as melhorias fizeram diferença?

Por| Editado por Léo Müller | 09 de Março de 2023 às 09h40

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

A nova geração dos celulares topo de linha da Samsung foi apresentada, e três modelos já estão disponíveis no mercado brasileiro. O “irmão do meio” da nova família é o Galaxy S23 Plus, smartphone que trouxe poucos, mas significativos avanços em relação ao seu antecessor, o Galaxy S22 Plus.

Mas, fora o design — que foi bem renovado —, o hardware também recebeu alguns upgrades. Mas será que essas melhorias fazem a diferença no dia-a-dia? Eu testei os dois celulares simultaneamente e agora trago um comparativo completo dos dois.

Vale lembrar que, apesar de o novo modelo já ser vendido no mercado nacional, ainda é possível encontrar facilmente o Galaxy S22 Plus nas lojas, então deixarei links confiáveis para compra dos dois aparelhos, caso você decida que o S22 Plus ainda vale a pena.

Continua após a publicidade

Design e construção

  • Galaxy S23 Plus: 157,8 x 76,2 x 7,6 mm / 196 gramas
  • Galaxy S22 Plus: 157,4 x 75,8 x 7,6 mm / 195 gramas

Logo de cara já é possível notar um grande avanço no design do Samsung Galaxy S22 Plus para o Galaxy S23 Plus. Depois de duas gerações com a parte de trás bem parecida, a Samsung renovou o visual dos seus flagships e removeu o módulo que agrupava as câmeras traseiras. Agora, todas ficam separadas.

Isso é só questão de gosto, mas eu achei que essa mudança deu um tom mais limpo e minimalista para o celular. Fora essa repaginada na organização das câmeras, a aparência do restante do celular continua basicamente a mesma: as bordas seguem a mesma estética, assim como a frente e a estrutura plana na traseira.

Tela

Quase não houve avanço na tela do Galaxy S22 Plus para o Galaxy S23 Plus. Os dois modelos contam com um painel Dynamic AMOLED 2x de 6,6 polegadas com resolução de 1.080 x 2.340 pixels e taxa de atualização adaptativa de 120 Hz. Como dito, até a proteção do display é a mesma, com o Gorilla Glass Victus Plus.

Continua após a publicidade

A única diferença, no entanto, é uma ligeira melhora no brilho, uma vez que o Galaxy S23 Plus conta com pico de 1.750 nits, enquanto o Galaxy S22 Plus era de 1.300 nits. Essa diferença pouco é notada na prática, mas você deve perceber que a tela do celular deste ano fica mais clara sob uma luz solar bem forte.

Configuração e desempenho

Desde a geração passada, a Samsung já traz seus topos de linha com chip da Qualcomm no Brasil, e o Galaxy S22 Plus é equipado com o Snapdragon 8 Gen 1. Nessa nova linha, a colaboração com a empresa fabricante de componentes foi mais estreita, e o Galaxy S23 Plus tem um chip feito especialmente para ele: o Snapdragon 8 Gen 2 for Galaxy.

Ambos os chipsets são bastante poderosos e aguentam realizar praticamente qualquer tarefa sem dificuldades ou lentidão. Ainda assim, há uma melhora na velocidade do processador, sendo que o Galaxy S23 Plus tem 3,2 GHz em seu núcleo mais poderoso, enquanto o S22 Plus tem a sua maior frequência em 3,0 GHz.

Continua após a publicidade

A quantidade de RAM ainda é a mesma, e os dois aparelhos contam com 8 GB de memória, o que permite executar vários apps ao mesmo tempo e ainda abrir tudo com agilidade. No entanto, o armazenamento também teve um upgrade, e agora o valor máximo passou de 256 GB do S22 Plus para 512 GB no S23 Plus.

Este é um avanço importante, visto que nenhum dos dois tem espaço para cartão de memória.

Usabilidade

Continua após a publicidade

Os dois celulares possuem exatamente a mesma interface e já rodam o Android 13 sob a One UI 5.1. Dessa forma, não há nenhuma diferença no sistema operacional ou na usabilidade deles neste momento.

No entanto, a Samsung promete quatro atualizações geracionais para seus topos de linha e, como o S22 Plus foi lançado com o Android 12 e o S23 Plus já com o Android 13, o modelo mais recente contará com updates por um ano a mais do que o antecessor.

Câmeras

O conjunto de câmeras não mudou quase nada da geração passada para esta: apenas a câmera frontal do Galaxy S23 Plus tem a resolução um pouco maior do que a do S22 Plus: são 12 MP contra 10 MP. Já o conjunto traseiro é igual nos dois casos: câmera principal de 50 MP + 12 MP ultrawide + 10 MP telefoto.

Continua após a publicidade

Dessa forma, as fotos obtidas em praticamente qualquer modo são quase idênticas nos dois modelos. Ambas oferecem bastante definição com uma grande riqueza de detalhes. A única coisa que notei de diferente — em quase todos os modos de fotografias — é que o aparelho deste ano oferece cores um pouco mais intensas do que o antecessor.

Já no modo noturno a diferença é um pouco maior. Eu já destaquei isso no review completo do Galaxy S23 Plus, mas repito aqui: as fotos tiradas de noite com o novo aparelho me surpreenderam bastante.

Isso porque o pós-processamento consegue agir bem para clarear o que há de importante no cenário sem exagerar em toda a fotografia. Dessa forma, as imagens ficam menos artificiais. Elas não têm, por exemplo, aquele tom acobreado do céu que costumamos ver nas fotos feitas pela maioria dos celulares com modo noturno ativado.

Fora isso, no entanto, os dois conjuntos de câmeras são igualmente excelentes para capturar imagens — tanto as mais rotineiras quanto as mais elaboradas.

Continua após a publicidade

Veja exemplos de fotos feitas com o Galaxy S22 Plus

Veja exemplos de fotos feitas com o Galaxy S23 Plus

Continua após a publicidade

Gravação de vídeo

A gravação de vídeo com os dois celulares oferece basicamente o mesmo resultado. Ambos filmam em até 8K a 30 fps, mas é possível configurar outras opções de até 4K a 60 fps caso queira uma taxa de quadros maior.

O nível de definição e estabilidade também é bem parecido, então você não notará muita diferença de um aparelho para o outro neste sentido.

Bateria

Continua após a publicidade

Outra melhoria importante feita na nova geração foi na bateria. O Galaxy S22 Plus tinha capacidade de 4.500 mAh, e esse número saltou para 4.700 mAh no Galaxy S23 Plus. Apesar de a diferença não ser tão gritante no papel, isso faz bastante diferença na prática.

No nosso teste padrão, por exemplo, o Galaxy S23 Plus consumiu 28% da carga total após o uso de vários apps, como redes sociais, mensageiros, serviços de streaming e jogos. Já o gasto no Galaxy S22 Plus foi de 45% no mesmo cenário.

Essa diferença também reflete no dia-a-dia. Com o uso dos dois aparelhos, eu notei que o Galaxy S23 Plus chega a um dia de uso com tranquilidade com uma única carga. O S22 Plus, por sua vez, até chega a essa marca, mas com mais dificuldade e talvez ainda peça uma nova carga antes do fim do dia.

O carregamento, no entanto, é igual e os dois levam cerca de uma hora para ter a bateria totalmente abastecida. A potência máxima compatível com os dois é de 45 W.

Continua após a publicidade

Melhorias feitas na nova geração justificam o upgrade?

O Galaxy S22 Plus e o Galaxy S23 Plus têm bastante similaridades entre si. O poder de processamento dos dois topos de linha é bem alto e, apesar de o modelo mais recente ter um chipset mais veloz no papel, os dois conseguem executar tudo muito rápido. Os dois também têm a mesma quantidade de memória RAM, mas o aparelho lançado este ano oferece mais opções de armazenamento do que o antecessor.

Outro ponto em que eles se diferenciam bastante em relação ao processador é o aquecimento. Embora os dois apresentem uma temperatura um pouco elevada em algumas funções, isso é bem mais perceptível no S22 Plus, que aquece mais do que o sucessor.

Há pouca diferença na ficha técnica das câmeras. Na verdade, apenas a frontal passou de 10 MP para 12 MP. Na prática, no entanto, as fotos parecem ser um pouco mais definidas na nova geração. O modo noturno, principalmente, parece melhor e mais realista agora.

Continua após a publicidade

Mas, apesar de todas as semelhanças, houve uma melhora significativa no gerenciamento de energia. O S23 Plus tem uma autonomia bem maior do que o S22 Plus. No nosso teste prático, ele consumiu apenas 28% da carga, enquanto o S22 Plus teve um gasto de 45%. No dia-a-dia, isso pode resultar em algumas horas de uso a mais com o Galaxy S23 Plus.

Por fim, é válido destacar que hoje a faixa de preço está bem diferente. Por ser um modelo com um ano de mercado, já é possível encontrar o S22 Plus na casa dos R$ 4 mil a R$ 5 mil, enquanto o S23 Plus custa a partir de R$ 7 mil. Dessa forma, se você já tem o modelo do ano passado, vale a pena o upgrade devido à melhora na bateria e câmera no modo noturno. Mas se você ainda não tem nenhum dois e estiver em dúvida, talvez valha a pena optar pelo celular do ano passado.