Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

5 motivos para comprar o ROG Strix Scar 18

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Abril de 2024 às 15h30

Link copiado!

Felipe Vidal/Canaltech
Felipe Vidal/Canaltech
ROG Strix Scar 18 (2024)

Poucos notebooks no Brasil têm especificações realmente topo de linha e oferecem as peças mais potentes e atuais do mercado. O ROG Strix Scar 18 chegou para quebrar esse paradigma, equipado com uma GeForce RTX 4090 e um Intel Core i9 de 14ª geração, sendo apontado pela análise do Canaltech como um dos produtos mais potentes da atualidade.

Pensando nisso, listamos 5 motivos para você comprar o ROG Strix Scar 18. Cheio de pontos positivos, o notebook não deve decepcionar os entusiastas e jogadores superexigentes.

Continua após a publicidade

1. Desempenho

Equipado com uma excelente RTX 4090 e o Intel Core i9-14900HX, o ROG Strix Scar 18 é o verdadeiro sinônimo de performance bruta. O notebook tem desempenho de sobra para encarar qualquer título atual ou os futuros lançamentos em Quad HD e taxa de quadros nas alturas, além de conseguir rodar com qualidade gráfica no máximo e sem a ajuda de quaisquer tipos de técnicas de upscaling.

O desempenho da máquina é tão alto que nosso conjunto de gráficos não dá margem para erro. Até mesmoAlan Wake 2, um dos jogos mais pesados da atualidade, consegue rodar tranquilamente a mais de 60 FPS com tudo no ultra em 1440p. Seja para os fãs de gráficos ultrarrealistas ou para os jogadores competitivos que precisam jogar a mais de 200 FPS, o Strix Scar 18 é um monstro para os games.

2. Tela

Além de um nível de performance abismal, o ROG Strix Scar 18 também se destaca na tela. Com 18 polegadas e resolução Quad HD+ (2.560x1.600), o display trabalha com um painel do tipo Mini LED, que favorece cores mais vibrantes e, principalmente, oferece tons de preto mais pretos e um nível de realismo maior. Assim como apontado em nossa análise, a tela do Scar 18 é simplesmente a melhor que já pude utilizar.

Fora o tipo de painel, a tela também conta com taxa de atualização alta de 240 Hz e tempo de resposta de apenas 3ms. Para mais acuracidade nas cores, há a cobertura de 100% da gama DCI-P3 e validação Pantone. Recursos adicionais, como o NVIDIA G-SYNC, Dolby HDR Vision e o MUX Switch + NVIDIA Advanced Optimus para troca inteligente entre GPU integrada e dedicada no sistema.

Continua após a publicidade

3. Visual 

Mesmo que o conceito de beleza seja subjetivo e boa parte dos jogadores só esteja preocupada em comprar uma máquina potente, o visual é um ponto de atenção. Felizmente, o ROG Strix Scar 18 sabe muito bem como mesclar a linguagem visual séria de um produto parrudo, com muitos LEDs RGB para deixar tudo mais colorido, vivo e atraente em qualquer setup.

A região traseira do notebook conta com o logo da ROG em RGB, além de uma faixa luminosa no chassi. Já na parte frontal, o teclado é totalmente retroiluminado e há ainda mais uma faixa lotada de cores. Tudo isso pode ser completamente customizado através do software Armoury Crate, instalado por padrão no dispositivo. 

Continua após a publicidade

4. Sistema de resfriamento 

O combo RTX 4090 e Core i9-14900HX passa a sensação de muito poder e desempenho, mas por trás de tanta performance sempre há muito aquecimento e temperaturas altas. Essa era a minha ideia sobre o notebook até realizar meus testes e pude comprovar que a Asus caprichou em toda a estrutura de arrefecimento presente neste dispositivo.

Tanto a CPU quanto a GPU possuem uma camada de metal líquido aplicado para conduzir o calor até duas ventoinhas de 84 pás, interligadas por sete condutores de cobre. Um dos destaques fica para a terceira ventoinha, posicionada no centro do notebook. Esse sistema, chamado de Tri-Fan, auxilia bastante na circulação de calor e torna o chassi menos quente, reduzindo as temperaturas de forma considerável.

Continua após a publicidade

5. Conectividade 

Por ter um tamanho bem avantajado, a Asus não teve problemas em inserir um bom leque de portas e conexões no ROG Strix Scar 18, embora tenha se esquecido de inserir um leitor para cartão SD. Contudo, o saldo ainda é bem positivo para esse notebook.

Na lateral direita há duas entradas USB 3.2 Gen2 Tipo-A, enquanto na parte esquerda ficam dois USB Tipo-C 3.2 Gen2 com suporte ao Thunderbolt 4 (um deles compatível com Power Delivery), HDMI 2.1, conexão de internet RJ45 e porta para fone/microfone. O fato de as conexões USB-C serem compatíveis com o Thunderbolt 4 também significa que os usuários podem usar essas entradas como saída de vídeo em certos monitores.

Continua após a publicidade