Publicidade

Bard muda de nome para Gemini e ganha app para celular

Por| 08 de Fevereiro de 2024 às 10h00

Link copiado!

Divulgação/Google
Divulgação/Google
Tudo sobre Google

O chatbot de IA Bard, do Google, mudou de nome e passa a se chamar Gemini a partir desta quinta-feira (8), confirmando os rumores desta semana. A novidade foi anunciada em coletiva de imprensa pela Gigante de Mountain View e não vem sozinha: agora, o chatbot de IA generativa tem um app dedicado para Android (que inclusive pode substituir o Google Assistente no seu celular) e está disponível no app Google para iPhone. Também foi revelado o Gemini Advanced, versão mais parruda da IA disponível por meio de assinatura paga.

O movimento realizado pelo Google lembra o caminho tomado pela Microsoft recentemente: após lançar o Copilot, a companhia renomeou o Bing Chat para Copilot a fim de unificar todas as suas iniciativas de IA generativa para o consumidor final em torno de uma marca única. 

Sai Bard, entra Gemini

Continua após a publicidade

Originalmente, Gemini é o modelo fundacional de IA lançado pelo Google em dezembro de 2023. Ele trouxe recursos avançados para a criação de códigos de programação e resolução de problemas matemáticos e já vinha sendo usado no Bard desde então

Agora tomando de vez o lugar do Bard, a IA do Google pode ser acessada pelo navegador, via app dedicado para Android e direto no app do Google para iOS. Em termos de recurso, nada mudou e o Gemini realiza as mesmas tarefas que você já fazia com o Bard: criar imagens, textos, códigos e tabelas, resolver questões matemáticas, pesquisar na web, analisar informações de vídeos do YouTube e muito mais.

O Gemini tem suporte a comandos em formato de texto, áudio e imagem, ou seja, você pode combinar diferentes tipos de solicitações para realizar ações com essa inteligência artificial.

Continua após a publicidade

Gemini Advanced

Outra novidade é que o sistema que vinha sendo chamado de “Bard Advanced”, uma versão superior da IA movida pela tecnologia Gemini Ultra prometida pelo Google desde dezembro de 2023, mudou de nome para “Gemini Advanced” — em suma, o Google aposentou de vez a marca “Bard”.

“Estamos criando todo um ecossistema novo em cima do Gemini e a ideia é simplificar para as pessoas”, explicou a vice-presidente e diretora-geral do Google Assistente e do Bard Sissie Hsiao.

O Gemini Advanced usa o modelo de IA mais potente (a versão gratuita usa o Gemini Pro) e está disponível como um dos benefícios do novo plano AI Premium do Google One. A modalidade custa a partir de R$ 96,99 por mês e garante ainda 2 TB de espaço nos serviços Google, recursos avançados no Google Fotos, no Meet e no Google Agenda e a IA do Gemini no Gmail e nos apps de produtividade (Docs, Planilhas e Apresentações).

Continua após a publicidade

Gemini como assistente virtual

O Google Assistente ganhou a "concorrência" do Gemini no Android. Isso porque o aplicativo dedicado pode ser ativado como assistente virtual padrão e até mesmo responder ao comando “ei, Google” ou "ok, Google" para ser acionado sem toque.

O app do Gemini vai funcionar de maneira semelhante ao que você já faz com o Assistente, porém com o reforço de ser movido por uma inteligência artificial de ponta. A promessa aqui é de mais recursos e também mais fluidez na comparação com o que se tem hoje com auxiliar que é rival da Siri e da Alexa.

Continua após a publicidade

O “balde de água fria” para o público brasileiro é que ele só aceita comandos em inglês por enquanto e só está disponível nos EUA.

No iPhone, o Gemini está disponível como chatbot de IA apenas e diretamente no aplicativo do Google para iOS. Ao menos por enquanto, nada de aplicativo dedicado da inteligência artificial para o sistema rival do Android.

Duet AI também vira Gemini

Seguindo na ideia de unificar tudo em torno daquela que provavelmente é a sua marca mais forte quando falamos de IA, o Google também abandonou o nome Duet AI. Como você deve imaginar, agora a tecnologia se chama apenas “Gemini”.

Continua após a publicidade

Para quem não se lembra, a Duet AI foi anunciada em maio de 2023 pelo Google como solução de IA generativa para os apps de produtividade da companhia. Disponível para o público desde agosto do ano passado, ela era responsável por criar textos no Docs, slides no Apresentações e planilhas no Planilhas (jura?), além de auxiliar na redação de mensagens no Gmail.

Disponibilidade

Como citado anteriormente, por enquanto o aplicativo do Gemini (Android) está disponível apenas nos Estados Unidos para interações em inglês. Na semana que vem, ele será lançado na região do Pacífico asiático com suporte para japonês e coreano. O Google confirmou que suporte a outros idiomas estarão disponíveis em breve, porém não deu qualquer pista de quando isso deve acontecer.

Continua após a publicidade

Já a versão web do Gemini pode ser acessada em gemini.google.com