Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple e OpenAI voltam a negociar uso do ChatGPT como IA do iPhone

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 29 de Abril de 2024 às 14h23

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Tudo sobre Apple

A Apple voltou a analisar suas opções no segmento de inteligência artificial e retomou as conversas com a OpenAI para utilizar o modelo de linguagem do ChatGPT na próxima geração do iPhone, segundo informações obtidas pelo site Bloomberg. De acordo com a reportagem, a Gigante de Cupertino procura uma parceria para oferecer um chatbot de IA no iOS 18, mas ainda não tomou uma decisão entre as concorrentes de mercado.

A expectativa é que a Apple anuncie novidades sobre a próxima geração do iPhone e seu sistema operacional no evento WWDC 2024, marcado para a semana de 10 a 14 de junho.

IA para iPhone

Continua após a publicidade

Após ficar de fora da corrida inicial no desenvolvimento de modelos de inteligência artificial na esteira do sucesso do ChatGPT, a Apple começou a apresentar as suas soluções e dar pistas sobre seus futuros lançamentos.

Em fevereiro, o CEO Tim Cook afirmou que a empresa lançará a sua IA generativa ainda em 2024, sem dar maiores explicações sobre o produto. Nos meses seguintes, a Apple anunciou o lançamento de um LLM chamado ReALM, capaz de rodar localmente nos aparelhos, e de outro chamado OpenELM — “uma família de modelos de linguagem eficientes de código aberto”, informou a companhia na ocasião.

Esses lançamentos indicam que a Apple deve utilizar os seus modelos próprios para rodar algumas aplicações de IA no próximo iPhone localmente (sem necessidade de conexão com a internet). No entanto, a busca pela tecnologia de terceiros sugere que outras soluções são necessárias para realizar tarefas mais complexas.

Chatbot para o iPhone

Segundo a Bloomberg, a Apple procura uma parceria para alimentar um recurso de chatbot semelhante ao ChatGPT da OpenAI, com capacidade de gerar imagens e textos extensos. Essa busca está relacionada ao fato de que as ferramentas da OpenAI e do Google estão mais avançadas em termos de processamento e volume de treinamento.

“A Apple ainda não tomou uma decisão final sobre quais parceiros usará e não há garantia de que um acordo será fechado. É possível que a empresa finalmente chegue a um acordo com a OpenAI e o Google – ou escolha outro fornecedor”, informa a publicação.

Vale notar que essas conversas da Apple com empresas proprietárias de IA tiveram início no começo do ano, mas sem avanços. Além de Google e OpenAI, a empresa da Maçã chegou a conversar também com a Anthropic, startup dona da IA Claude, nesse primeiro trimestre.

Continua após a publicidade

A retomada das negociações reaquece as especulações sobre a próxima geração de iPhone e quais recursos de IA a empresa poderá apresentar aos seus consumidores.

Fonte: Bloomberg