Canaltech de malas prontas: o que esperar da IFA 2013?

Por Igor Lopes | 03 de Setembro de 2013 às 17h37

Apesar de CES e Mobile World Congress, que acontecem em janeiro e fevereiro, sempre virem no topo da lista de eventos de tecnologia no mundo, uma terceira feira vem ganhando cada vez mais espaço no mapa: é a IFA (sigla para Internationale Funkausstellung), que acontece todo mês de setembro em Berlim, Alemanha. Com um ritmo de lançamentos cada vez mais acelerado, as empresas têm escolhido a feira europeia como palco principal para os anúncios de produtos do segundo semestre, já que guardar essas novidades debaixo do pano por seis meses até a próxima CES não parece mais algo muito interessante no mercado atual.

Quase todas as gigantes da tecnologia (com exceção da Apple, que nunca dá as caras nessas conferências) estão preparando grandes lançamentos para este ano. A equipe do Canaltech acompanhará tudo de perto e mostrará para você, nos próximos dias, reviews e hands-on exclusivos com os vários produtos que serão apresentados por lá. A partir de quarta-feira (04), algumas empresas já começam a fazer seus anúncios em coletivas de imprensa, e na sexta-feira (06) o evento abre suas portas para o público.

Acreditamos que as palavras de ordem dessa IFA serão "smartwatch" e tecnologias vestíveis em geral. TVs curvas com a tecnologia OLED, além de monitores 4K, também devem compor o cenário dessa edição. E você, quais as suas apostas para a IFA 2013?

Samsung e Sony: as estrelas dessa edição?

Na IFA do ano passado, Samsung e Sony conseguiram atrair muitos holofotes para seus lançamentos. A sul-coreana apresentou o Galaxy Note II, assim como o primeiro smartphone baseado em Windows 8. Já a Sony nos mostrou um trio de smartphones da linha Xperia, assinalando que ela estava, sim, interessada em desenvolver sua tecnologia móvel após assumir o controle total da Sony Ericsson.

Este ano, a história das duas gigantes deve se repetir. Já na quarta-feira, em sua coletiva de imprensa, a Samsung vai mostrar ao mundo o Galaxy Gear. A empresa já disse que ele não terá tela flexível, mas será um bom acompanhante para o seu smartphone Android (apesar do relógio em si não ser baseado em Android), principalmente durante os exercícios. Ele também mostrará notificações em texto, permitirá o controle de ligações, entre outras funções. O Galaxy Note 3, versão maior e melhor do dispositivo mostrado no ano passado, também será mostrado na ocasião. E ainda tem uma TV 4K de "apenas" 98 polegadas. Será que ela cabe na sua sala (e no seu bolso)?

A Sony mostrará o SmartWatch 2 (sim, já existiu uma primeira versão em 2012, apesar de ninguém ter dado muita bola para o gadget). O dispositivo roda Android e já estará disponível no mercado este mês. Mas o maior lançamento da japonesa na IFA será mesmo o Xperia Z1, smartphone a prova d´água com uma possível câmera de 20 megapixels, capaz de gravar vídeos em 4K (pelo menos estes são os boatos até o momento!).

TVs, híbridos, phablets e mais

Lenovo, LG, Toshiba e várias outras fabricantes prometem Ultrabooks que trabalham cada vez mais com os cinco sentidos do ser humano. Telas táteis, câmeras que reconhecem o usuário, mais rapidez no processamento são alguns dos recursos que se tornarão corriqueiros. Os híbridos (Ultrabooks que também são tablets) e os phablets (gadgets no meio do caminho entre smartphones e tablets) devem ganhar novos lançamentos, com o HTC One Max liderando essa última lista. A taiwanesa aposta em uma versão ainda maior (5,9") e mais potente (processador Snapdragon 800) que seu irmãozinho HTC One. A LG também voltará a produzir um novo tablet, o LG G Pad 8.3. Desde 2011 a sul-coreana não lançava um gadget nesse formato, mas aposta pesado na novidade como um concorrente para o iPad Mini.

Disputa de atenção: o lançamento do novo iPhone

Apesar de não estar fisicamente presente na feira, o "fantasma" da Apple deverá pairar pelos corredores do Messe, em Berlim, durante todo o tempo. É que a Maçã prepara o lançamento de seu iPhone 5S para o dia 10 de setembro – quando a feira alemã ainda ocupa o pavilhão berlinense. Certamente, a novidade estará presente nas rodinhas, com muitos apostando em uma boa surpresa vinda de Cupertino.

Talvez por isso, grandes chinesas como ZTE e Huawei, que fizeram bons lançamentos em fevereiro na MWC, não parecem estar se movimentando fortemente para a IFA. Em meio a todas as mudanças administrativas recém-anunciadas, Nokia também não parece preparar nada especial para o evento, e isso significa, provavelmente, que Microsoft também estará fora do radar. Um bom lançamento da Apple poderia representar desperdício de força e investimentos em anúncios de smartphones dessas marcas, que certamente ficariam à sombra da Maçã.

Preparem-se para dias agitados!

Esse resumão deve ter dado uma ideia do que nos espera, certo? Conheceremos uma nova categoria de devices (smartwatches), veremos telas e imagens ainda mais impressionantes (tecnologia 4K), e também seremos apresentados a um monte de novos smartphones. Fique ligado e venha para essa brincadeira conosco a partir de quarta-feira. :)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.