Novo Snapdragon 8cx Gen 2 traz suporte a 5G e mira o mercado de PCs

Por Rubens Eishima | 03 de Setembro de 2020 às 07h40
Qualcomm
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

A fabricante Qualcomm anunciou nesta quinta-feira (3), durante conferência na IFA 2020, a sua nova iniciativa para “PCs sempre conectados”. O Snapdragon 8cx Gen 2 5G promete autonomia para um dia inteiro em notebooks e, como o nome indica, oferece um modem 5G para conexões de nova geração aos dispositivos.

A nova plataforma da Qualcomm é apresentada como uma solução para notebooks e dispositivos 2-em-1 que precisam de conexão em qualquer lugar, aproveitando o modem 4G ou 5G do aparelho. O timing do anúncio parece perfeito para a atual situação de pandemia, com muitas empresas incentivando o trabalho remoto de seus funcionários.

Entre as vantagens do processador estão o baixo consumo de energia que, além da promessa de maior autonomia de uso, permite o uso em aparelhos mais compactos e portáteis, dispensando ventoinhas e saídas de ar para refrigeração.

Acer Spin 7 deve ser um dos primeiros dispositivos equipados com o Snapdragon 8cx Gen 2 (imagem: Acer)

Segundo a fabricante, aparelhos equipados com o novo processador devem chegar ao mercado ainda neste ano. A Acer anunciou uma atualização da família de notebooks 2-em-1 Spin 7 equipada com o Snapdragon 8cx Gen 2, mas não informou uma estimativa de preço ou data de lançamento para o modelo.

Agora vai?

O Snapdragon 8cx original foi anunciado no final de 2018, junto com o chip Snapdragon 855, como opção para notebooks e tablets de alto desempenho, mas não foi exatamente um sucesso de mercado.

Apesar da promessa de desempenho equivalente a CPUs intermediárias da Intel, o chip foi usado quase que exclusivamente em notebooks voltados para o segmento corporativo — onde a conexão celular é um recurso interessante —, como o Samsung Galaxy Book S e alguns modelos da Lenovo.

Um dos empecilhos para a popularização do processador está no fato de que sua arquitetura de processamento, a ARM, requer o uso de emulação para executar aplicativos tradicionais do Windows — desenvolvidos para a arquitetura x86 —, comprometendo o desempenho e a eficiência dos aparelhos.

Apesar dos esforços da Qualcomm e da Microsoft para diminuir o impacto da “tradução” dos aplicativos entre as arquiteturas, alguns programas ainda não são compatíveis com a versão ARM do Windows, caso dos apps 64-bit criados para os processadores Intel e AMD no sistema.

Melhoria discreta

No papel, as especificações do novo Snapdragon 8cx são praticamente as mesmas da primeira geração, com oito núcleos de processamento Kryo 495 e fabricação no processo de 7 nm. Até mesmo o modem 5G não chega a ser uma novidade, pois o recurso foi oferecido em notebooks com a primeira geração do chip lançados neste ano. A Qualcomm não listou comparações de desempenho entre as gerações, mas o novo chip inclui suporte a Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1, enquanto a primeira geração lista apenas Wi-Fi 5 (11ac) e BT 5.0.

Assim como o 8cx original, a segunda geração inclui um modem 4G e oferece a opção de uso com um modem Snapdragon X55 externo, que inclui suporte a redes 5G sub-6 Ghz e mmWave. O conjunto promete velocidades de até 7 Gbps para download e 3 Gbps para upload, superiores à maioria das conexões banda larga disponíveis.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.