Nvidia anuncia RTX A5500 de 24 GB e novas GPUs mobile para profissionais

Nvidia anuncia RTX A5500 de 24 GB e novas GPUs mobile para profissionais

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 22 de Março de 2022 às 14h00
Divulgação/Nvidia

Inseridas entre as novidades anunciadas pela Nvidia na GTC 2022, a gigante revelou uma série de novas GPUs para workstations baseadas na microarquitetura Ampere. O destaque vai para a RTX A5500, nova solução premium da companhia para desktops posicionada entre a RTX A5000 e a RTX A6000, mas há ainda uma série de novos modelos dedicados a notebooks.

Nvidia anuncia RTX A5500 com 24 GB de memória

Equivalente da GeForce RTX 3080 Ti em especificações, mas focada em cientistas de dados, modeladores 3D, desenvolvedores de games e outros profissionais, a RTX A5500 vem equipada com chip GA102, munido de 10.240 núcleos CUDA, 80 RT Cores para Ray Tracing e 320 Tensor Cores para Inteligência Artificial.

Com clocks de 1.665 MHz e acompanhado de 24 GB de RAM GDDR6, com correção de erros (ECC) e largura de banda de 768 GB/s, o conjunto promete entregar até 24,1 TFLOPs de poder computacional em precisão simples (FP32). Também é possível combinar duas placas através do conector NVLink, atingindo assim os 48 GB de memória.

Equivalente da RTX 3080 Ti, a nova RTX A5500 promete altíssimo desempenho para modelagem, desenvolvimento de jogos, análise de dados e mais (Imagem: Nvidia)

Segundo a Nvidia, a novidade entrega 3 vezes mais poder computacional, 2 vezes melhor desempenho com Ray Tracing e 12 vezes melhor performance em treinamento de IA, com suporte a dados nos formatos TF32 e Bfloat16, que a geração anterior. A empresa não especifica qual seria o modelo referido, mas é possível que se trate da Quadro RTX 5000, cujas especificações correspondem a menos de um terço da RTX A5500.

O lançamento é visualmente semelhante a outros modelos da família de placas para profissionais da companhia, com acabamento em preto e dourado, e refrigeração com ventoinha no estilo blower, ideal para os clocks mais modestos e para as máquinas em que a placa será instalada.

Novos GPUs profissionais para notebook são revelados

A Nvidia também anunciou seis novos modelos para workstations portáteis, começando pela versão mobile da RTX A5500. Assim como as GPUs gamer da marca, a solução profissional não corresponde ao mesmo nível de processamento do modelo para desktops, sendo na verdade uma equivalente da RTX 3080 Ti para notebooks.

O chip por aqui é o GA103S, com 7.424 núcleos CUDA, 58 RT Cores e 232 Tensor Cores, acompanhados de 16 GB de memória GDDR6, com largura de banda de 512 GB/s. A novidade opera com clocks de até 1.663 MHz, entregando assim até 24,7 TFLOPs de poder computacional em precisão simples (FP32).

Logo abaixo dela está a versão mobile da RTX A4500, lançada para desktops em novembro de 2021, com o mesmo chip GA103S, mas trazendo menor quantidade de núcleos. Equivalente à RTX 3070 Ti para notebooks, a solução embarca 5.888 núcleos CUDA, 46 RT Cores, 184 Tensor Cores e 16 GB de RAM GDDR6, com largura de banda de 512 GB/s. Operando a 1.570 MHz, o chip oferece 18,5 TFLOPs de poder computacional em FP32.

Tanto a RTX A5500 quanto a RTX A4500 para notebooks utilizam o chip GA103S, mesmo presente nos modelos gamer RTX 3080 Ti e RTX 3070 Ti mobile (Imagem: Geekerwan/YouTube)

Inédita na família profissional da Nvidia, a RTX A3000 não possui uma equivalente direta entre as GPUs gamer da marca, mas é semelhante à RTX 3060 em potência. O modelo oferece 4.096 núcleos CUDA, 32 RT Cores, 128 Tensor Cores e 12 GB de VRAM GDDR6, com largura de banda de 336 GB/s. Em poder computacional, são entregues 14,1 TFLOPs em FP32, com clocks de até 1.721 MHz.

Para o segmento de entrada, a Nvidia revelou a RTX A2000, cujas especificações se assemelham às da RTX 3050 Ti, mas havendo vantagem em termos de memória. São 2.560 núcleos CUDA, 20 RT Cores, 80 Tensor Cores e 8 GB de VRAM GDDR6, com largura de banda de 224 GB/s, além de poder computacional de 9,3 TFLOPs, em velocidade máxima de operação de 1.816 MHz.

Por fim, foram lançadas as básicas RTX A1000 e RTX A500, que equivalem à RTX 3050 e RTX 2050, respectivamente. Ambas trazem especificações similares, mas há uma vantagem na largura de banda do modelo mais potente, ponto que deve afetar significativamente algumas cargas de trabalho.

As novas Nvidia RTX A para notebooks equiparão notebooks de marcas como Acer, ASUS, Dell e MSI (Imagem: Nvidia)

Ambas contam com 2.048 núcleos CUDA, 16 RT Cores, 64 Tensor Cores e 4 GB de RAM GDDR6, mas com largura de banda de 224 GB/s na RTX A1000, e de apenas 112 GB/s na RTX A500. Com clock máximo de 1.831 MHz, a variante mais poderosa oferece até 7,5 TFLOPS de processamento em FP32, enquanto o chip mais básico atinge velocidades de 1.782 MHz para apresentar 7,3 TFLOPs de poder computacional.

Assim como o restante da família de placas profissionais da empresa, todas as GPUs anunciadas hoje têm acesso às ferramentas de desenvolvimento da Nvidia e utilizam drivers especiais otimizados pelas parcerias de software, com melhorias dedicadas a aprimorar a estabilidade e a performance dos componentes em programas como Unity Engine, Unreal Engine, Autodesk Maya, AutoCAD e muitos outros.

Preço e disponibilidade

A Nvidia RTX A5500 já está à venda através dos distribuidores oficiais da marca pelo mundo, mas não teve um preço oficial revelado. A placa também será disponibilizada como opção em máquinas pré-montadas no segundo trimestre de 2022.

Enquanto isso, a nova linha de GPUs profissionais da Nvidia para notebooks está prevista para estrear durante a primavera do hemisfério norte (outono brasileiro), ainda sem datas mais precisas, em laptops de parceiras como Acer, ASUS, Dell, HP, Lenovo, MSI e outras.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.