O Exorcista | Universal paga valor assombroso pela nova trilogia de terror

O Exorcista | Universal paga valor assombroso pela nova trilogia de terror

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 27 de Julho de 2021 às 23h00
Warner Bros.

A retomada do clássico O Exorcista está levando a Blumhouse de produtora independente a selo de terror blockbuster. A marca popularizada pelo sucesso de Corra! e Uma Noite de Crime, ambos de baixo orçamento, pode ter ficado alguns milhões mais cara. Segundo informações da Variety, a Universal desembolsou US$ 400 milhões (equivalente a mais de R$ 2,06 bilhões) para comprar as novas histórias de possessão.

Além disso, também surgiu a informação de que, assim como Halloween, a sequência do clássico de William Friedkin não será apenas um filme, mas uma nova trilogia. Com a compra, a Universal planeja lançar os títulos na sua própria plataforma de streaming, o Peacock. Tem mais novidades? Tem! Ellen Burstyn, que interpretou a mãe da protagonista Regan no primeiro filme, retornará como Chris MacNeil.

Imagem: Reprodução/Warner Bros.

Para o revival, a Blumhouse repete a parceria com David Gordon Green, que conseguiu se firmar como raiz do slasher contemporâneo sem macular a importância histórica do filme de John Carpenter. Além dessas duas franquias pesadíssimas, o cineasta também irá dirigir a anunciada série Hellraiser.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com previsão de estreia para 13 de outubro de 2023 nos EUA, o novo Exorcista já é uma das grandes apostas da Universal para o mês do terror, quando estreiam os principais títulos do ano. Ainda não há informações sobre as demais sequências, mas a Variety aponta que é provável um lançamento diretamente nas plataformas de streaming, sem passar pelos cinemas.

Com o gasto de US$ 400 milhões, a Universal colocou sua marca entre as somas mais comentadas dos streamings, que incluem os US$ 450 milhões pagos pela Netflix pela sequências de Entre Facas e Segredos e os US$ 200 milhões gastos pelo Prime Video para adquirir A Guerra do Amanhã.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.