Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O filme do Silvio Santos usou a mesma fonte da Sega?

Por| Editado por Durval Ramos | 10 de Abril de 2024 às 17h46

Link copiado!

Paramount Pictures
Paramount Pictures

Desde que as primeiras informações sobre Silvio começaram a aparecer, parte do público começou a notar uma estranha semelhança. No pôster do longa biográfico sobre Silvio Santos, focado em seu sequestro e com Rodrigo Faro (Hora do Faro) no papel principal, está uma fonte bem conhecida dos fãs de games. O tipo é o mesmo usado há mais de 30 anos pela SEGA, fabricante do saudoso Mega Drive e dona de personagens como Sonic.

Quem teve a infância entre os anos 1980 e 1990, aliás, está bem acostumado a ver a fonte, composta por linhas retas e curvas colocadas lado a lado. Ela é destaque nas aberturas mais icônicas dos games da época e pode ser encontrada até hoje, tanto na adaptação de Sonic para o cinema, quanto em outras marcas da SEGA atual, como as franquias Persona e Like a Dragon, antiga Yakuza.

Continua após a publicidade

A “fonte da SEGA”, entretanto, não pertence à empresa, apesar de ser diretamente associada a ela. Agora usada no logo de Silvio, ela se chama Yagi Double e foi desenhada em meados de 1960 pelo designer Teruoki Yagi. O tipo é parte de uma família maior de opções de letras que levam o nome do criador e apareceu pela primeira vez na biblioteca americana FotoStar, focada na indústria do entretenimento.

A fonte da SEGA, mas também da tecnologia (nos anos 80)

A associação direta com a responsável pelo Sonic e o noticiário contribuem, ao mesmo tempo, para a popularização do título e seu desuso. Afinal de contas, como a produção de Silvio testemunhou de perto nas últimas semanas, não é tão interessante ver uma marca nova sendo associada a algo tão consagrado, o que faz com que ela se torne menos marcante de forma individual.

Os anos 1980, entretanto, representaram o ápice do sucesso da Yagi Double. As linhas longas e curvas bem definidas a tornaram uma preferência da época para produtos tecnológicos ou que queriam passar um ar arrojado ou avançado — isso, aliás, explica a escolha da SEGA pelo tipo ao criar uma das marcas mais clássicas do mundo dos games.

No caso de Silvio, mais especificamente, a associação aparece no caráter de vinhetas antigas da televisão, sempre cheias de elementos metalizados, brilhos e cores fortes. A ideia, como demonstrou a ilustradora Juliana Garcia, também está presente nos logos usados pela HBO, Globo e, claro, SBT. Até hoje, aliás, ela é usada pela rede de notícias americana CNN, também presente no Brasil.

Esse aspecto também resultou em uma preferência da indústria da música pela fonte. Dois anos antes da SEGA a utilizar, a Yagi Double podia ser vista na capa do álbum The Body and Soul of Tom Jones, de 1973. Outros exemplos são os discos Rhythms of the World, de Van McCoy, e A Touch of Brass, do conjunto de metais The Canadian Brass.

Continua após a publicidade

Outro exemplo notório, pelo menos no exterior, é o da franquia Micronauts. Nos quadrinhos, a franquia de heróis subatômicos usava uma versão mais alongada da fonte, enquanto linhas de brinquedos traziam seu formato tradicional. Livros de ficção científica e uma série de consoles portáteis da Mattel, lançados entre 1970 e 1980, também escolheram o tipo.

A Sony também passou por isso

Vale a pena lembrar, ainda, de outro caso curioso ocorrido nos anos 2000, com uma relação ao contrário. Quem acompanhou o lançamento do PlayStation 3 deve se lembrar dos comentários sobre o uso da “fonte do Homem-Aranha” na versão original do console, lançada em 2006 e hoje lembrado como PS3 Fat. Foi uma escolha consciente, aliás.

Continua após a publicidade

Ela foi tomada pelo então presidente da Sony Computer Entertainment, Ken Kutaragi, como uma das primeiras decisões de design relacionada ao novo console. Aqui, porém, o reuso aconteceu dentro de casa, já que os filmes originais do Homem-Aranha, dirigidos por Sam Raimi, também foram produzidos pela empresa. Foi ela quem licenciou a fonte, desenvolvida pelo designer Greg Samata, e retém seu uso exclusivo até hoje.