Publicidade

X-Men '97 | A abertura clássica é um plágio de uma música brasileira?

Por| Editado por Durval Ramos | 20 de Março de 2024 às 13h05

Link copiado!

Marvel Animation
Marvel Animation
Tudo sobre Marvel

Um dos temas mais clássicos da animação dos anos 1990 voltou a tocar no Disney+ com a estreia de X-Men '97. A nova versão, que serve como uma continuação direta do antigo desenho dos mutantes, também reviveu uma discussão antiga sobre o possível plágio da música de abertura, com duas acusações desse tipo rondando a produção.

Uma delas, inclusive, está relacionada a uma canção do brasileiro Hermeto Pascal, enquanto a outra foi motivo de um processo iniciado na justiça dos Estados Unidos em 2019. Em ambos os casos, estão semelhanças importantes com a clássica canção-tema dos mutantes, lembrado ainda mais do que o próprio desenho e trilha sonora das manhã de desenho animado de toda uma geração.

Continua após a publicidade

Nenhum dos casos parece definido, enquanto alguns dos envolvidos no suposto plágio parecem não se importar tanto com isso. Conheça cada história e tire suas próprias conclusões, então:

Um clássico nacional

O caso brasileiro está relacionado à música Papagaio Alegre, lançada em 1984 por Hermeto Pascoal e parte do álbum Lagoa da Canoa, Município de Arapiraca. A similaridade é clara já nos primeiros segundos da canção, com os clássicos acordes da abertura de X-Men aparecendo após uma introdução de baixo.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Os comentários sobre a “semelhança” são antigos e, em 2022, o perfil oficial de Pascoal brincou com o caso no Instagram. A pergunta lançada aos fãs envolve “inspiração ou acaso universal”, com a conta deixando na mão dos seguidores decidir se a composição de Ron Wasserman para o desenho original foi influenciada pela obra do músico brasileiro.

O próprio Pascoal, porém, não parece se importar muito com o assunto. Em entrevista ao site Metrópoles, ele diz acreditar que o músico conhece sua obra e fez uma variação na abertura de X-Men, mas em um tom menor; sobre o eventual plágio, porém, o músico pede que os fãs “não esquentem a cabeça” e deixem o assunto para lá.

Advogados em contato

Continua após a publicidade

Mais séria, porém, foi a acusação feita por Zoltan Krisko, administrador do espólio do pianista húngaro Gyorgy Vulkan. Em um processo iniciado na justiça americana em outubro de 2019, ele acusa a Marvel e a Fox de terem plagiado uma composição do músico que serve de tema para o seriado de ação Linda, que foi ao ar na Hungria entre 1984 e 1989.

Na ocasião, até mesmo empresas de streaming que tinham o desenho animado dos X-Men em seu catálogo, como Apple, Amazon e Disney, foram acionadas judicialmente. No processo, Krisko afirma que o tema teve papel importante no sucesso da animação, enquanto seus criadores estiveram em contato com o cinema húngaro em meados dos anos 1980, quando teriam decidido “importar” a composição para os EUA.

Continua após a publicidade

A trama se tornou mais complexa ainda em outubro de 2019, quando um podcaster especializado em soul music chamado Francesco Rota indicou que as duas composições teriam raízes em comum. A origem seria a canção The Cool Look, publicada em 1982 pelo artista Francesco Ruffino como parte de uma compilação chamada Glamour & Romance.

A descoberta afastaria ainda mais qualquer acusação, já que a canção é parte de uma biblioteca licenciada para uso, justamente, em filmes e programas de TV. A conclusão de Rota é que tanto o tema de Linda quanto o de X-Men seriam covers de The Cool Look e não podem ser categorizadas como plágios. Até o momento de publicação, não há informações sobre o andamento do processo movido por Krisko.

Continua após a publicidade

Em tempo: há quem diga ainda que há mais uma inspiração oculta no famoso tema de Wasserman para os X-Men, que chegou a aparecer até mesmo em filmes do MCU, o Universo Cinematográfico da Marvel. A influência aqui seria da eterna Whitney Houston, no refrão da canção I’m Your Baby Tonight, lançada em 1990 e que também dá nome ao terceiro álbum de estúdio da cantora.

Em X-Men '97, a clássica música-tema aparece em uma nova versão. Enquanto o caráter original é preservado, ela vem modernizada e é creditada a Haim Saban e Shuki Levy, que também estão nos créditos sonoros do desenho original. A nova temporada, com 10 capítulos, está disponível no Disney+.

Fonte: Com informações do Metrópoles.