Kia Stonic entra em pré-venda no Brasil; veja quanto vai custar o SUV híbrido

Kia Stonic entra em pré-venda no Brasil; veja quanto vai custar o SUV híbrido

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 22 de Outubro de 2021 às 16h10
Divulgação/Kia

A Kia cumpriu a promessa de trazer novidades para o Brasil e, nesta sexta-feira (22), iniciou a pré-venda de um dos novos carros que darão a cara em nosso mercado em novembro. Ao contrário do que muitos apostaram, no entanto, não foi o SUV Niro quem apareceu primeiro, e sim o Stonic. Considerado um mini-SUV, o modelo já está à venda nas concessionárias da marca sul-coreana e vem com a promessa de brigar no segmento.

Apesar do preço estipulado ser mais alto do que o dos principais concorrentes, o Volkswagen Nivus e o recém-lançado Fiat Pulse, o Kia Stonic tem um trunfo muito interessante ao seu favor: conta com uma motorização híbrida, combinando um motor a combustão com um elétrico. Por conta disso, pode abocanhar uma fatia de mercado composta por consumidores cada vez mais voltados para o lado sustentável.

Um ponto importante a respeito do lançamento é que ele não se encaixa na categoria híbrido plug-in. Isso quer dizer que a recuperação de energia não é feita na rede elétrica externa, e sim por meio de desacelerações e frenagens. De acordo com a marca, o modelo disponibilizado pelo mercado brasileiro terá sob o capô o motor Kappa de três cilindros, 1.0 turbo GDI a gasolina, combinado com o sistema híbrido MHEV de 48V.

A mistura irá gerar potência de 120 cavalos e torque de 20,5 kgf/m. O câmbio será automatizado, de dupla embreagem, com sete marchas. Vale lembrar que, a exemplo do Niro, o Kia Stonic também já tem registro no Inmetro. De acordo com o órgão, o mini-SUV apresentou consumo médio de 13,3 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada com gasolina, o que lhe rendeu nota B no Programa Brasileiro de Etiquetabem (PBE). Em relação às emissões, a nota foi a máxima: A.

Preço e acabamento

Imagem: Divulgação/Kia

Como dissemos, o preço do Kia Stonic é mais alto do que o dos concorrentes, justamente por sua motorização ser híbrida. A marca sul-coreana anunciou o lançamento em pré-venda por R$ 149.900, em versão única. A ideia é encaixar o Stonic abaixo do Sportage, que é vendido no mercado por a partir de R$ 174 mil. Os rivais, na visão da marca, são o VW Nivus, que tem preço máximo de R$ 118.650, e o Fiat Pulse, que custa entre R$ 79.900 e R$ 115.900.

As demais especificações e imagens divulgadas pela Kia mostram que o Stonic realmente tem potencial para cair no gosto do consumidor brasileiro. O conjunto óptico combina faróis, luzes diurnas e lanternas em LED, com uma identidade visual característica da marca. As rodas de 16 polegadas são de liga leve e o porta-malas comporta 352 litros.

Por dentro, há detalhes cromados e em preto brilhante. O quadro de instrumentos, de 4,2 polegadas, conta com display TFT, enquanto a central multimídia, de 8 polegadas, tem tela sensível ao toque e compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay.

O capricho nos detalhes não é à toa, como deixou claro o presidente da Kia Brasil, José Luiz Gandini, ao sintetizar a intenção da empresa com o Stonic e os próximos lançamentos. “O Stonic será o primeiro SUV híbrido compacto do mercado brasileiro. E trata-se de um dos modelos Kia rumo à liderança do mercado global de veículos híbridos e elétricos”, projetou.

Fonte: Motor1, Vrum

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.