Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Toyota Corolla Cross Hybrid x GWM Haval H6 HEV | Qual o melhor SUV híbrido?

Por| Editado por Jones Oliveira | 11 de Setembro de 2023 às 16h35

Link copiado!

Felipe Ribeiro/Canaltech
Felipe Ribeiro/Canaltech
Tudo sobre Toyota

Desde o lançamento do Toyota Corolla Cross, em 2021, o mercado de SUVs tinha apenas esse modelo com opção de motorização híbrida e que custasse, no máximo, R$ 250 mil. Para conseguir um carro eletrificado no Brasil sem ser um híbrido-leve é preciso colocar a mão no bolso.

O modelo da Toyota traz consigo tudo aquilo que a montadora japonesa construiu em anos de Brasil. A confiabilidade mecânica, o conforto, o design e a competência do motor híbrido fizeram com que o Corolla Cross Hybrid dominasse o mercado de carros eletrificados no país... até a chegada de um rival de peso.

A GWM, após analisar o nosso mercado, acertou em cheio ao trazer o Haval H6 HEV como modelo que inaugurou sua entrada no país. Posicionando-o como um SUV médio, a chinesa conseguiu, por algumas vezes, emplacar o carro híbrido mais vendido do Brasil, somando com as versões híbridas plug-in de sua linha.

Continua após a publicidade

Mas o motivo para esse bom desempenho está ligado diretamente à qualidade do produto. Com muita tecnologia, conforto e desempenho, o Haval H6 HEV é o rival que o Corolla Cross nunca sonhou em ter nesse segmento. Melhor para nós.

O Canaltech já teve a chance de avaliar os dois modelos e vai te contar quem se sai melhor nesse comparativo direto.

Para descobrir, consideraremos os seguintes requisitos neste comparativo:

  • Design
  • Acabamento
  • Conforto
  • Dirigibilidade
  • Relação com a eletrificação/ consumo
  • Desempenho
  • Conectividade e Tecnologia
  • Segurança
  • Custo-Benefício

Já a pontuação será do seguinte modo:

  • Vitória: 3 Pontos
  • 2º lugar com pouca desvantagem: 2 pontos
  • 2º lugar absoluto: 1 ponto

9. Design

Continua após a publicidade

Por vezes em nossos comparativos, o design acaba desempatando disputas bem acirradas, mas, no fim, acaba sendo um pouco injusto, afinal, a aparência de um carro pode estar bem ligada ao gosto de quem está escrevendo. Mas, no caso da briga entre Corolla Cross e Haval H6, é fácil explicar por que o SUV japonês vence, por pouco, essa disputa.

Em nossa análise, consideramos que o Corolla Cross conseguiu ter personalidade própria na comparação com outros modelos dentro da Toyota, casos do próprio Corolla sedan e do RAV4. Ele é bonito e elegante, além de ter seu próprio charme. Já com o Haval H6, sentimos que ele é uma espécie de "concha de retalhos" quando pensamos em design.

Existem elementos bem parecidos que vimos em outros SUVs, de marcas variadas, e isso tira um pouco da exclusividade do SUV chinês. Ele não é feio, é bom lembrar, mas, marmita do escapamento à parte, preferimos o Corolla Cross.

  • Toyota Corolla Cross: 3 pontos
  • Haval H6 HEV: 2 pontos
Continua após a publicidade

8. Acabamento

Por aqui, sem surpresas. O GWM Haval H6 é um projeto mais moderno e que belisca os clientes do mercado premium. Isso se reflete, entre outras coisas, no acabamento, mais refinado do que no rival japonês, que recebeu decréscimos em relação ao irmão sedan, algo que destacamos em nossas análises.

Além de ter uma cabine mais bem resolvida, não há falhas grotescas como o freio de mão no pé, como acontece no Corolla Cross, além da abundância de materiais sensíveis ao toque e outros mimos, como iluminação ambiente. Mesmo com o minimalismo exacerbado, ponto para o Haval H6.

Continua após a publicidade
  • Haval H6 HEV: 3 pontos
  • Toyota Corolla Cross: 2 pontos

7. Conforto

Se nos atermos apenas ao espaço, não há como o Corolla Cross competir com o Haval H6. Vamos às medidas:

Continua após a publicidade
  • Toyota Corolla Cross: 4,46m de comprimento, 1,82m de largura, 1,62m de altura e 2,64m de distância entre-eixos;
  • Haval H6 HEV: 4,68m de comprimento, 1,88m de largura, 1,73m de altura e distância entre-eixos de 2,73m.

Na prática, o Haval H6 comprova sem dúvidas que é muito mais confortável do que o Corolla Cross, com a vida na segunda fileira de bancos sendo bem fácil, com três adultos viajando sem maiores problemas.

  1. Haval H6 HEV: 3 pontos
  2. Toyota Corolla Cross: 2 pontos
Continua após a publicidade

6. Dirigibilidade

Antes de falar da potência e de como a eletrificação atua nos SUVs, precisamos falar sobre um aspecto que faz a diferença na hora de comprar um carro: a dirigibilidade. Aqui, o Corolla Cross dá show e supera com folga o rival chinês. O segredo está na plataforma TNGA, que dá origem ao Corolla Cross e a outros modelos da montadora japonesa.

Por mais que não seja tão gostoso de dirigir quanto o Corolla Sedan, o Corolla Cross mantém algumas das características do modelo, com uma direção extremamente precisa e a suspensão bem acertada para o Brasil. O carro é confortável nesse aspecto, mas não é duro, isso faz a diferença em terrenos complicados.

No caso do Haval H6, tudo é bem molenga e pouco preciso. Não chega a ser um defeito do carro, mas é um ponto que o Corolla Cross, por ser um projeto um pouco mais maduro (já que deriva de outro), está à frente.

Continua após a publicidade
  1. Toyota Corolla Cross: 3 pontos
  2. Haval H6 HEV: 1 ponto

5. Relação com a eletrificação/ consumo

Aqui começam as polêmicas do comparativo e, talvez, vocês se surpreendam — assim como nós. Por mais que tenha uma bateria maior e um motor elétrico melhor, o Haval H6 foi bem pior do que o Toyota Corolla Cross quando o assunto é a relação da eletrificação e o consumo.

Continua após a publicidade

Em nossos testes, o Corolla Cross chegou a bater médias de 20 km/l com gasolina no uso urbano e 17 km/l na estrada. Com etanol, os números foram excelentes também, com 14 km/l e 9,5 km/l. Isso foi possível graças ao ótimo funcionamento do powertrain híbrido do SUV, o mesmo do Corolla e do Prius, mas com a tecnologia flex.

A bateria tem apenas 1,3 kWh, mas consegue gerenciar bem o uso de energia deixando essa participação para quando mais precisamos, como nas saídas dos semáforos, velocidade de cruzeiro e deslocamentos curtos. Seu carregamento também pareceu ser mais eficiente, com o sistema de regeneração atuando de modo mais presente.

Já o Haval H6 até que foi bem em nossos testes de consumo, mas esperávamos algo melhor. No uso urbano, anotamos pouco mais de 9 km/l, enquanto na estrada, essa média foi de 12,4 km/l, algo que espanta considerando que carros híbridos vão melhor na cidade em comparação ao ciclo rodoviário. Isso acontece porque a intervenção do motor elétrico é bem tímida, mesmo no modo Eco. A bateria, que é de 1,7 kWh, se esgota rapidamente e isso faz com que o propulsor a gasolina atue mais para recarregá-la.

  1. Toyota Corolla Cross: 3 pontos
  2. Haval H6 HEV: 1 ponto
Continua após a publicidade

4. Desempenho

Aqui, sem surpresas. Como citamos, o conjunto híbrido do Haval H6 HEV é mais potente e desenvolvido na comparação com o do Corolla Cross. O SUV médio full-hybrid tem um powertrain composto por um motor 1.5 turbo a gasolina e com injeção direta, que rende 171cv e 29 kgf/m de torque, aliado a outro propulsor elétrico com 136cv e 25 kgf/m de torque. Em conjunto, o torque é somado e rende 54 kgf/m, mas a potência fica na casa dos 243cv. O câmbio é um do tipo automatizado, mas somente de duas velocidades.

Na prática, temos um carro bem ágil e que não te deixa na mão em momento algum, proporcionando até certa esportividade dependendo do momento, algo que, de fato, não acontece com o Corolla Cross, com seus 122cv de potência combinada entre o propulsor 1.8 aspirado e o elétrico. Para o uso urbano, dá e sobra, mas na estrada sentimos que faltou vigor.

Continua após a publicidade
  1. Haval H6 HEV: 3 pontos
  2. Toyota Corolla Cross: 1 ponto

3. Conectividade e Tecnologia

Ambos os SUVs são muito bem equipados e são munidos de praticamente todos os sistemas de auxílio à condução, mas a tecnologia e a conectividade estão mais presentes no Haval H6 do que no Corolla Cross, fruto de um projeto mais moderno e pensado com alinhamento mais próximo do que a indústria pede hoje.

Para citar algumas das vantagens do Haval H6, há internet 4G nativa, central multimídia maior e mais moderna, estacionamento semiautônomo e alguns recursos que realmente nos deixaram espantados, como os radares, detectores de obstáculos com distância exibida na tela e a inteligência artificial própria da GWM.

O Corolla Cross deve passar por uma atualização em breve e receber a nova versão do Toyota Safety Sense e isso deve igualar um pouco as coisas. Mas, até lá, há uma vantagem para o Haval H6 nesse aspecto.

  1. Haval H6 HEV: 3 pontos
  2. Toyota Corolla Cross: 2 pontos

2. Segurança

No quesito segurança ambos estão bem servidos e um empate poderia até acontecer, mas não seria justo com o nível dos equipamentos do Haval H6. Por mais que o Corolla Cross tenha sete airbags e um pacote ADAS completo, o Haval H6 oferece isso e ainda tem os mimos que citamos acima para ajudar ainda mais na convivência com o SUV.

  1. Haval H6 HEV: 3 pontos
  2. Toyota Corolla Cross: 2 pontos

1. Custo-Benefício

A experiência de pós-venda pode ser algo muito particular, embora saibamos que a Toyota é quase imbatível nesse quesito aqui no Brasil, mas a GWM, com sua chegada ao país, investiu alto nesse aspecto. Sendo assim, vamos nos ater apenas ao preço que é pedido pelos carros e sua relação com o que vimos acima. E, mesmo sendo mais caro, o Haval H6 é um custo-benefício melhor do que o Corolla Cross.

Na data de edição desse comparativo, o Toyota Corolla Cross XRX Hybrid parte de R$ 210.990, enquanto o GWM Haval H6 HEV sai por R$ 214.000. É uma diferença irrisória para um carro que entrega um pouco mais em termos de performance, espaço e tecnologia.

  1. Haval H6 HEV: 3 pontos
  2. Toyota Corolla Cross: 2 pontos

Qual é o melhor SUV híbrido do Brasil?

  1. GWM Haval H6 HEV: 22 pontos
  2. Toyota Corolla Cross Hybrid: 21 pontos

Antes de testar o Haval H6 efetivamente, a ideia que tínhamos na cabeça era de que a comparação seria desnecessária para saber qual era o melhor SUV híbrido quando o chinês enfrentasse o Corolla Cross, mas a pontuação próxima e as ponderações que fizemos em nossa avaliação mostra que o Corolla Cross é um produto que precisa de uma boa atualização para acompanhar o projeto mais novo e moderno do Haval H6.

A Toyota tem a seu favor toda a credibilidade construída por conta da sua relação com os clientes e a qualidade dos seus produtos, mas a GWM sabe disso e trouxe um produto que poderia custar mais, dado o nível dos seus equipamentos, e o precificou de modo agressivo. Como vocês viram, isso fez a diferença.

Para o meu gosto pessoal, o Toyota Corolla Cross seria a pedida, principalmente pelo consumo e dirigibilidade, mas não podemos negar que o Haval H6 é uma compra melhor se considerarmos o produto em si.