Publicidade

WordPad começa a ser aposentado depois de 28 anos de existência

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 29 de Janeiro de 2024 às 15h49

Link copiado!

Douglas Ciriaco/Canaltech
Douglas Ciriaco/Canaltech

O editor de textos WordPad já começou a ser removido do Windows em nova atualização liberada para testadores. A build 26040 do Windows 11 Insider Preview, disponibilizada ainda no canal Canary, remove o aplicativo a partir da atualização do sistema e marca o fim de uma era de 28 anos do sofware nos PCs.

O fim do WordPad foi anunciado pela Microsoft em setembro do ano passado e, no começo de janeiro, algumas versões já removiam o app durante a instalação limpa do sistema

O software sempre ficou no meio termo entre o Bloco de Notas e o Microsoft Word: tinha mais opções de formatação de textos do que o primeiro, mas não era tão complexo quanto o segundo, o que o deixou num “limbo”. Por muito tempo, foi uma alternativa gratuita ao aplicativo do pacote Microsoft 365, mas a chegada de softwares como o Google Docs e a própria versão para navegadores do Word deixaram a ferramenta cada vez mais encostada.

Continua após a publicidade

Por enquanto, usuários da versão estável do Windows 11 ainda podem se despedir do WordPad: a atualização que encerra o serviço foi liberada apenas para testadores no canal Canary. É provável que o update sem o aplicativo seja lançado ao público geral nas próximas semanas, durante o Patch Tuesday da Microsoft

Bloco de Notas deve ser reforçado

Enquanto um perde, outro ganha: o Bloco de Notas pode suprir a ausência do WordPad com uma futura atualização que incorpora recursos de IA generativa ao app, como uma ferramenta para alterar a duração e o tom do texto. Informações encontradas no código do app indicam a chegada da IA e de novas opções para formatação no app, que se tornaria mais versátil.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Site acompanha o “cemitério da Microsoft”

A Microsoft tem o hábito de descontinuar vários serviços e softwares conhecidos ou que duraram por bastante tempo. Para acompanhar toda a movimentação, um desenvolvedor decidiu criar o site Microsoft Graveyard, uma espécie de “cemitério” virtual que acompanha todos os produtos descontinuados ou com os dias contados — e o WordPad já está lá.